Galpão Bela Maré: Espaço para criação e difusão das artes

A exposição “Diálogos Ausentes (30 de setembro a 9 de dezembro) , apresentada pelo Itaú Cultural em parceria com o Observatório de Favelas, reúne trabalhos realizados por artistas negros ligados aos campos das artes visuais, do teatro e do cinema brasileiro no Galpão Bela Maré. Com curadoria de Diane Lima e Rosana Paulino, a mostra convida o público para um mergulho na rica produção artística de afrodescendentes, trazendo manifestações que podem ser lidas como um resumo dessa arte que transforma diálogos ausentes em diálogos presentes.

Nos dias 29 de outubro / 5, 12 e 26 de novembro / 3 de dezembro, sempre às 15h, a mostra promove ações educativas. “Como tornar presentes as vozes ausentes?”  A Mostra Diálogos Ausentes nos convida a pensar, discutir e [re]construir caminhos para o enfrentamento ao racismo estrutural, através das vozes artísticas que nos provocam a reflexão acerca dos processos de subalternização e invisibilização da população negra como herança de um projeto colonial. Neste contexto, o Programa Educativo do Galpão Bela Maré propõe ações para os diversos públicos, e deseja, através dos diálogos presentes e possíveis, ampliar e contribuir para a construção de saberes e sentidos, sempre privilegiando a relação dos sujeitos com as obras de arte e suas significações simbólicas e subjetivas. Assim, a equipe interdisciplinar do Galpão da Maré desenvolve coletivamente estratégias para mediações e ações poéticas que têm como essência instituir experiências artístico-estéticas ativadoras de afetos, processos de apropriação e empoderamento dos territórios geográficos, identitários, perceptivos e intelectuais. A iniciativa tem parceria da Fundação Roberto Marinho.

O Galpão Bela Maré é um espaço para criação e difusão das artes, em suas mais variadas manifestações e diferentes linguagens, localizado na favela Nova Holanda. Desde 2011, o Galpão Bela Maré desenvolve estratégias de intervenção artística na Maré, por meio de exposições, seminários, articulação de produtores culturais, atividades formativas, e programação educativa, realizada por uma equipe multidisciplinar.

Galpão Bela Maré. Rua Bittencourt Sampaio, 169, Maré. Entre as passarelas 9 e 10 da Av. Brasil.  

De terça a domingo, incluindo feriados, das 10h às 19h. Entrada Gratuita. facebook.com/GalpaoBelaMare

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.