Ivo Meirelles lança projeto sertanejo e fará show na Festa do Peão de Barretos

Mais uma vez mostrando sua versatilidade, Ivo Meirelles passeia pelos gêneros musicais e lança o projeto SertaSamba. O grande lançamento do projeto acontecerá na Festa do Peão de Barretos, onde Ivo se apresentará nos dias 25, 26 e 27 de agosto. 

No repertório estão sucessos como “Medo bobo”, de Maiara & Maraísa, “Ninguém é de ferro”, de Wesley Safadão, “Vidinha de balada”, de Henrique e Juliano, “Domingo de manhã”, de Marcos & Belutti, entre outros hits.

Ivo conta que a ideia de criar o projeto surgiu após receber diversos pedidos do público para incluir sertanejo – o ritmo que domina as rádios do Brasil – em seu setlist:

“Eu fiz meu show ‘Samba Pop’, no festival de Jaguariúna ano passado e as pessoas me pediam para cantar alguma coisa de sertanejo. Eu até improvisava no meu estilo de misturar tudo com samba. Daí, comecei a ensaiar a música Domingo de manhã’ e deu muito certo. Então, procurei um dos empresários que promove o Festival de Barretos e disse para ele: Pode me agendar para o ano que vem (2017) e ele me agendou (risos). Feito isto, peguei a minha banda e aí está o SertaSamba, que vai agradar a todos que gostam de um bom samba e também de um bom sertanejo”, conta.

A trajetória de Ivo Meirelles
A história e contribuição de Ivo Meirelles para o samba brasileiro começou cedo. Em 1973, aos 11 anos de idade, fez seu primeiro desfile como integrante da bateria da Estação Primeira de Mangueira, uma das maiores Escolas de Samba do País. Aos 21, foi eleito Presidente da Bateria e inovou criando o concurso para Rainha de Bateria, em 1983.

O início da carreira de músico se deu em 1986, quando, participando pela segunda vez do concurso de sambas-enredo da Estação Primeira de Mangueira, emplacou o que seria um dos maiores sambas da história do Carnaval. Ivo convidou o mestre Jamelão para dar voz ao samba-enredo Caymmi Mostra ao Mundo o que a Bahia e a Mangueira Têm, consagrando a Verde Rosa como campeã do Carnaval carioca daquele ano.

Além da sua experiência à frente da Mangueira, que se encerrou em 2013, a inquietude de Ivo fez com que ele criasse o grupo de percussão Funk’n Lata, em 1995, proporcionando uma mistura do tradicional samba com elementos da black music, soul, hip-hop e funk carioca.

Defensor do Samba Pop e da alegria, Ivo já participou de algumas edições do festival Rock In Rio, sempre levantando o público com convidados especiais para seus shows, a exemplo da edição de 2013, em que esteve ao lado de Elba Ramalho e Fernanda Abreu. Desde 2013 Ivo mora em São Paulo onde reinventou sua sonoridade musical mostrando seu suingue carioca para os quatro cantos da Terra da Garoa.

Agora em 2017 o músico se prepara para lançar um álbum que irá homenagear o grupo criado por ele nos anos 90, o Funk’n Lata, uma mistura do tradicional samba com elementos de soul, rock e funk carioca e que inspirou tantos grupos. 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.