Biblioteca Azul lança segundo romance da carreira de Elena Ferrante

Em Dias de abandono, leitor acompanha o modo particular com que Olga enfrenta a dor após ser deixada pelo marido

CapaApós publicar os dois primeiros títulos da tetralogia napolitana (A amiga genial e História do novo sobrenome) da best-seller italiana Elena Ferrante, a Biblioteca Azul lança Dias de abandono, romance com o qual a autora alcançou fama mundial e arrebatou elogios da crítica norte-americana. Na obra, originalmente publicada em 2002 e ainda inédita no Brasil, a escritora escondida pelo misterioso pseudônimo utiliza suas palavras cortantes e sua clareza brutal para percorrer o turbilhão emocional vivido por Olga após um casamento fracassado. Traída e se sentindo abandonada pelo marido, a personagem enfrenta conflitos internos em meio à nuvem cinzenta da desolação e da nova e inquietante realidade que se apresenta.

Moradores de um apartamento em Turim, para onde Olga se mudou por conta da carreira profissional do marido, com dois filhos e um cachorro, Mario e Olga viveram ma relação de 15 anos com os altos e baixos de um casamento normal. Sem abalos que evidenciassem um término repentino, Olga ouve o discurso de seu marido anunciando que ele a deixaria naquele momento. As páginas seguintes vão desnudando cenas críticas do passado do casal, repassadas até a exaustão pela protagonista e misturadas à urgência do seu cotidiano completamente destruído.

Em Dias de abandono, Ferrante escancara a dor da rejeição moldada pelos sentimentos e particularidades de uma mulher. Em um corajoso e às vezes violento mergulho existencial, Olga vai aos poucos substituindo um atormentado desejo de redenção por algo ainda desconhecido.

Antes presa a um personagem construído pela sociedade e por suas próprias expectativas, ela se dá conta de que amou mais justamente quando se sentiu “enganada, humilhada e abandonada”. A raiva pela justificativa mentirosa do marido ao tê-la deixado, que antes parecia acender a urgência do amor, agora o esvazia. No espaço entre esses dois pólos distintos, sem amor, dentro do nada, resta a ela saber se novos sentidos podem tomar formas na urgência da vida.

A autora
Elena Ferrante é o pseudônimo de uma autora italiana que se recusa a divulgar sua real identidade. Nunca divulgou fotografias nem falou de sua vida pessoal. Acredita-se que tenha nascido na região de Nápoles e que seja mãe. A autora publicou diversos romances, entre eles os dois primeiros volumes da tetralogia A amiga genial.

Ficha técnica

Título: Dias de Abandono
Autor: Elena Ferrante
Tradução: Francesca Cricelli
Gênero: Romance 
Páginas: 184 
Formato: brochura
ISBN: 978-85-250-6183-6
Preço: R$ 39,90
Editora: Biblioteca Azul