20.5 C
New York
junho 26, 2019
Featured Teatro & Dança

“Joãozinho da Goméia – De filho do tempo a Rei do Candomblé” estreia em fevereiro no Rio

Foto: Jon Thomaz
Foto: Jon Thomaz

Espetáculo percorre sobre a vida de um dos principais líderes religiosos do Brasil 

No dia 01 de fevereiro, a Companhia KarmaCírculus Teatro estreia o espetáculo “Joãozinho da Goméia – De filho do tempo a Rei do Candomblé”, no Espaço Cultural Terreiro Contemporâneo. O poema cênico, escrito e dirigido por Átila Bezerra, com adição de fragmentos de textos ditos pelo próprio João Alves de Torres Filho, é um mergulho na forte personalidade do homem que popularizou o candomblé no Brasil.

Baiano de Inhambupe, no interior da Bahia, João viu sua vida se transformar quando ainda criança foi à cidade de Salvador em busca da cura para uma doença que o atormentava. Iniciou sua trajetória religiosa em 1931 e levou a dança dos Orixás para os palcos de teatros de Salvador. Em 1946 mudou para o município de Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, onde alcançou poder e fama e se tornou um dos mais importantes babalorixás da história do candomblé no Brasil. 

Figura polêmica, Joãozinho da Goméia era negro, homossexual, artista e apaixonado pelo carnaval. Não tinha papas na língua e muito menos medo de ser ousado e revolucionário dentro da religião. Era considerado um homem a frente de seu tempo que não se envergonhava de ser homossexual na homofóbica Bahia do início do século XX, pai-de-santo que afrontava os princípios de que homens não podiam “receber” o Orixá em público, tornando-se famoso pela sua dança; vestia-se de mulher para brincar carnaval. Para o autor e diretor do espetáculo, Átila Bezerra, a montagem resgata uma história pouco conhecida, mas de extrema importância para a cultura afro-brasileira: 

“Há 2 anos eu vinha fazendo a performance “Joãozinho”, de aproximadamente 6 minutos de duração. O espetáculo começou a ser construído a partir deste trabalho e não poderia nascer em momento mais oportuno. João da Goméia é uma personalidade que nos permite levar pra cena discussões urgentes a cerca do racismo, homofobia e intolerância religiosa, num momento em que o país insiste em retroagir, principalmente no que diz respeito às questões de direitos humanos”, conta Átila Bezerra. 

João foi responsável por enfeitar as festas no terreiro e também é dele a ideia de bolos decorados nas festas de santo. Popularizou a religião atraindo importantes nomes da cultura, da política, de toda a alta sociedade brasileira, que saíam de suas zonas de conforto e viajavam até a Baixada Fluminense para consultas e orientações com o Babalorixá. Joãozinho da Goméia atraiu também a atenção da imprensa e se tornou responsável pelo crescimento do candomblé no país. 

O espetáculo “Joãozinho da Goméia – De filho do tempo a Rei do Candomblé” que fica em cartaz até dia 24 de fevereiro, coloca o público diante do olhar, dos pensamentos, sentimentos e verdades desse grande líder religioso que foi João Alves de Torres Filho, o Joãozinho da Goméia. 

FICHA TÉCNICA
Texto e direção: Átila Bezerra
Com Átila Bezerra 
Percussão e figurinos: Drika Rodrigues e Tauana Faria
Iluminação e ambientação: Jon Thomaz
Fotografia: Jon Thomaz
Arte: DesignLinhadas
Companhia: KarmaCírculus Teatro
Vídeo divulgação: Vitor Gracciano
Assistente de produção: Flávia Eloah Barsan
Agradecimentos: Goméia Galpão Criativo, Covil BXD e Thiago Monçores.

SERVIÇO

“Joãozinho da Goméia – De filho do tempo a Rei do Candomblé”
De 01 a 24 de fevereiro.
Sextas e sábados às 20h30
Domingos às 19h30
Ingressos: R$20,00 inteira / R$10,00 meia
Local: Terreiro Contemporâneo
Endereço: Rua Carlos de Carvalho, 53, Centro – Rio de Janeiro.
Classificação etária: Livre

Posts relacionados

‘Tudo o que há Flora’ no Teatro Maria Clara Machado, na Gávea

Redação

Show de Stand Up Comedy Os Caras em cartaz no Teatro dos Quatro

Redação

Temprana Cia estreia comédia de costumes no Centro

Redação

Baseado no universo de Oz, musical “O Menino Feito de Trapos” está em cartaz no Teatro Serrador

Redação

Sítio do PicaPau Amarelo entra em cena no teatro Bradesco

Redação

Elza | Musical sobre Elza Soares se apresenta no Teatro Guararapes

Alyson Fonseca

Deixe um comentário