30.5 C
New York
junho 26, 2019
Notícias

Juliana Maia canta Emília Santiago no Teatro Rival Petrobras

Que saudade do Emílio. A frase define o sentimento dos inúmeros fãs que o cantor Emilio Santiago deixou quando morreu em março de 2013. Resgatando os grandes sucessos do ídolo, a cantora Juliana Maia interpreta canções que se eternizaram na voz de Emílio Santiago. Nessa viagem aquarelada você escutará “Saigon”, “Lembra de mim”. “Verdade chinesa” e “Pelo amor de Deus” e outras pérolas que fazem parte desse repertório magistral de um ícone da MPB. Com a direção musical é de Alex Rocha, baixista que por anos acompanhou a banda de Emílio Santiago. O show será apresentado no dia 31 de julho, terça-feira, no Teatro Rival Petrobras, na Cinelândia.

Influenciada desde cedo pelo clima musical de Conservatória, sua cidade natal, Juliana Maia cresceu cantando Vicente Celestino, Dolores Duran, Cartola, Pixinguinha e Dalva de Oliveira. Em 2004, mudou-se para o Japão, onde lecionava música em aulas particulares, apresentava Workshops e palestras em escolas Japonesas e participava de eventos ligados à Cultura Brasileira, principalmente à bossa nova.

Idealizadora, proprietária e Cantora Oficial do Espaço Cultural Teatro Sonora, em Conservatória, que já existe há 3 anos, Juliana tem forte traço musical com a MPB e a paixão por Emílio Santiago não poderia ser diferente. Foi assim que surgiu a vontade de cantar sucessos do ídolo.

E não era para menos: vencedor de diversos festivais de música, Emílio Santiago iniciou a carreira na década de 70. “Transas de amor”, seu primeiro compacto, saiu em 1973. Em 1988, lançou “Aquarela brasileira”, o primeiro álbum da série criada por Roberto Menescal e Heleno Oliveira. O disco tem releitura de 20 clássicos da MPB entre os quais estão “Sampa” (Caetano Veloso), “Anos dourados” (Chico Buarque e Tom Jobim), “Eu sei que vou te amar” (Tom Jobim e Vinicius de Moraes) e foi o responsável por torna-lo ainda mais popular. O cantor apresentou diferentes gêneros durante sua carreira, mas esteve especialmente voltado para a música romântica, a MPB e o samba. O último disco foi “Só danço samba (ao vivo)”, lançado em 2012, junto com um DVD.

Essa é a chance que os fãs queriam para cantar e celebrar Emílio Santiago, um das vozes mais belas da MPB. E o melhor, o show tem horário de happy hour, começa às 19h30.

Serviço

Teatro Rival Petrobras – Rua Álvaro Alvim, 33/37 – Centro/Cinelândia – Rio de Janeiro. Informações: (21) 2240-9796. Capacidade: 350 pessoas. Metrô/VLT: Estação Cinelândia. Data: 31 de julho (Terça). Horário: 19h30. Abertura da casa: 18h. Censura: 18 anos. www.rivalpetrobras.com.br. Ingressos: Setor A e B – R$ 60,00 (Inteira), R$ 40,00 (Promoção para os 100 primeiros pagantes), R$ 30,00 (meia-entrada). Venda antecipada pela Eventim – http://bit.ly/Ingressos2z0P23j. Bilheteria do Teatro Rival – Terça a Sexta das 13h às 21h | Sábados e Feriados das 16h às 22h

*Meia entrada: Estudante, Idosos, Professores da Rede Pública, Funcionários da Petrobras, Clientes com cartão Petrobras

Posts relacionados

Inscrições abertas para paestra sobre ansiedade

Redação

São Paulo Restaurant Week termina no próximo domingo 

Redação

Shopping Jardim Guadalupe promove Festival do Unicórnio

Redação

Bloco de Rua na orla da Barra

Redação

Escola de Teatro Fiandeiros abre inscrições para cursos do Segundo Semestre

Alyson Fonseca

III edição do Colóquio África Brasil reúne especialistas estrangeiros no Rio de Janeiro

Redação

Deixe um comentário