16.8 C
New York
maio 23, 2019
Notícias

Galeria A Hebraica inaugura exposição de Myriam Glatt

Convidar o espectador a conhecer novas possibilidades na arte. Esta é a proposta da artista visual carioca Myriam Glatt, que irá inaugurar a exposição “Pardes”, sua sétima individual e segunda na capital paulista, no dia 26 de janeiro, às 12h, na Galeria A Hebraica, em Pinheiros. Com curadoria de Olívio Guedes, a mostra contará com dez trabalhos – sendo oito inéditos – de colagem, nos quais as flores continuam sendo a maior inspiração da artista, que já dá indícios de geometria, assunto que desenvolverá com mais rigor em uma exposição programada para o final do ano.

“Minha vontade sempre foi de unir o orgânico com a geometria, afinal essa é a paisagem que convivo todos os dias na cidade onde vivo e trabalho”, avalia a artista.

Myriam Glatt começou a trabalhar com materiais reciclados como papelão, caixas de fósforos e jornais depois de ver o excesso destes descartados pela cidade. A partir destes materiais, a artista, que é formada em Arquitetura, cria colagens e campos de cor. “Gosto da ideia de construir, de trazer elementos que vem de diversos lugares para juntos brotar um novo dialogo. Afinal, deslocar, apropriar, selecionar, cortar, colar parece fazer parte de um pintor contemporâneo”, analisa.

O título da exposição vem da palavra “pomar” que, para a artista, é um lugar fértil onde brotam novas possibilidades no reino da arte.

MYRIAM GLATT
Formada em Arquitetura pela Universidade Santa Úrsula (RJ), pós-graduada em Arte\Filosofia pela PUC-Rio (2014). Estudou escultura no San Francisco Art Institute e no Santa Barbara City College, California USA (83/84). Trabalhou com arte aplicada e cenografia (1990 a 2000). Deu aulas de escultura em papier maché na universidade Estácio de Sá (1999). Estudou pintura no Parque Lage com Charles Watson (1995 a 1997), João Magalhães, Ivair Renaldim, Daniel Senise, Fernando Cocchiarale, e Marcelo Campos (2008 a 2013). Participou de grupo de estudos do curador Marcelo Campos (2015), de Daniela Labra (2017) e atualmente de Marisa Flórido (2018). Tem obras nos acervos dos colecionadores Claudio Valansi e Sabina Matz, e nos Correios RJ e SP.

Exposições Individuais

2019 – descartes – Museu dos Correios Brasília, Curadoria Ivair Reinaldim (prevista)

2019 – Pardes – Galeria da Hebraica SP, curadoria Olívio Guedes (prevista)

2018 – descartes – Centro Cultural Correios SP, texto curatorial Mario Gioia

2017 – descartes – Centro Cultural Correios RJ, Crítica curatorial Keyna Eleison

2017 – Tempo, da contenção à expansão – CCJF, Curadoria Isabel Sanson Portella.

2017 – Flor, da contenção à Expansão – Centro Cultural Correios Niterói, Curadoria Isabel S.Portella

2016 – Semente – Galeria Öko, Curadoria Lia do Rio, texto Mario Gioia.

2015 – Coletivos, manchas e contornos – Galeria TAC, Curadoria Mário Gioia.

 

Exposições Coletivas

2018 – ArteFormatto – Espaço Bossa Cidade Jardim SP – curadoria Gisele Rossi e Lica Pedrosa

2018 – Ocupação corredor cultural CCBB/Casa França Brasil/ Correios RJ – Curador Paulo Branquinho

2017 – Carpintaria para Todos – curadoria Marcelo Campos, Bernardo Mosqueira e Luisa Duarte.

2017 – Fora da Ordem – Parque das Ruínas, curadoria Rafael Mayer.

2017 – Banquete – Espaço MárciaXClayton

2017 – Circuito Interno fevereiro – Fabrica Bhering.

2016 – Qual o seu link ?- Galeria VG Cassino Atlântico Curadoria Lucia Avancini e Marilou Winograd.

2016 – Qual é seu link? – Centro M. Calouste Gulbenkian, Curadoria Lucia Avancini e Marilou Winograd.

2016 – Ponto Transição (Vade Retro Abacaxi) – Fundição Progresso, Curadoria Xico Chaves, Luiza Interlenghi e Sonia Salcedo.

2016 – Arte Brasileira na Contemporaneidade – Art Lab Gallery, São Paulo.

2015 – Exposição Virtual Provocarte Soy mujer soy latina americana, Curadoria Lucia Avancini.

2015 – Soy mujer soy latina americana – Espaço Cultural Cedim H. Studart, Curadoria Lucia Avancini.

2013 – Onde estou – Galeria Tac Galpão Curadoria Marcelo Campos.

2012 – O Cortiço – Galeria Ceperj, Curadoria Marcelo Campos.

PARDES” – Artista carioca Myriam Glatt inaugura segunda individual na capital paulista

ABERTURA: 26/01 – sábado às 12h

Data: 27 de janeiro a 17 de fevereiro (segunda a sexta, das 06h às 23h); finais de semana, das 7h às 22h 

Curador: Olívio Guedes

Local: Galeria A Hebraica

Endereço: Rua Hungria, 1000 – Pinheiros – São Paulo

Telefone: (11) 3818-8888

ENTRADA FRANCA

CONVERSA ARTISTA/CURADOR: 16/02– sábado às 11h

Posts relacionados

Cervejaria Hocus Pocus lança novo rótulo O Louco na 4ª edição do próprio festival no RJ

Redação

Programação Dia das Crianças no Museu do Amanhã

Redação

Dr. Luiz Haroldo Pereira discutirá o uso de enxerto de gordura nos glúteos no 20° Simpósio Internacional de Cirurgia Plástica

Redação

Em comemoração aos seus 57 anos, Cadeg dá desconto de até 57% no mês de janeiro

Redação

Museu do Amanhã comemora três anos de operação com programação especial e gratuidade no domingo (16)

Redação

Superbom lança hambúrguer vegano com aspecto de carne

Redação

Deixe um comentário