Gamboa reúne música e filme em “Okum”

Vida, morte e a natureza das dualidades permeiam o primeiro trabalho do projeto

Composto por cinco faixas inéditas e autorais, Gamboa apresenta “Okum”, ep visual de estreia do projeto lançado pelo selo Slap, produzido por Sants e capitaneado por Ricardo China, que assina voz, composições e direção dos vídeos. 
 
Com influência da música nordestina e africana, mini-álbum é guiado por percussões, beats contemporâneos e sintetizadores, apresentando um pouco de tudo que é Salvador, cidade-palco para as filmagens desse trabalho e inspiração para o som que vem dele. 
 
Entre os temas abordados e evidenciados no curta que acompanha este lançamento, vida, morte e natureza das dualidades
 
Devo dizer que essa é uma produção especialmente pessoal. Eu sou originalmente  baiano, residindo agora em São Paulo… E, depois que você passa um tempo longe de suas raízes, existe esse pulso criativo, que nada mais é do que uma reação do seu corpo para te levar para sua origem. Eu acredito nisso”, afirma Ricardo China
.
 
Pensando em capítulos, Gamboa enxerga sua música como forma de contar uma história. Depois, traduz isso em filme e performance ao vivo.