Fios do Tempo

“FIOS DO TEMPO”, dirigido por Sueli Guerra, engloba duas coreografias inéditas: “Fios do Tempo” e “Um botão e Duas Rosas”. Na primeira parte, a coreografia “Um botão e Duas Rosas”, traz à tona as lembranças da infância, bem como as esperanças e anseios sobre o que o futuro reserva ao jovem artista. A coreografia faz uma viagem no tempo para trazer de volta temas como o primeiro amor, os medos, as ilusões, as dúvidas, angústias e incertezas sobre o futuro.  

A segunda parte aborda questões como: “É o tempo que passa ou somos nós que passamos?”; “O desejo acaba?”; “O que está dentro não é o mesmo que está fora?”; “Para onde devemos seguir?”, além de tantas outras dúvidas que constantemente surgem e colocam em pauta essa nova sociedade madura que está despontando.

A Cia da Ideia, companhia de dança contemporânea fundada pela coreógrafa e bailarina Sueli Guerra, conta com profissionais capacitados, todos com experiência no mercado cultural nacional, tanto na criação quanto na execução de projetos culturais que buscam a inclusão social através da dança, bem como o acesso à cultura para todas as classes sociais.

Através de um trabalho de pesquisa, a Cia da Ideia trouxe à tona neste espetáculo, várias questões que permeiam a chegada dos indivíduos à maturidade, evidenciando e quebrando os estereótipos que se construíram ao longo do tempo em torno dessa figura.

O projeto se apresentará dentro do processo de Subvenção – 10 anos da Cia da Ideia, que foi ganhador do edital de fomento Viva Cultura! e é patrocinado pela Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro / Secretaria Municipal de Cultura. Todos os espetáculos, bem como as oficinas ministradas pelos integrantes da Cia da Ideia terão entrada franca.

“Gente não nasce pronta e vai se gastando; gente nasce não-pronta e vai se fazendo” ao ler esta frase no livro de Mário Sérgio Cortella, me identifiquei de pronto e continuei a seguir o pensamento provocativo do filósofo e me perguntei: “E agora? E agora que me sinto me fazendo, o tempo e a idade insistem em me dizer que já me fiz?” Assim surgiu “Fios do Tempo”, uma necessidade de não esperar o epitáfio, de fazer, de questionar, de me relacionar com o novo, mesmo com a imposição do velho. Ao perceber que esta relação: tempo x idade x maturidade, não era mais a mesma. Atualmente, estatisticamente falando, estamos envelhecendo mais tarde, temos uma produtividade maior e mais viva depois dos 40. E com a arte? O que muda? Como o artista presencial se relaciona com o passar do tempo? O que fazer, como fazer? Como se relacionar com o belo, como enxergar outro belo, como dar valor as histórias escritas na pele, na carne?” Sueli Guerra – Coreógrafa e Bailarina

PROFESSORES . EQUIPE . PARCEIROS

Sueli Guerra – Diretor – Interprete – Criador
Alessandro Brandão – Coreografo – Interprete – Criador
Edney D`Conti – Intérprete-Criador
Olívia Vivone – Intérprete-Criadora 
Rafaela Amado – Intérprete-criadora
Mery Horta – Intérprete-criadora
Andreia Pimentel – Intérprete-criadora
Saulo Eduardo – Intérprete-Criador
Interprete Estagiário: Maria Alina Corsa
Cacau Gondomar – Produtora

SERVIÇOS:

Teatro Cacilda Becker
EndereçoR. do Catete, 338 – Catete, Rio de Janeiro – RJ
Telefone(21) 2265-9933
Temporada: Dias 27 e 28 de outubro
Horários: Quinta e sexta às 20:00
Duração: 55 minutos
Lotação: 140 lugares
Entrada franca
Classificação Livre

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.