20.6 C
New York
junho 16, 2019
Exposição

Mostra “Cartografias da Africanidade Fluminense”, chega à Casa França-Brasil

O público poderá conferir as litogravuras de Victor Frond, Debret, cerâmicas e objetos de suplício de humanos escravizados

O machado que esquartejou Tiradentes, manuscrito aquarelado do Morro do Castelo e gravuras de Rugendas, são alguns dos desagues da exposição “Cartografias da Africanidade Fluminense”, que podem ser vistas a partir do dia 05 de novembro, na Casa França-Brasil, equipamento da Secretaria de Estado de Cultura.

O público poderá conferir as litogravuras de Victor Frond, Debret, cerâmicas e objetos de suplício de humanos escravizados. A exposição terá também um tronco onde escravos eram açoitados.

O lote de 500 raridades, feitas entre os séculos XVI e XIX, pertence a coleção particular do historiador Marcus Monteiro, presidente do Inepac. A abertura da exposição contará com o atual Governador, Pezão, que assinará o tombamento do Cais do Valongo.

 

Posts relacionados

Tomaz Viana lança catálogo da exposição Toz – Cultura Insônia na Caixa Cultural Rio de Janeiro

Redação

Exposição ‘Do teu saudoso Oswaldo’ explora correspondência pessoal do cientista

Redação

Exposição de quadros feitos em iPad Fine Art

Redação

II Encontro Numismático em Niterói

Redação

Claudia Melli em dose dupla

Redação

Exposição reforça poder feminino

Redação

Deixe um comentário