16.9 C
New York
junho 24, 2019
Cinema

Marjorie Estiano protagoniza o filme “Beatriz”, gravado em Lisboa, com Sergio Guizé

Pré-estreia acontece em cinemas do Rio, Belo Horizonte, Porto Alegre, Brasília e São Paulo 

Começa no dia 11 de maio a temporada de pré-estreia e debates do filme “Beatriz”,  estrelado por Marjorie Estiano e Sergio Guizé, com direção de Alberto Graça. Os atores interpretam Beatriz e Marcelo, um casal jovem e apaixonado, vivendo em Lisboa. Ele escreve um romance em que a esposa é musa inspiradora. Fascinada pela proposta do livro, Beatriz alimenta os desejos e impulsos propostos pela personagem criada por ele. A partir daí, se expõem cada vez mais em um perigoso jogo de sedução com estranhos. O processo de criação domina o casal, revelando e questionando até onde se pode chegar por amor.

A pré-estreia acontece no Rio de Janeiro, no dia 11 de maio, no cinema Kinoplex Leblon, às 10h30, com participação de Marjorie Estiano. As sessões especiais contarão com debates, realizados em parceria com a Associação Brasileira de Psiquiatria, como parte do projeto Cinepsiquiatria ABP. O objetivo dos encontros é discutir, através do filme as inquietações dos personagens, à luz da psiquiatria. As próximas datas serão Belo Horizonte (18), Porto Alegre (25), Brasília (1o de junho) e São Paulo (8). A estreia nacional acontece em 6 de junho.

– Dentro da psiquiatria, a relação de Beatriz e Marcelo se chama “folie à deux”, ou loucura a dois. É um transtorno compartilhado, que passa de um para o outro, em uma aceitação total. Eles têm uma relação de dominância e submissão – explica Alberto Graça, diretor do filme – o ciclo de pré-estreias se propõe a debater, com qualidade, como podemos questionar este tipo de relacionamento.

SINOPSE:  Em Lisboa, Beatriz inspira as histórias do novo livro do marido. Para Marcelo, a participação de sua mulher, como personagem, é fundamental para alimentar sua criação. Mas o ciúme torna esses jogos eróticos cada vez mais perigosos, envolvendo estranhos e pondoem cheque os limites da relação do casal.

BEATRIZ

Direção: Alberto Graça
Produção: MPC Filmes / Filmes do Tejo II (Portugal)
Produtores: Luciana Boal Marinho e Alberto Graça
Ano de Lançamento: 2019

Prêmios e seleções oficiais:

  • 2015 – Première Brasil do Festival do Rio
  • 2016 – Festin – Festival de Cinema Itinerante da Língua Portuguesa – Lisboa
  • 2017 –Festival du Cinéma Brésilien de Paris
  • 2017 – Brazilian Film Festival of Miami

Posts relacionados

O cinema interior de Philippe Garrel

Redação

Godzilla II: Rei dos Monstros

Redação

10 filmes que prometem para o segundo semestre de 2018

Redação

UCI Cinemas exibe espetáculo do Bolshoi com brasileiro David Motta

Alyson Fonseca

Mais que um brinquedo, ele é seu melhor amigo. Confira o primeiro teaser de “Brinquedo Assassino”

Redação

‘O Doutrinador’ invade o Palácio do Governo

Redação

Deixe um comentário