Jazz Carlota Portella festeja 35 anos com apresentações especiais e promoções

Nada de crise, nem mesmo férias. Criada em 1982, a escola de dança Jazz Carlota Portella começa o ano de 2017 com uma jornada de dupla comemoração: afinal, são 35 anos no Jardim Botânico, e 15 anos na Barra da Tijuca. Juntas, ambas têm hoje cerca de 600 alunas de todas as idades e em todos os níveis, com aulas que unem tradição e modernidade, para meninas a partir de 3 anos até a terceira idade. O enorme sucesso, com vários prêmios conquistados ao longo dos anos, é motivo de festa para Carlota Portella e Thereza Mascotte, os nomes por trás dessa história. “Tenho alunos mais velhos que dizem que fazer uma aula de dança vale como uma sessão de análise! E vários pais me dizem como suas filhas perdem a timidez e se sentem mais confiantes após começarem a dançar”, diz Carlota.

As comemorações começam em janeiro, com mimos, aulas especiais e promoções, especialmente na Barra da Tijuca. Enquanto se renova fisicamente, a escola do bairro, que tem alunas famosas como Fátima Bernardes e suas filhas, oferece cursos de verão de jazz e balé clássico para adultos, entre 16 e 27 de janeiro, com preços promocionais. E as alunas que fizerem sua matrícula anual neste mês de janeiro, ganham um desconto, além de um mimo: uma bolsinha exclusiva para guardar as sapatilhas. “A arte da dança, na minha opinião, é muito importante para crianças e adolescentes por várias razões: em termos físicos, os exercícios tornam os corpos mais alongados e ajudam profundamente na postura. Além disso, a dança colabora muito na disciplina, concentração, criatividade e auto estima, colaborando muito para diminuir a timidez e insegurança”, afirma Carlota. 

Durante o ano, estão previstas apresentações especiais, com a tradicional aula dupla do Dia das Mães, em que as alunas dançam com as mães; uma Mostra de Dança em junho, no Teatro Fashion Mall; e o gran finale nas festas fim do ano, com alunas atuais e ex-alunas reunidas em uma superdança coreografada por Thereza Mascotte. “É muito gostoso ver entrar na escola uma segunda geração de alunas: filhas de muitas que foram minhas alunas ainda crianças. Quando as encontro na escola, pergunto se vão voltar e elas me dizem que estão trazendo as filhas, e outras dizem que além de estarem trazendo as filhas para fazer dança, elas também estão voltando”, conta Carlota. 

Além disso, para destacar o lado sócio-educativo da dança, Carlota e Thereza continuam à frente do projeto “Dançar”, em que alunas de escolas públicas são selecionadas de acordo com seu comportamento e aplicação, para ter aulas de iniciação na dança e garantir o contato com o exercício artístico. Desde 2006, o projeto Dançar procura ser um processo de formação de seres mais sensíveis. Ele proporciona aulas de dança gratuitas para cerca de 80 crianças e adolescentes de escolas públicas de bairros, entre 7 e 16 anos. Interessadas em aprender dança se inscrevem na escola e os critérios de comportamento e aplicação são utilizados com as alunas selecionadas. No fim do ano, é feita uma apresentação num teatro para os responsáveis para que eles tenham contato com o exercício artístico que as alunas estão realizando. “A partir dos resultados positivos relatados pelas escolas, acreditamos estar mobilizando muitos e queremos cada vez mais dinamizar o nosso sensibilizar e conscientizar”, conclui Thereza. 

SOBRE O JAZZ CARLOTA PORTELLA 
Carlota Portella se iniciou na dança com apenas 6 anos de idade, no Rio. Se sua formação se deu no ballet clássico, foi a paixão pelo Jazz Dance que levou ao reconhecimento, primeiro como professora, e logo como diretora do espetáculo “Vacilou, Dançou”, encenado em 1981 e que levou à criação da companhia de dança de mesmo nome. No ano seguinte, abriu com Thereza Mascote sua escola de dança no Jardim Botânico, que logo se tornou praticamente sinônimo de Jazz Dance. O sucesso levou à criação de uma filial na Barra, em 2002.

Para desenvolver o lado artístico e expressivo da dança com um ensino de qualidade, a escola conta com uma equipe de professores especializados e renomados nas suas áreas de atuação, e a metodologia é sempre atualizada para conduzir a o aprendizado de forma saudável e prazerosa. Ambas as escolas contam com instalações próprias para o exercício das modalidades de dança e turmas separadas por faixa etária para crianças, adolescentes e adultos de diversos níveis.

Nossos endereços:

Jardim Botânico

Rua Jardim Botânico, 119 – RJ
Tel.: 21 2539-0694 / 2539-0181

Barra da Tijuca (Shopping Esplanada)

Av. das Américas, 3939 – bl2 – cob 306 e 307

Tel.: 21 3325-3822 / 3325-2825

 

Mais informações: http://www.carlotaportella.com.br

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.