24.3 C
Rio de Janeiro
novembro 17, 2018
Notícias

Indicação para medalhas e diplomas do mérito cultural termina nesta sexta

Qualquer ação cultural pode ser indicada para receber a premiação

A indicação para a Ordem do Mérito Cultural Carioca chega ao fim na próxima sexta-feira e mais de 200 cadastros já foram preenchidos. Composta por uma medalha e um diploma, a premiação vai homenagear personalidades, coletivos culturais e instituições públicas ou privadas que se destacaram por contribuições relevantes à cultura da cidade. As indicações de nomes para receber a Ordem do Mérito poderão ser feitas por qualquer pessoa pela internet, no endereço ordemdomeritoculturalcarioca.rio.

Criada pela Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, a premiação terá como diferencial a participação popular. É preciso colocar informações do indicado (nome completo e artístico, endereço, telefone e e-mail) e justificar com um breve currículo do aspirante à homenagem. Todo cidadão, instituição ou coletivo que promova a cultura carioca pode ser indicado, com exceção de servidores da Secretaria Municipal de Cultura. A relação dos agraciados será divulgada em Diário Oficial.

Todas as indicações serão avaliadas por uma comissão presidida pela Secretária Municipal de Cultura, Nilcemar Nogueira, e formada pelo escritor e acadêmico Domício Proença Filho, a atriz Camila Amado, o produtor cultural Junior Perim e Elizabeth Manja, representante do Conselho Municipal de Cultura.

Sobre a medalha – A Medalha São Sebastião do Rio de Janeiro da Ordem do Mérito Cultural Carioca foi criada pelo IED – Instituto Europeu de Design, por meio de um concurso interno. A imagem busca sintetizar tanto a beleza natural quanto a construída pelo homem, integrada e inseparável do ambiente. Assim, representa-se uma moldura inspirada nos Arcos da Lapa, aqueduto histórico, símbolo da vida boêmia carioca, onde a atividade cultural é pulsante. No centro da medalha, está o Pão de Açúcar, uma das paisagens mais deslumbrantes da cidade, uma verdadeira obra de arte da natureza. A composição equilibrada entre o Morro do Pão de Açúcar, o Morro da Urca e o Morro da Babilônia é complementada pelo espelho d’água da Baía de Guanabara.

Posts relacionados

Centro de Visitantes Paineiras oferece visita guiada gratuita na Exposição Floresta Protetora

Redação

Arraiá Solidário do Leão acontece no sábado com entrada benficente

Redação

Projeto Samba de Bamba | Juliana Ribeiro se apresenta na Caixa Cultural

Alyson Fonseca

Deixe um comentário