Memórias do Saint Honoré

Cocotte Bistrô convida o chef Pierre Landry para assinar menu com clássicos do Le Saint Honoré

Carpaccio de cavaquinha_Confeccionado com finas lâminas de peixe e manga temperadas com flor de sal, pimenta dedo de moça e vinagrete de limão (foto: Rio Art Com)
Carpaccio de cavaquinha_Confeccionado com finas lâminas de peixe e manga temperadas com flor de sal, pimenta dedo de moça e vinagrete de limão (foto: Rio Art Com)

Relembrar encontros e reencontros, reeditar tempos de enlevo gastronômico. Essa é a proposta do charmoso e acolhedor Cocotte Bistro, em Itaipava, ao convidar Pierre Landry, ex-chef do saudoso Le Saint Honoré, para uma homenagem gastronômica aos 20 anos de sua atuação à frente do restaurante, que viveu gloriosos 30 anos no hotel Meridien, em Copacabana.

Reconhecida e premiada, a casa foi uma das mais bem cotadas no seguimento, sob o comando do renomado criador da “nouvelle cuisine”, Paul Bocuse, estrelado por mais de cinco décadas pelo Guia Michelin e eleito o melhor chef do século 20.  

Pois esse mesmo Bocuse assinou as criações que se formaram célebres no Saint Honoré, e que vão ser reeditadas a quatro mãos pela proprietária do Cocotte, Manoela Rabin, e Pierre Landry, em harmonizações que prometem aos comensais uma imersão na magia dos sabores mais significativos das criações do mestre Bocuse. O evento acontecerá nos jantares de 31 de agosto a 02 de setembro, e no almoço de 03 de setembro.

A simplicidade, a leveza, a valorização dos ingredientes frescos e naturais, preceitos da “nouvelle cuisine”, foram incorporados ao menu do Saint Honoré. Por lá, pontificaram nomes consagrados na gastronomia como Claude Troisgros, Laurent Suaudeau e Dominique Oudin, último chef da casa, cuja chefia Manoela estreou, tendo se tornado amiga, assimilando o conhecimento das criações de Bocuse executadas pelo chef.  

Manoela e Landry se conheceram fora do Saint Honoré, tendo sido apresentados na antiga morada do Cocotte, por um amigo em comum. Da coincidência do encontro foram produzidos dois jantares em parceria, origem da ideia, antiga, agora tornada realidade. Sem dúvida, será uma dupla homenagem: aos clássicos de Bocuse no Saint Honoré e aos 20 anos da passagem de Landry por lá.  

Das preciosidades concebidas por Bocuse e carinhosamente selecionadas pela dupla de chefs, os comensais terão a oportunidade experimentar os sabores da história do Saint Honoré, personalizando as três passagens dos menus (R$185): entrada, prato principal e sobremesa.

A viagem começa pela escolha de uma das nostálgicas entradas:  salmão defumado à la minute, tenro medalhão de salmão defumado na hora, servido com molho à base de manteiga e limão, acompanhado de creme de ervas, julienne de pera  e ovas de capelim; Profiteroles de foie gras, tradicional massa choux recheada com cogumelos e foie gras servidos com molho à base de vinho do Porto e trufas negras de Perigord; e o refrescante Carpaccio de cavaquinha (foto), finas lâminas de cavaquinha intercaladas com manga temperadas com flor de sal, pimenta dedo de moça e vinagrete de limão. Hum… 

Entre os pratos principais, o destaque é o clássico Peixe na massa folheada com souce choron (foto), delicada combinação de filé e mousse de peixe envolta em massa folheada crocante acompanhada de molho choron; o menu ainda conta com o delicioso Gnocchi de batata barôa servido com ragu de pato trufado; e o suculento Filet mignon grelhado com gratin dauphinois, servido com molho béarnaise ou poivre e guarnecido por batatas laminadas cozidas no creme de leite temperado.

Já as sobremesas trazem um capítulo especial da história do Saint Honoré, como o clássico Mini St Honoré (foto), preparada à base de delicada massa choux, caramelizada e recheada com uma deliciosa combinação de creme de confeiteiro e chantilly; o crocante Mil folhas de frutas vermelhas, meticulosamente preparado com finas lâminas de massa folhada intercaladas com creme inglês de baunilha Bourbon; e o Baba ao rum, clássico bolo franco-italiano embebido em calda de rum, servido com chantilly de baunilha e frutas cristalizadas.   

A casa ainda oferecerá couvert especial (R$20 por pessoa) com a legítima manteiga bretã, grissini e pão, caponata, azeite temperado e uma taça de espumante Jean Dorsène Brut para celebrar.  

Ao piano, o concertista internacional Luiz De Simone completará a experiência sensorial dos clientes, executando peças do compositor bretão Yann Tiersen, que somadas à beleza do ambiente, se traduzem em momentos de harmonia e leveza.

Com um menu tão especial e luxuoso assim, subir a serra será um programa imperdível para os comensais, que poderão desfrutar de uma autêntica celebração sob a forma desse memorável encontro.

SERVIÇO: 
Cocotte Bistro (Itaipava/Petrópolis-RJ)
Estrada União Industria 13.984 (esquina com Rua das Casuarinas) 
Telefone: (24) 2222-3334
E-mail: cocottebistro@gmail.com 
Site: www.cocottebistro.com 

* no caso de GPS procurar diretamente por “Cocotte Bistro”

Chefs Manoela Rabin e Pierre Landry (foto: Rio Art Com)
Chefs Manoela Rabin e Pierre Landry (foto: Rio Art Com)

MENU Cocotte Bistro Memórias do Saint Honoré

COUVERT (R$20 por pessoa) com a legítima manteiga bretã, grissini e pão, caponata, azeite temperado com ervas e uma taça de espumante Jean Dorsène Brut.

MENU (R$185 por pessoa)

ENTRADAS

Salmão defumado à la minute – Tenro medalhão de salmão defumado na hora, servido com molho à base de manteiga e limão, acompanhado de creme de ervas, julienne de pera e ovas de capelin preta.

Profiteroles de foie gras – Tradicional massa choux recheada com cogumelos e foie gras servidos com molho à base de vinho do Porto e trufas negras.

Carpaccio de cavaquinha Confeccionado com finas lâminas de peixe e manga temperadas com flor de sal, pimenta dedo de moça e vinagrete de limão.

PRINCIPAIS

Cherne na massa folheada com souce choron Uma espécie de mousse de peixe que recheia uma crocante massa folheada e é servida com molho bernaise acrescido de tomate e ervas.

Gnocchi de batata barôa Servido com ragu de pato trufado.

Filet mignon grelhado – Servido com molho bernaise ou poivre e guarnecido por batatas laminadas cozidas no creme de leite temperado.

SOBREMESAS

Mini St Honoré – Confeccionada à base de delicada massa choux, caramelizada e recheada com uma deliciosa combinação de creme de confeiteiro e chantilly.

Mille folhas de frutas vermelhas – Meticulosamente preparado com finas lâminas de massa folhada intercaladas com creme de confeiteiro e frutas vermelhas, servida com creme de baunilha.

Baba ao rum – Uma espécie de bolo feito com massa tipo brioche generosamente regado com calda à base de açúcar e rum, servido com chantilly de baunilha e frutas vermelhas.