Museu do Amanhã comemora um ano de operação com gratuidade no domingo

Programação inclui feira nos jardins, show do cantor Zé Paulo Becker e rodas de samba

Para a semana em que completa um ano de operação (de 13 a 18 de dezembro), o Museu do Amanhã, novo ícone da cidade do Rio de Janeiro, preparou uma programação especial. As comemorações incluem show do cantor Zé Paulo Becker no Átrio do Museu, palestras e oficinas no Laboratório de Atividades, e finalizam com gratuidade de ingressos no domingo (18/12) para atividades internas e externas nos jardins do Museu, com a feira “O Banquete”, além de rodas de samba com Escravos da Mauá e Prata Preta.

Programação:

Dia 16/12 (sexta-feira)

Autismo: caminhos para a superação | 15h às 16h| Observatório do Amanhã
O cientista brasileiro Alysson Muotri, um dos maiores pesquisadores em Autismo no mundo, participa de palestra sobre os avanços da ciência para alcançar a cura do autismo. Mais informações no site do Museu. 

Dia 17/12 (sábado)

Experimentações tecnológicas | 14h-17h| Lounge do Museu do Amanhã
Edição especial de aniversário, o encontro é a oportunidade que o público tem de conhecer e interagir, de forma simples e divertida, com recursos de última geração que em breve poderão fazer parte da sua rotina. Confira a programação completa aqui.

EnCantação de Histórias | 16h às 17h | Terreiro de Curiosidades
O Museu do Amanhã realiza diversas atividades com contações de histórias sobre origens, planetas, deusas e frutas. Confira mais informações no site.

Atividades no Laboratório de Atividades do Amanhã | 10h às 18h | Laboratório de Atividades do Amanhã 

  • Overview sobre o LAA, com Marcela Sabino
    Marcela Sabino, diretora do LAA, explicará ao público o que é o Laboratório, sua função no Museu do Amanhã e as experiências que são realizadas.
  • Biotecnologia de garagem, com Caio Chacal
    Caio Chacal revelará ao público relações entre as tecnologias biológicas e milenares e as novas tecnologias eletrônicas e computacionais.
  • Dilemas éticos na impressão 3D, com Thiago Nunes Palhares
    Thiago Nunes mostrará como o mundo da impressão 3D é cheio de possibilidades para o futuro.
  • Wearables, com Natalia Bruno​
    Natalia Bruno explicará como as roupas podem refletir o nosso tempo e nossas tecnologias.
  • Prototipação rápida, com Isabel ​Scarlazzari
    Processos de design mostram que é possível prototipar qualquer coisa com utensílios e ferramentas do dia a dia.
  • Música e expressões virtuais, com Bruno Albert
    Como música pode ser usada como um meio de experimentação e produção artística para expressar nossos questionamentos?
  • Expressão Artística com ferramentas digitais, com Barbara Castro
    Entenda como ferramentas digitais estão se fundindo cada vez mais à arte.
  • Impressão 3D​, com Yan Molinos
    Yan Molinos explica como e se a impressão 3D foi – ou está sendo – mesmo uma revolução.
  • Visualização de dados, com Daniel Prado
    Como planilhas de Excel podem se tornar verdadeiros espetáculos visuais.
  • Samba e ​Inteligência Artificial, com ​Harshit Agrawal
    Harshit Agrawal, fellow do Museu do Amanhã, demonstrará como um computador pode aprender a tocar samba.

Dia 18/12 (domingo)

Feira “O Banquete” | a partir das 10h | Jardins do Museu do Amanhã
Cerca de 70 barracas de gastronomia, produtos naturais e orgânicos e artesanato ocuparão os jardins do Museu do Amanhã. Ainda estão previstas rodas de conversa com especialistas sobre a cultura carioca do porto, apresentações da Expo Passinho Carioca, atividades para crianças, roda de samba com Prata Preta e Escravos da Mauá, dois consagrados blocos do Carnaval de rua carioca. Confira a programação completa aqui.

PalestraComo é criar um museu de ciências sobre o Amanhã? E o que fazer para que ele não se torne do Ontem?” | a partir das 14h | Jardins do Museu do Amanhã
As  duas perguntas, que ficaram na cabeça dos visitantes do Museu durante um ano inteiro, serão respondidas Leonardo Menezes, gerente de Exposições e do Observatório, no Observatório do Amanhã.  Leonardo contará como foi o desenvolvimento da Exposição Principal do Museu e sobre como a arte e tecnologia ajudam a dar vida às pesquisas científicas nesta exposição. Além disso, às 11h, 12h, 15h e 16h haverá sessões de monitoramento de sinais vitais do planeta que ajudam a manter a exposição sempre atualizada através das pesquisas do Observatório.