Goiânia recebe exposição inédita sobre dança

Olhares Pra Dança se inicia no dia 09 de maio e retrata quatro décadas da dança cênica goianiense

Preservar a história por meio de imagens e viabilizar o acesso à memórias e arquivos inéditos é uma das propostas do Olhares Pra Dança, exposição que reúne 31 imagens de grupos e iniciativas da dança entre os anos de 1970 a 2000. Com abertura no dia 09 de maio, a exposição segue até o dia 30 do mesmo mês na Galeria do Centro Cultural UFG. O horário de visitação é de terça a sexta-feira, das 10h às 18h, com entrada gratuita.

Com curadoria das professoras-doutoras Luciana Ribeiro e Valéria Figueiredo, a exposição é repleta de memórias afetivas. São 31 imagens acompanhadas de textos e áudios com relatos – e novos olhares – de pessoas próximas e marcantes neste cenário cultural.

Booking.com

O caminho da exposição
A exposição multimídia convida o público a adentrar o universo da dança cênica, revelando mais que imagens sobre grupos e espetáculos, mas também contextos históricos e culturais de quatro décadas e suas respectivas características.

Nos anos de 1970 e 1980 as estéticas moderna e contemporânea se apresentavam à cidade com uma certa fragilidade. Um período de muita experimentação que culminou na consolidação de grupos nas duas décadas seguintes. Assim, as fotografias são elementos visuais para uma viagem no tempo. Num tempo em que a dança se reinventava, mostrava suas caras e tomava lugar de destaque pela capital goiana.

Olhares Pra Dança é um projeto apoiado pelo edital de Patrimônio Imaterial do Fundo de Arte e Cultura de Goiás e com realização da casAcorpO. Fica aberto a visitações de 09 a 30 de maio de 2017 na Galeria do Centro Cultural UFG, de terça à sexta, das 10h às 18h, com entrada gratuita. Todas as imagens, textos e áudios que compõem a exposição serão posteriormente disponibilizadas em acervo digital através do site do projeto.

Serviço:

Olhares Pra Dança           

Abertura: 09 de maio, às 19h
Período: 09 a 30 de maio de 2017
Local: Galeria de Arte do Centro Cultural UFG
Endereço: Av. Universitária, n° 1533, Setor Universitário
Horário de visitação: Terça a sexta, das 10h às 18h
Entrada gratuita
Mais informações:
Facebook: facebook.com/casacorpocasa
Telefone: 3609-8386
Links úteis: Youtube / Facebook / Instagram / Site

MAIS INFORMAÇÕES 😉

Agendamento de visita.
Para instituições e escolas que desejam conhecer a exposição, o Núcleo de Intercâmbio e Ações Educativas do CCUFG está disponível para agendamentos de visitas. Para os locais que possuem disponibilidade no período matutino, elas ocorrem das 9h30 às 10h30. E no período vespertino, os horários são das 14h30 às 15h30. Sempre de terça à sexta. 

Agendamento de visita para instituições
Dias: A partir de 10 de maio, de terça a sexta
Horários: das 9h30 às 10h30
Das 14h30 às 15h30
Contato: educativaccufg@gmail.com / Fone: (62) 3209-6499

Realização: casAcorpO
casAcorpO é um lugar autônomo em Goiânia que atua na convergência de profissionais das artes do corpo, da música e do movimento. Criado em 2014 por Luciana Ribeiro e Lu Celestino, é constituído por três grupos: ¿por quá? grupo de dança, o grupo musical Vida Seca e a produtora Mais Um Baú de Ideias. Realiza projetos artísticos, culturais e educacionais como POR ACASO_tardes de improviso, encontro con(versado) e Atenção! APARECIDAS Circulando Livremente pela Cidade.

Curadoria:

Valéria Figueiredo
Licenciada em Educação Física pela Universidade Gama Filho, possui formação técnica em Dança Contemporânea e Educação Somática pela atual Faculdade Angel Vianna. É líder do laboratório de pesquisa interdisciplinar em Arte da Cena – LAPIAC/FEFD/UFG. Membro-fundadora do Fórum de Dança de Goiânia e editora setorial das revistas Pensar a Prática e Arte da Cena (UFG). Atualmente é coordenadora de estágio do Pibid/Dança e professora associada da UFG, atuando nos cursos de Dança e Teatro.

Luciana Ribeiro
Luciana Ribeiro é professora, pesquisadora, artista e militante da dança.

Docente do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás/IFG, Campus Aparecida de Goiânia. Integrou o Projeto de Criação da Licenciatura em Dança e foi a coordenadora do curso até início de 2016. Doutora em História pela Universidade Federal de Goiás (2010), com investigação nas interfaces entre a História e a Dança a partir da constituição da prática artística de dança na cidade de Goiânia.

Criadora e diretora do ¿por quá? grupo de dança e fundadora e gestora da casAcorpO, espaço que promove o encontro entre artistas e a interação cultural com a cidade.

Booking.com