21.9 C
New York
junho 26, 2019
Featured Música

Humberto Gessinger no Vivo Rio

Humberto Gesisnger - Divulgação
Humberto Gesisnger - Divulgação

No dia 11 de maio de 2019, o compositor, cantor, multi-instrumentista e escritor Humberto Gessinger retorna ao Rio de Janeiro, no palco do VIVO Rio, para um show super especial de encerramento da tour “Ao Vivo Pra Caramba”. Nele, o cantor apresenta duas formações distintas: um trio acústico e outro elétrico.

O SHOW – Por HUMBERTO GESSINGER
“Em 33 anos de carreira, lancei oito discos ao vivo. Em todos eles – seja com os Engenheiros do Hawaii, Pouca Vogal ou solo – sempre fiz questão de colocar músicas inéditas ao lado das releituras, que sempre foram vistas como a razão de ser de um registro ao vivo. Com o tempo, entendi que estas canções formam “álbuns dentro dos álbuns”. Ao Vivo Pra Caramba é o trabalho em que este conceito fica mais claro. Nele, há dois trios: um acústico, outro plugado.

Abro o show tocando violão, viola caipira e harmônicas, acompanhado por Paulinho Goulart no acordeon e Nando Peters no baixo acústico. Depois, assumo o baixo elétrico, a guitarra e os teclados para, ao lado de Rafa Bisogno na bateria e Felipe Rotta na guitarra, fechar a noite com o bom e velho power trio.

Humberto e Dois Trios, Dose Dupla, Dois em Um, O Dobro ou Nada, Dois Lados da Moeda, Dois Tempos da Partida… chame do jeito que você quiser, mas aproveite esta noite. Será especial.

No repertório, canções de todas as fases desses 34 anos de estrada”.

HUMBERTO GESSINGER
Do primeiro show dos Engenheiros do Hawaii no terraço da Faculdade de Arquitetura da UFRGS, (11/01/1985) a 21 CDs e 7 DVDs, oito Discos de Ouro, um Disco de Platina, quatro DVDs de Ouro e milhares de fãs apaixonados por sua música.

Humberto Gessinger nasceu em 24 de dezembro de 1963, em Porto Alegre/RS. Em 1985, com colegas da Escola de Arquitetura da UFRGS, montou a banda Engenheiros do Hawaii. O nome fazia uma brincadeira com estudantes de engenharia e surfistas que frequentavam o bar da faculdade.

Apesar de se considerar, principalmente, um compositor, Humberto é músico autodidata, e, nas várias fases de sua carreira, tocou diversos instrumentos como baixo, guitarra, viola caipira, violão, teclados, bandolim, harmônicas e acordeom.

Ao final da turnê do disco “Novos Horizontes”, em 2008, foi anunciada uma pausa por tempo indeterminando nos Engenheiros do Hawaii e Humberto foi para a estrada com o projeto Pouca Vogal, um power duo em parceria com Duca Leindecker. Em quatro anos foram mais de 220 shows em mais de 150 cidades e um CD/DVD gravado ao vivo em Porto Alegre. No final de 2012 o Pouca Vogal encerrou a turnê e Humberto passou a se dedicar a carreira solo.

Em 2013 lançou seu 20º álbum, “inSULar” (STR/Stereophonica), o primeiro como artista solo e em 2014, o DVD/CD “inSULar ao vivo” (Coqueiro Verde Records), que recebeu DVD de Ouro em apenas dois meses e foi indicado ao Grammy Latino de melhor álbum de rock. Em 2016, após três anos viajando por todo Brasil com “inSULar”, Humberto Gessinger lançou a turnê “Louco Pra Ficar Legal”, e dois novos singles, “Pra Ficar Legal” e “Faz Parte”.

Em 2017, estreou a turnê “Desde Aquele Dia – 30 anos A Revolta dos Dândis”, além de lançar o compacto “Desde Aquela Noite”, com parcerias já gravadas pelos parceiros, mas inéditas na discografia de Gessinger. Em agosto, gravou no Pepsi On Stage, em Porto Alegre, o DVD/CD “Pra Caramba”, com registro do show e um set acústico com quatro canções inéditas.

Em 2018, iniciou a turnê “Ao Vivo pra Caramba”. Em novembro, para comemorar um quarto de século da gravação de “Filmes de Guerra Canções de Amor”, Humberto regravou as quatro músicas inéditas do disco: “Quanto vale a vida”,  “Realidade Virtual”, “Mapas do Acaso” e “Às vezes nunca”, em lançamento em vinil e nas plataformas digitais, com o título “Canções de Amor, Filmes de Guerra”.

Paralelamente a seu trabalho como músico, Humberto Gessinger lançou cinco livros: “MEU PEQUENO GREMISTA” fala de sua paixão pelo Grêmio. “PRA SER SINCERO” reúne autobiografia, 123 letras comentadas e um ensaio escrito pelo professor Luís Augusto Fischer. “MAPAS DO ACASO”, ao lado de memórias e reflexões divididas em “notas mentais para uma próxima vida”, traz 45 letras comentadas. “NAS ENTRELINHAS DO HORIZONTE”, que teve origem nos textos postados semanalmente no  seu blog: www.blogessinger.blogspot.com. E “SEIS SEGUNDOS DE ATENÇÃO”, lançado em 2013.

Em 2019, Humberto segue a turnê “Ao vivo Pra Caramba”, enquanto prepara seu próximo CD de inéditas.

Serviço:
Local: Vivo Rio
Data: 11 DE maio às 21h.

Endereço: Av. Infante Dom Henrique, 85 – Parque do Flamengo, Rio de Janeiro, RJ 
Abertura dos portões: Duas horas antes do show.
Classificação etária: 18 anos. Menores de 18 anos entram acompanhados dos pais/responsável.
Atenção: para setores com mesa, a compra de um ingresso garante um assento na mesa selecionada, mas não em uma cadeira específica. Os assentos são ocupados por ordem de chegada. 

Valores:

Camarote A R$ 250,00
Camarote B R$ 200,00
Balcão R$ 150,00
Frisa R$ 140,00
Setor 1 R$ 250,00
Setor 2 R$ 200,00
Setor 3 R$ 160,00
Setor 4 R$ 140,00

Vendas online em vivorio.com.br

BILHETERIA OFICIAL – SEM COBRANÇA DE TAXA DE CONVENIÊNCIA

Vivo Rio
Av. Infante Dom Henrique, 85 – Parque do Flamengo, Rio de Janeiro, RJ
Terça a sexta-feira 11h às 18h
Sábados e domingos das 15h às 18h 
Venda e retirada de ingressos dos eventos do Vivo Rio.

MEIA-ENTRADA E INGRESSOS PROMOCIONAIS
Confira aqui as leis de meia-entrada, identificando quem tem direito ao benefício e os documentos comprobatórios.
25% de desconto sobre o valor da inteira para clientes Vivo Valoriza na compra de até 02 ingressos. Para comprovar seu cadastro no programa, basta enviar um SMS para o número 1058 com a palavra VALORIZA. Para clientes Vivo Fixo, Vivo Internet e Vivo TV, basta apresentar a última conta paga. Disponível apenas para compra na bilheteria do Vivo Rio. 

 

Posts relacionados

Scatolove faz primeiro show no Rio no palco do Teatro Odisséia

Redação

Banana Jack da Barra será palco do show de Gustavo Lins

Redação

IRA! faz show no Palácio das Artes

Redação

“Joãozinho da Goméia – De filho do tempo a Rei do Candomblé” estreia em fevereiro no Rio

Redação

Copacabana recebe baluartes da Verde e Rosa

Redação

‘Abujamra Presente’ traz Os Fodidos Privilegiados de volta ao Teatro Dulcina

Redação

Deixe um comentário