27.7 C
Rio de Janeiro
dezembro 16, 2018
Teatro & Dança

Mary e os Monstros Marinhos fala sobre o universo maravilhoso da ciência e da pré-história

foto: Tuca Fanchin
foto: Tuca Fanchin

Depois dos sucessos “Histórias por Telefone” (APCA de Melhor Espetáculo e Direção e Femsa de Melhor Direção) e “A Famosa Invasão dos Ursos na Sicília” (APCA de Melhor Elenco e Prêmio São Paulo de Melhor Cenário e Figurino), a Companhia Delas de Teatro volta aos palcos com a nova montagem. Dirigida por Rhena de Faria, a peça conta a história de Mary Anning, famosa paleontóloga que viveu na Inglaterra no início do século XIX.

SINOPSE
MARY E OS MONSTROS MARINHOS, novo espetáculo da Companhia Delas de Teatro, fala sobre o universo maravilhoso da ciência e da pré-história. Dirigido por Rhena de Faria, a peça conta a história de Mary Anning, famosa paleontóloga que viveu na Inglaterra no início do século XIX. De família pobre, Mary começou a trabalhar com apenas 12 anos. Ela sobreviveu a tempestades e enfrentou perigosos deslizamentos de terra para fazer grandes descobertas. Estudou anatomia dissecando répteis em sua cozinha e assim foi capaz de remontar o primeiro esqueleto de um ictiossauro (um gigante monstro marinho da época dos dinossauros!). Sua vida reúne uma série de peripécias digna de um conto de fadas. Mas nessa fábula, a princesa é uma cientista que enfrenta os obstáculos com inteligência, coragem e determinação!

FICHA TÉCNICA
Direção: Rhena de Faria
Dramaturgia original: Rhena de Faria, Cecília Magalhães, Julia Ianina e Thaís Medeiros
Elenco: Cecília Magalhães, Julia Ianina e Thaís Medeiros
Direção de Arte: Mira Haar
Iluminação: Wagner Freire
Trilha Sonora Original: Arthur Decloedt
Consultoria em Paleontologia: Prof. Dr. Luiz Eduardo Anelli.

Produção Rio de Janeiro e Assessoria de imprensa: AR Produções | André Roman e Renata Batista
Produção Geral: Companhia Delas de Teatro.

LADIES FIRST!
Em geral, quando se pensa num cientista a primeira imagem que vem à cabeça é um homem, de pele e cabelos brancos, talvez um pouco descabelado. O estereótipo seria uma mistura de Albert Einsten e de “Doc” Brown, personagem de Christopher Lloyd em “De volta para o futuro”. Numa busca rápida no google por “cientistas importantes”, várias listas aparecem. Nelas, entre os mais citados estão: Albert Einstein, Isaac Newton, Charles Darwin, Nicolau Copérnico, Galileu Galilei, Antoine Laurent Lavoisier entre outros – homens.

Pouquíssimas mulheres figuram essas listas e, consequentemente, o imaginário coletivo reflete e reforça a presença quase inexistente das mulheres na ciência. Mas não é bem assim. A despeito de toda a falta de incentivo, de espaço e reconhecimento para mulheres na ciência, numa busca um pouco mais apurada encontraremos grandes nomes, grandes descobertas e além de tudo, grandes histórias de vida. Marie Curie, Rita Levi-Montalcini, Rosalind Franklin, Maria Mayer, Jane Goodall, dentre tantas outras, são mulheres que enfrentaram, além dos próprios desafios de suas profissões, as limitações de ser mulher num ambiente majoritariamente masculino. Muitas delas somente tiveram suas descobertas reconhecidas depois de mortas, frequentemente foram impedidas de ingressar a universidade, tiveram seus nomes excluídos de artigos científicos, de premiações e assim por diante. MaryAnning foi uma delas. De família pobre, sem acesso a educação formal, Mary começou a trabalhar ainda pequena. Sua vida parece reunir uma série de peripécias digna de um conto de fadas. Mas nessa fábula da vida real, a princesa é uma cientista, que enfrenta os obstáculos com inteligência, coragem e determinação.

A vida de Mary Anning fascina crianças e adultos. Em sua história as atrizes encontraram inspiração para este que será o 11o espetáculo da Companhia Delas: uma peça sobre uma mulher de um tempo passado, contada por mulheres de hoje, para nossas meninas e meninos, que vão construir os novos tempos que virão.

SERVIÇOS

Teatro SESC Madureira
Rua Ewbank da Câmara, 90 – Madureira – RJ
Tel. 21 3350 8055

Domingo 23|09 as 16h
Grátis para habilitados SESC, crianças e adolescentes até 16 anos e público PCG. R$ 5,00 meia entrada | R$ 10,00 inteira.
1kg de alimento não perecível garante 50% de desconto.  

Teatro SESC Niterói
Rua Padre Anchieta, 56 – Centro – Niterói
Tel. 21 2719 9119

Sábado 29|09 as 16h

Grátis para habilitados SESC, crianças e adolescentes até 16 anos e público PCG. R$ 5,00 meia entrada | R$ 10,00 inteira.

1kg de alimento não perecível garante 50% de desconto.  

Teatro SESC Nova Iguaçu
Rua Dom Adriano Hipólito, 10 – Moquetá – RJ.
Tel. 21 2797 3001

Domingo 30|09 as 16h

Grátis para habilitados SESC, crianças e adolescentes até 16 anos e público PCG. R$ 5,00 meia entrada | R$ 10,00 inteira.

1kg de alimento não perecível garante 50% de desconto.  

Posts relacionados

Ballets No Seu Tempo no Teatro Riachuelo Rio

Redação

‘Vou deixar de ser feliz por medo de ficar triste?’ no Teatro das Artes

Redação

iN SAiO Cia.de Arte estreia ‘Ato Infinito’ em temporada na Oswald de Andrade

Redação

Deixe um comentário