20.8 C
New York
junho 19, 2019
Cinema

Mostra do Filme Livre segue para a última semana no CCBB Rio de Janeiro 

Mata Negra
Mata Negra

Na sessão de encerramento haverá a premiação do filme “Tremor Iê”, eleito o melhor filme dentro da mostra

A 18ª edição Mostra do Filme, conhecida por evidenciar a produção independente, continua a exibir de filmes de diferentes formatos, gêneros, durações e épocas. Até o encerramento no dia 3 de junho, a mostra traz diferentes opções para os cinéfilos de plantão, com destaque para o prêmio de melhor filme para “Tremor Iê”, do Ceará.  O projeto é patrocinado pelo Banco do Brasil, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura. A entrada é gratuita.

Alguns destaques para escolher nesta reta final da mostra:

– Sábado e domingo: Mostrinha Livre: sessões especiais com exibição de curtas infantis, alguns feitos por crianças – os alunos do Instituto Marlin Azul, do ES, que participam todos os anos com filmes cada vez mais interessantes e bem feitos, este ano têm 3 curtas dentro da Mostra.  Sempre aos sábados se domingos às 14h.

– 27 de maio – Especial Júlio Bressane: Júlio Bressane, um dos pilares fundamentais de nosso cinema autoral, é convidado especial desta edição da Mostra do Filme Livre. Exibição de seus dois trabalhos mais recentes: Sedução da Carne e Nietzsche Sils Maria (esse último em parceria com Rosa Dias e Rodrigo Lima). Para além do peso histórico de sua obra, é interessante notar sua capacidade de se reinventar. Muito longe de se acomodar com o próprio legado ele demonstra coragem pra tornar cada um de seus filmes único, sem perder a assinatura inconfundível de seu olhar tão singular e criativo para o mundo.

– Dia 30 de maio – Exibição de “Mata Negra” : Um filme de terror tão brasileiro que explora o universo místico do estado do Espírito Santo. Essa é a ideia em torno de “A Mata Negra”, e que dá medo de verdade juntando causos, regionalismos e folclore brasileiro. O longa é dirigido por Rodrigo Aragão, que conseguiu durante a carreira incorporar a cultura popular ao terror.

– Dia 1º de junho – Debate com a presença do diretor Sylvio Lanna, um dos homenageados neste ano, logo após à sessão Destaque Sylvio Lanna com os filmes o “? In Memoriam – O Roteiro do Gravador” e “Um Cinema Caligráfico” (os dois estreiam dentro da MFL). Outra pérola que será visto pelos espectadores é a raridade “Malandro, Termo Civilizado (ou Malandrando)”, média realizado em 1986 com participações de Moreira da Silva, Wilson Grey e Luís Melodia, que é praticamente inédito em tela grande.

– dia 2 de junho – Sessão Especial Geneton Moraes Neto: Jornalista e cineasta pernambucano, Geneton Moraes Neto é o outro homenageado da MFL. A Mostra do Filme Livre vai exibir 9 filmes restaurados pela Cinemateca Pernambucana, realizados por Geneton entre 1973 e 1983 e a programação em sua homenagem tem a curadoria da Coordenadora de Cinema da Fundação Joaquim Nabuco e da Cinemateca Pernambucana Ana Farache e do cineasta e professor da UFPE Paulo Cunha, codiretor dos curtas “Coração do Cinema” e “Esses Onze Aí”, que também serão exibidos na Mostra.

– dia 3 de junho – Encerramento da mostra com exibição do filme premiado: “Tremor iê” (2019), do Ceará:   A obra de ficção de Elena Meirelles e Lívia de Paiva atesta sua relevância em 1h30 de duração é traz à tela a potência da resistência das mulheres contra um sistema machista e autoritário que as coloca em uma posição de vulnerabilidade e risco constantes. Segundo a curadoria da Revista Beira, o filme foi escolhido por sua capacidade de construir, com poucos recursos, uma narrativa potente que retrata um Brasil distópico, de um futuro não tão distante. Por se utilizar do artifício da atemporalidade e de uma misé-en-scène antinaturalista e, assim, fazer emergir na tela o absurdo do atual. Por conjugar uma força disruptiva na micropolítica dos afetos por meio de um devir feminino.

A programação completa com horários e classificação etária está em http://mostradofilmelivre.com/19/

Serviço:

18ª Mostra do Filme Livre
Local: Centro Cultural Banco do Brasil > Cinema I
Endereço: Rua Primeiro de Março, 66 – Centro  – 20010-000 / Rio de Janeiro (RJ)
(21) 3808-2007 | ccbbrio@bb.com.br
Funcionamento: de quarta a segunda, das 9h às 21h.
Datas: de 08/05 a 03/06 de 2019
Horários: consultar programação
Entrada Gratuita: os ingressos serão distribuídos a partir de uma hora antes de cada sessão
Lotação: 98 lugares
Horários da Bilheteria: Das 9h as 21h. (tel.: 3808-2052)
Classificação: consultar programação por filme
Acesso para pessoas com deficiência: Sim
Patrocínio: Banco do Brasil
Realização: CCBB
Programação completa: http://www.bb.com.br/portalbb

INFORMAÇÕES AO PÚBLICO
SITE:  www.bb.com.br
Twitter: twitter.com/CCBB_RJ
Facebook: www.facebook.com/CCBB.RJ

ccbbrio@bb.com.br

Posts relacionados

Prorrogadas até o dia 24 de maio as inscrições para o Circuito Difusão da 12ª Mostra Cinema e Direitos Humanos

Redação

A Lenda de Golem

Redação

Cinemas da rede UCI Recife garantem o primeiro lugar em público do ano 2018

Alyson Fonseca

X-Men: Fênix Negra

Redação

‘O Paciente – o Caso Tancredo Neves’

Redação

Trailer de ‘Bio’ antecipa o formato inovador do novo filme de Carlos Gerbase

Redação

Deixe um comentário