Muse confirmado para o Rock in Rio-Lisboa

Muse Rock in Rio Lisboa
Muse Rock in Rio Lisboa

A banda britânica volta à Lisboa para um concerto imperdível fechando o primeiro dia do festival, 23 de junho

Para quem quiser aproveitar um final de semana no Rock in Rio Lisboa e ainda desfrutar de passeios inesquecíveis na capital portuguesa, o Rock in Rio, em parceria com a Trip4UP, oferece pacotes de viagem com roteiros personalizados

A organização do Rock in Rio-Lisboa acaba de anunciar mais um headliner para a 8ª edição do festival, que acontece nos dias 23, 24, 29 e 30 de junho de 2018: a banda britânica Muse, que promete um espetáculo arrebatador com sucessos do seu último álbum – Drones, vencedor do GRAMMY de Melhor Álbum de Rock 2016 – e ainda grandes hitscomo “Time is Running Out”, “Plug in Baby”, “Undisclosed Desires”, entre muitos outros. Muse, que já esteve no Rock in Rio Lisboa em 2008 e 2010 e no Rock in Rio Brasil em 2013, encerra a primeira noite do festival, dia 23 de junho. Estão confirmados para o evento Bruno Mars (24 de junho) e The Killers (29 de junho).

O Rock in Rio-Lisboa acontece no Parque Bela Vista, em Lisboa. Durante os dias de evento, o espaço se transforma num gigante parque temático da música, com inúmeras experiências e uma programação surpreendente, que combina o melhor do entretenimento.

Aproveite o Rock in Rio Lisboa e tenha experiências inesquecíveis em Portugal
O público que quiser garantir, desde já, o seu lugar na edição portuguesa do festival, pode adquirir um dos cinco pacotes de viagens (Cultural, Taste, Wine, Surf, Academy). Em parceria com a Trip4U, os fãs podem aproveitar dois dias no Rock in Rio-Lisboa, além de ter uma experiência inesquecível no país. Os pacotes incluem seis noites de hospedagem com café da manhã, translados e um presente exclusivo Rock in Rio.

O Cultural Experience explora a história portuguesa com visitas a igrejas, castelos, museus, antiga vielas, vistas panorâmicas, envolvendo o público em uma atmosfera medieval e histórica. O Taste Experience inclui um passeio pelas belas lojas de comida e vinho com mais de 100 anos de tradição, além de uma degustação gastronômica dos tradicionais pasteis de nata e produtos locais acompanhados com o famoso vinho do Porto. O Wine Experiencie leva o público a uma degustação em vinícolas da região de Azeitão, ao sul de Lisboa, com vista para a cadeida de montanha do Parque Natural de Arrábia. Para quem quiser explorar o lado esportivo, em o Surf Experience inclui um dia de surf com instrutor em um dos mais belos lugares do litoral português, a Costa de Caparica. E o Academy Experience oferece um curso voltado para os executivos de todas as áreas mostrando o Rock in Rio de portas abertas para o negócio por trás dos palcos. O curso traz palestras com quem faz o Rock in Rio.

Para mais informações sobre os pacotes: http://trip4u.com.br/rock-in-rio-lisboa/

Outras opções de ingressos para a edição Rock in Rio Lisboa 2018 também estão disponíveis pelo Eventim: www.eventim.com.br/rirLisboa

A banda Muse

Foi em 1994 q
e o vocalista Matthew Bellamy, o baixista Dominic Howard e o baterista Chris Wolstenholme se juntaram para formar o Muse, banda britânica que volta a Portugal para um espetáculo no Rock in Rio-Lisboa, onde certamente não irão faltar hits do seu último trabalho em estúdio – Drones –, muito aclamado pela crítica internacional e que lhes valeu o GRAMMY de Melhor Álbum de Rock, em 2016.

Mas a história do Muse começou há mais de vinte anos e sete álbuns, quando lançaram o seu primeiro trabalho, Showbiz (1999), produzido por John Leckie e que incluía algumas das músicas mais icônicas do reportório da banda como “Muscle Museum”, “Unintended” e “Showbiz”. Dois anos depois, eles lançaram o seu segundo álbum de originais, Origin Of Symmetry, do qual faziam parte as músicas “Plug In Baby” e “New Born” e que levou a banda num tourmundial.

Absolution, o terceiro álbum em estúdio, alcançou o número 1 no Reino Unido tendo como sucessos imediatos os singles “Time Is Running Out” e “Hysteria”. Lançado em 2003, os sucessos deste álbum entraram diretamente para as playlists dos maiores canais de música e rádio. Em julho de 2006, chega Black Holes and Revelations, o quarto álbum da banda que estreou em primeiro lugar nos tops britânicos, entrando o seu primeiro single, “Supermassive Black Hole”, diretamente para o Top 5 no Reino Unido.

Em Setembro de 2009 a banda britânica lançou The Resistance, álbum que teve também entrada direta para o primeiro lugar dos discos mais vendidos no Reino Unido, dando origem a uma edição limitada com DVD’s e LP’s. Ainda antes de Drones – o mais recente álbum da banda – os Muse lançaram The 2nd Law, que inclui músicas de sucesso como “Survival”, que se tornou a música oficial dos Jogos Olímpicos de 2012. “Madness” e “Supremacy”, outros dois hits deste trabalho em estúdio, estrearam no primeiro lugar dos tops de diversos países da Europa e na América do Norte.

Com sete álbuns editados, a banda britânica afirma que ainda há muito mais para fazer, muitos lugares para visitar e muito público para surpreender com o seu espetáculo. Para o Muse o lema é nunca parar e, por isso, visitam a Cidade do Rock, no Parque da Bela Vista, no dia 23 de junho de 2018, prometendo um espetáculo contagiante, que vai levar os visitantes da Cidade do Rock ao delírio.

Rock in Rio-Lisboa 2018
A 8ª edição do Rock in Rio-Lisboa tem data marcada para 23, 24, 29 e 30 de junho 2018 e promete transformar a Bela Vista num gigante parque temático da música, com inúmeras experiências e uma programação surpreendente, que combina o melhor do entretenimento. Para esta edição, a organização já confirmou Muse (23 de junho), Bruno Mars (24 de junho) e The Killers (29 de junho). Mas as novidades não param por aí: na próxima edição o festival vai contar com mais horas de entretenimento diário (o local abrirá portas às 12h00 e encerrará às 02h00) e uma nova Cidade do Rock, com novos espaços de entretenimento.

O Pop District é um espaço que celebra a cultura pop e os seus principais ícones, onde o público poderá encontrar atrações como games – dos mais modernos aos bem conhecidos arcade -; lojas com variados produtos alusivos aos maiores ícones culturais das últimas décadas; performances e demonstrações artísticas – como representações de musicais e super-heróis, exposições de pop art, referências do cinema -; havendo até espaço para cosplay e muito mais. Já o Digital Stage é um novo palco dedicado aos fenômenos digitais, trazendo um pouco do mundo online para o offline. Ao longo dos quatro dias de evento, este palco vai receber grandes fenômenos do entretenimento online que trocarão, por um momento, a tela dos PC’s, tablets e celulares por um contato direto e próximo com o seu público. Neste palco também acontecerão apresentações de música, dança, cinema e outras performances ligadas a sucessos online. Na Rock Street África o público vai poder viver um clima único de festa, num espaço que celebra a música de uma forma global e onde, através da arquitetura, dos espetáculos e performances de rua, poderá perceber como a música africana influenciou todos os estilos musicais presentes nos outros palcos do festival. Por fim, o Gourmet Square é uma nova praça de alimentação que permitirá maior conforto aos seus visitantes, disponibilizando cerca de 500 lugares sentados e cerca de 10 food corners, num ambiente exclusivo e de acesso controlado.

Site oficial do Rock in Rio-Lisboa: www.rockinriolisboa.sapo.pt