‘Kalu e a Lua” e “Bailinho da Cutia” no Teatro Glauce Rocha

O projeto “Dramaturgias Contemporâneas” ocupará o Teatro Glauce Rocha em abril e maio, com quatro espetáculos, dois adultos e dois infantis, e, ainda dois workshops gratuitos. A ocupação do horário infantil contará com o Grupo Corre Cutia, com os espetáculos infantis musicais “Kalú e a Lua”, que estreia dia 14 de abril e segue até o dia 13 maio, e “Bailinho da Cutia”, em cartaz de 19 a 27 de maio. Ambos aos sábados e domingos, sempre às 16h. (R$30,00 – inteira). Os dois espetáculos adultos trazem textos contemporâneos de premiados dramaturgos: “Dois Amores e Um Bicho”, em cartaz de quarta a domingo durante todo o mês de abril, sempre às 19h, e o inédito “Colisão”, que estreará dia 04 de maio e seguirá em cartaz de quarta a domingo durante todo o mês de maio, sempre às 19h. As apresentações de ambos terão preços populares (R$40,00) e haverá debates após os espetáculos. Os dois workshops gratuitos serão um de dramaturgia com Renata Mizrahi, autora de “Colisão”, e um de interpretação com a diretora de “Dois Amores e Um Bicho”, Danielle Martins de Farias.

No horário infantil, o projeto “Dramaturgias Contemporâneas” traz o grupo Corre Cutia, especializado em espetáculos artísticos para crianças e que conta com um time de atores, músicos, circenses, professores e arte educadores, que prioriza o estabelecimento de uma relação próxima e individualizada com cada criança, levando-as a florescer sua criatividade, com um aprendizado livre através das músicas executadas ao vivo. Em Kalú e a Lua, através de texto e músicas originais, contamos a saga de uma lobinha que, ao nascer, no meio de uma floresta do cerrado brasileiro, olha para o céu, e a primeira coisa que vê é a lua. Adotou no mesmo momento a lua como sua mãe! Com a ajuda de outros animais da floresta – Dona Macaca, Dona Arara e Sra Lagarta – inicia, então, seu caminho em direção à lua. Composto por jovens atrizes, que se revezam como narradoras, personagens e musicistas, a história trata do amor entre mãe e filha e de sua potência transformadora. Adentramos o universo feminino, onde estão em jogo as relações de cumplicidade entre famílias e do ser humano com a natureza.

Sintonizado com o pensamento e a prática contemporânea na arte, o grupo segue sua filosofia na criação de um espaço democrático de convivência, ao optar por uma área de apresentação em que não haja uma divisão formal entre artistas e espectadores, colocando em prática o pensamento de igualdade entre todos. A mise-en-scène favorece a dinâmica e a performance da Corre Cutia: a intenção é criar um espaço onde todos possam se olhar, se perceber e serem vistos, aguçando a percepção musical das crianças. Bailinho da Cutia conta com um espetáculo interativo para crianças com música, onde os adultos também são bem-vindos. Através de uma banda composta por seis artistas, são apresentados diferentes ritmos para os pequenos, que terão diversão garantida com o caráter lúdico de toda a encenação.

O projeto Dramaturgias Contemporâneas propõe a otimização da utilização do espaço público através da oferta ao espectador de dois espetáculos adultos para o período de abril e maio, dois espetáculos de música infantil para o horário destinado a esta programação, além dos debates e oficinas gratuitas, oferecendo ao público a possibilidade de voltar mais de uma vez ao espaço, trabalhando assim para a formação de plateia pelo uso potencializado do Glauce Rocha, criando no espectador o hábito de ir ao teatro. Assim se estimula a formação de plateia tanto pela diversidade de atividades e programação oferecida, como por oferecer um trabalho infantil de qualidade, que desperta na criança – e também no adulto que a acompanha – o interesse pelo lúdico. O projeto ainda valoriza o exercício dos profissionais envolvidos em duas diferentes produções de duas formas diferentes: estimulando a estreia de uma produção inédita, “Colisão”, de uma das mais premiadas e atuantes dramaturgas cariocas da contemporaneidade, e a reestreia do espetáculo “Dois Amores e Um Bicho”, com texto do principal nome da dramaturgia contemporânea venezuelana e bem sucedido em sua temporada anterior, apoiando o aproveitamento dos recursos investidos na cultura através da continuidade – possibilitando sua divulgação para o público do centro da cidade e permitindo, assim, seu amadurecimento artístico e sua realização de forma plena.

FICHA TÉCNICA

Grupo Corre Cutia – Espetáculo ‘Kalú e a Lua’
Dramaturgia original: Corre Cutia
Direção geral: Anna Terra Saldanha e Laura Becker
Direção musical: Mateus Xavier
Intérpretes: Anna Terra, Julia Ludolf, Juliana Brisson e Laura Becker
Produção executiva: Morgana Maselli
Idealização e realização: Corre Cutia

Grupo Corre Cutia – Espetáculo ‘Bailinho da Cutia’
Direção geral: Corre Cutia
Direção Cênica: Anna Terra e Laura Becker
Direção Musical: Felipe Reznik
Banda: Anna Terra (voz e percussão), Laura Becker (voz e percussão), Juan Varela (trompete), Felipe Reznik (voz e percussão), Cadu Torres (violão, voz e percussão) e Frederico Cavaliere (clarone e clarineta)
Produção: Morgana Maselli
Técnico de som: Tiago Kropf
Idealização e realização: Corre Cutia

SERVIÇO

‘Kalú e a Lua’ – Estreia dia 14 de abril (sábado). Sábado e domingo, às 16h. Até dia 13 de maio. Classificação livre. R$30,00.

Sinopse: Através de texto e músicas originais, contamos a saga de uma lobinha que, ao nascer, no meio de uma floresta do cerrado brasileiro, olha para o céu, e a primeira coisa que vê é a lua. Adotou no mesmo momento a lua como sua mãe! Com a ajuda de outros animais da floresta – Dona Macaca, Dona Arara e Sra Lagarta – inicia, então, seu caminho em direção à lua. Composto por jovens atrizes, que se revezam como narradoras, personagens e musicistas, a história trata do amor entre mãe e filha e de sua potência transformadora. Adentramos o universo feminino, onde estão em jogo as relações de cumplicidade entre famílias e do ser humano com a natureza.

‘Bailinho da Cutia’ – Estreia dia 19 de maio (sábado). Sábado e domingo, às 16h. Até dia 27 de maio. Classificação livre. R$30,00.

Sinopse: Espetáculo interativo para crianças com música, onde os adultos também são bem-vindos. Através de uma banda composta por seis artistas, são apresentados diferentes ritmos para os pequenos, que terão diversão garantida com o caráter lúdico de toda a encenação.

Teatro Glauce Rocha
Endereço: Av. Rio Branco, 179 – Centro
Tel.: 2220-0259
Horário de Bilheteria: 14h às 19h
Capacidade: 202 lugares

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.