Mudde chega à São José com proposta Fast Casual

Um hamburguer de qualidade, serviço ágil, finalizado sob os olhos do consumidor, em um ambiente agradável. Esse novo modelo de negócio tem chamado a atenção de empresários e ganhado força na gastronomia. Chamado de fast casual, o conceito nada mais é que a junção de comodidade, qualidade comparável à dos bistrôs e preço mais convidativo, que cabem no bolso.

De acordo com os últimos números da Technomic, empresa de pesquisa e consultoria focada no setor de alimentação, o mercado americano de fast casual cresceu 14,5% em 2015. O de fast food teve alta contida, 4,1%.

De olho nas mudanças do perfil do consumidor, já que o cliente tem buscado por alimentos mais saudáveis, frescos e espaços mais aconchegantes, os empresários Leonardo Dragone, Miguel Ferreira e Fernando Fernandes investiram na primeira hamburgueria fast causal de São José dos Campos, interior de São Paulo, a Mudde Burgers.  

“Uma boa fatia de brasileiros está cansada de fast food, quer uma comida com sabor mais caseiro, possível de ser saboreada em um ambiente mais agradável, porém preparada de forma rápida”, afirma o empresário Leonardo Dragone que continua.

Os empresários por responsáveis por trazer a proposta à São José, Miguel Ferreira e Leonardo Dragone
Os empresários por responsáveis por trazer a proposta à São José, Miguel Ferreira e Leonardo Dragone

“Economicamente, este conceito é interessante para o público, pois proporciona uma experiência atrativa e possui um ticket médio mais baixo do que de grandes redes de comida rápida, além de chamar a atenção pela estética e não dar a sensação de correria do dia a dia”.

Para os gestores, a escolha é interessante porque a ausência dos garçons ajuda a baratear os custos do negócio e o conceito tem mais força que o de um fast food, o que os deixa à frente da concorrência.

“Não existe milagre para se alcançar o preço mais camarada. Há muito cálculo e organização. Não possuímos serviço de garçom e o cliente não sente falta. Trabalhamos com burgers de 100 gramas, mais finos. Nossos molhos são artesanais e servimos em descartáveis. Nosso fluxo é grande e tudo isso deixa nosso custo mais baixo”, revela Miguel Ferreira, um dos administradores da Mudde.

O divisor de águas entre o tradicional fast food e o moderno fast casual está no fato de a nova modalidade defender uma alimentação que exclui conservantes e outros produtos químicos nos alimentos. “Nada de junk food e produtos prontos. Nossa promessa é oferecer a melhor comida pelo melhor preço”, finaliza Fernando Fernandes.

Com um cardápio enxuto que varia de R$18 a R$20, o cliente tem sete opções de lanches, entre elas o vegetariano. E os preparos giram em torno de sete minutos, desde o pedido a entrega. A Mudde Burgers fica em um shopping, na Avenida São João, 2200.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.