Grupo Teatral Moitará lança documentário sobre pesquisa com a máscara teatral

A presença da máscara como ferramenta de representação do mundo acompanha o homem desde as primeiras civilizações, assumindo em cada cultura diferentes funções. Essa figura intrínseca à evolução cultural da sociedade é a protagonista do documentário “Sentidos da Máscara”, realizado pelo Grupo Teatral Moitará com patrocínio do Programa de Fomento à Cultura Viva a Arte, da Secretaria Municipal de Cultura da Prefeitura do Rio de Janeiro. O lançamento acontece no dia 21 de dezembro, às 20 horas, no Espaço Moitará, na sede do Grupo, da Lapa.

“A máscara, além de ser uma ferramenta pedagógica para a formação do ator, é um elemento de conexão com as culturas. Esse documentário nasce do desejo de compartilhar nossa experiência com a máscara teatral na cena brasileira, refletindo também sobre os vários sentidos que a máscara tem na sociedade”, conta Venício Fonseca, diretor do filme e um dos fundadores do Moitará, junto com Erika Rettl.

Criado há 28 anos, o Grupo Teatral Moitará é o pioneiro no trabalho da linguagem da máscara no Brasil, no que diz respeito a pesquisa desde a sua confecção e elaboração de uma máscara funcional para o teatro, até as diversas possibilidades do seu jogo cênico, de grande contribuição na preparação técnica do ator. No início da década de 1990, Venício e Erika tiveram seus primeiros aprendizados na confecção da máscara teatral com o artista Donato Sartori (1939 -2016), diretor do Centro Maschere e Strutture Gestuali, um dos maiores pesquisadores da máscara no mundo.

Apostando na disseminação deste conhecimento para o fortalecimento da cena teatral brasileira, o Moitará seguiu investindo não apenas na criação e circulação de espetáculos por todo o Brasil, mas também na oferta de oficinas, palestras, seminários e exposições.

Através do recurso audiovisual, o Moitará pretende ampliar este alcance, oferecendo ao público, a profissionais e a estudantes a oportunidade de entrar em contato com a pesquisa realizada ao longo destes anos. A metodologia de treinamento do ator desenvolvida pelo grupo é apresentada no documentário média-metragem em conjunto com alguns aspectos sobre a história e as funções da máscara na sociedade e sua presença na cultura brasileira.

Após o lançamento, uma parte dos DVDs será disponibilizada gratuitamente para instituições de ensino de artes do Rio de Janeiro.

“A pesquisa do Grupo parte desta investigação prático teórica sobre a linguagem da máscara teatral. Ela é a nossa semente crioula de onde brotam nossas reflexões e trabalhos artísticos, mesmo que no resultado final ela não esteja presente enquanto objeto máscara”, conta Erika.

O filme traz ainda entrevistas com personalidades que influenciaram o percurso do Grupo. Além de Donato Sartori aparecem em Sentidos da Máscara: Paola Piizzi (diretora do Museu Internazionale Arte della Maschera Amleto e Donato Sartori) , Enrico Bonavera (ator e diretor italiano) e Pai Euclides – fundador da Casa Fanti Ashanti, no Maranhão, uma das maiores casas de candomblé do Brasil, com importante trabalho de documentação e pesquisa cultural –, ampliando o debate para além da cena teatral.

“Definimos o objetivo de procurar entender e desenvolver uma linguagem teatral que favorecesse o trabalho do ator proporcionando o seu crescimento profissional e também humano. O elemento gramatical dessa linguagem é a máscara, que se alimenta mais das perguntas do que das certezas, e a cada resposta traz uma nova questão que nos desafia a caminhar essa estrada sem fim”, completa Venício.

Sinopse

Desde 1988, o Grupo Teatral  Moitará desenvolve uma pesquisa continuada sobre o trabalho do ator, buscando compreender os princípios que fundamentam sua arte, tendo nos estudos dos aspectos e funções da Máscara Teatral a base para a elaboração de uma metodologia própria.  Ao longo desses anos, vem realizando projetos artísticos, didáticos e socioculturais por meio de oficinas, espetáculos e palestras-espetáculos.

O documentário  Sentidos da Máscara faz um mergulho no tempo através de imagens de arquivo, demonstrações cênicas e depoimentos com personalidades que influenciaram o percurso do Grupo Moitará, refletindo os princípios que norteiam sua pesquisa artística e metodológica com a linguagem da máscara teatral.

SERVIÇO
Lançamento Sentidos da Máscara
21 de dezembro
20 horas
Espaço Moitará: Rua Joaquim Silva, 56/ 2 andar, Lapa – Rio de Janeiro
Duração: 40 minutos
Classificação: Livre

FICHA TÉCNICA

Direção Geral e Argumento – Venício Fonseca
Roteiro – Fidelys FragaVenício Fonseca, Erika Rettl e Rubens Takamine
Assistente de Direção – Erika Rettl 
Direção de Produção – Debora Thomas e Helena Bielinski 
Produção Executiva – Ana Pinto
Assistente de Produção – Rafaela Azev
Direção de Fotografia – Helena Bielinski
Câmera – Diego Amorim, André Telles, Helena Bielinski
Som – João Henrique Costa
Trilha original e execução – Beto Lemos
Montagem – Helena Bielinski e Rubens Takamine
Edição e finalização de imagem e som – Rubens Takamine
Assistente de edição – Nádia Oliveira
Videografismo – Fernando Fernandes
Programação Visual – Marcos Corrêa

Pesquisa: André Marcos, Ana Pinto, Debora Thomas, Deisi Margarida, Erika Rettl, Rafaela Azevedo, Rubens Takamine, Venício Fonseca.

Revisão de texto: Luiz Fernando de Moraes

Grupo Teatral Moitará: André Marcos, Debora Thomas, Deisi Margarida, Erika Rettl, Rafaela Azevedo, Venício Fonseca