Festival A.NOTA recebe três atrações que estão na vanguarda da música brasileira atual

O Festival A.Nota chega a sua quarta edição em 2016 no Oi Futuro em Ipanema. Nesta nova temporada o A.Nota traz uma nova série de shows que promoverão o lançamento de CDs, EPs, vinis, clipes ou projetos especiais de novos artistas do Brasil.

Depois de três anos de programação intensa (só na temporada anterior foram 32 shows), em seu quarto ano consecutivo, o A.Nota segue se consolidando como uma plataforma de lançamentos ao vivo para os artistas e bandas independentes do Rio de Janeiro e de todo o Brasil. Como resultado dessas edições, o Oi Futuro em Ipanema ganhou o último Prêmio SESI/Noite Rio, na categoria Melhor Palco para Novos Lançamentos.

No mês de novembro, sempre às terças, às 21h, o A.nota receberá três atrações que estão na vanguarda do atual cenário da música brasileira, numa sequência de shows com artistas que fazem questão de transgredir e romper padrões comportamentais e sonoros: Não Recomendados, Jonattan Doll e Negro Leo figuram entre alguns dos principais criadores das novas tendências musicais brasileiras.

No dia 01/11, abrindo o mês, o trio Não Recomendados, formado pelos autores-intérpretes Caio Prado, Daniel Chaudon e Diego Moraes, encarna os alter-egos Jãnina, Carlota e Morenita para transformar, questionar e provocar os padrões comportamentais e burocráticos da sociedade. Num espetáculo que é uma extensão das vivências de cada integrante, o trio vem para quebrar tabus e transformar o palco num verdadeiro cabaré do terceiro milênio. Uma experiência musical e visual a serviço do não preconceito.

No dia 15/11 Jonnata Doll & Os Garotos Solventes mostram o rock em estado bruto com o show de lançamento do CD “Crocodilo”, pela primeira vez no Rio. O som é uma verdadeira efusão de rock’n’roll que vai do protopunk às bandas brasileiras, como Legião Urbana, onde Jonnata Doll é um dos convidados especiais da turnê que celebra 30 anos do primeiro álbum. Visto como um discípulo de Iggy Pop, ao lado dos Garotos Solventes Jonnata Doll destila seu veneno em letras que são ecos de literatura beat e de filmes de terror, misturados a uma biografia de excessos.

Negro Leo (foto: Rafael Meliga)
Negro Leo (foto: Rafael Meliga)

E no dia 22/11 a programação do festival A.nota fecha o mês de novembro com Negro Leo e o lançamento do CD “Água Batizada”, também pela primeira vez no Rio. Tido como uma das melhores revelações musicais de sua geração, com 5 discos lançados desde 2012, Negro Leo tem tocado em palcos prestigiados mundo afora, como Cafe Oto (Londres), Counterflows Festival (Glasgow), Festival NRMAL (Cidade do México), Virada Cultural Paulista (São Paulo), Aniversário da Cidade de São Paulo (São Paulo), Festival Novas Frequências (Rio de Janeiro), entre outros.

Na seqüência a programação do festival, que segue até fevereiro de 2017, traz novas bandas e artistas todos lançando ou apresentando algo novo para o público do Rio e seus visitantes.

Esta nova temporada do A.nota foi aberta pela apresentação do cantor e compositor Thiago Pethit, no dia 12/07, seguido pelo show do duo HAICU no 26/07, lançando o álbum homônimo de estreia. André Carvalho, filho de Dadi, foi a terceira atração desta nova temporada, lançando “Distraído”, seu segundo CD de carreira, no dia 09/08. Na sequencia foi a vez de Beatriz Azevedo, poeta, cantora, compositora e atriz que lançou o CD “antroPOPhagia” e o livro Antropofagia – Paimpsesto Selvagem no dia 30/08, e no dia 13/09 o cantor e compositor Mihay fez o lançamento do CD “Gravador e Amor”. No último dia 27/09 a cantora e compositora Iara Rennó apresentou o show do CD “Arco” pela primeira vez para o público carioca. E no dia 04/10 o cantor e compositor Pedro Mann fez o lançamento do CD “Cidade Copacabana”.

O A.Nota dá visibilidade ao mosaico de influências sonoras e estilos musicais que o Brasil já conseguiu formar, graças à livre circulação de informação na internet. Promover o encontro de artistas diversos no Oi Futuro é um dos objetivos do projeto.

O foco nos lançamentos do Rio de Janeiro é um dos compromissos do festival em 2016, mas sempre também incluindo algumas exceções importantes. Entre elas figuram Thiago Pethit, de São Paulo, um convidado de gala que quase não mostrou seu último trabalho por aqui; a também paulistana Iara Rennó, que acaba de lançar seu novo projeto, “Arco e Flecha”; e Johnathan Doll, de Fortaleza, que está cantando na turnê do Legião Urbana e que já conquistou uma boa projeção no cenário nacional!

Jonnata Doll
Jonnata Doll

Com curadoria de Thiago Vedova, responsável pela criação e produção do projeto em todas as edições, e que também assina festivais como o Veraneio, o Paralelos, o Ouve.Ai e o Dia da Rua, entre outros, o A.Nota continuará apresentando artistas e bandas de pequeno e médio porte de todo o Brasil que têm tido boa aceitação e audiência nas mídias digitais, mas ainda não encontraram espaço para apresentações ao vivo na cidade.

“O palco do Oi Futuro abre espaço para uma banda de pequeno ou médio porte – o que constitui a maioria dos artistas – de agendar shows, com som e luz de alto nível, e a preços populares. Isso movimenta a cena musical carioca e ajuda a construir uma grande novidade coletiva, que é a nossa intenção com o A.Nota”, explica Vedova.

“Com o A.Nota o Oi Futuro oferece o palco para quem está mobilizando a audiência na internet”, diz Roberto Guimarães, diretor de Cultura do Oi Futuro. “É preciso aproximar o público dos artistas que estão em seus tablets, smartphones, computadores, e o melhor lugar para fazer isso é o Oi Futuro em Ipanema”, completa.

PROGRAMAÇÃO: 

NOVEMBRO:

01/11 – NÃO RECOMENDADOS

“Não Recomendados” é um espetáculo com a união de três autores-intérpretes: Caio Prado, Daniel Chaudon e Diego Moraes e de um produtor-autor, o Edu Capello. Todos inquietos e com a mesma vontade: transformar, questionar e provocar os padrões comportamentais e burocráticos da sociedade.

A união em virtude da arte transformadora reflete uma realidade nua sem tabus. O espetáculo, como um palco laboratorial, torna-se uma extensão das vivências de cada integrante. Tudo é refletido no palco, provocando o público às lágrimas e também às gargalhadas.

#NãoRecomendados mostra uma nova cena da música brasileira. Com referências inspiradoras como Secos e Molhados e Dzi Croquetes, o show vai além do lugar-comum. Revela grandes intérpretes, músicos e performers, com direito a personagens do alter-ego num clima de cabaré do terceiro milênio. Uma experiência musical e visual a serviço do não preconceito.

 

https://www.youtube.com/channel/UCQztTsfKzaoOgy19SLIBG0g

https://www.facebook.com/naorecomendados/

 

15/11 – JONNATA DOLL & OS SOLVENTES – Lançamento do CD “CROCODILO” 

Jonnata Doll & Os Garotos Solventes mostram rock em estado bruto, o som é uma verdadeira efusão de rock’n’roll que vai do protopunk às bandas brasileiras, como Legião Urbana, onde Jonnata Doll é um dos convidados especiais da turnê, que celebra 30 anos de primeiro álbum. A revista Rolling Stone  Brasil, celebrou a chegada do disco afirmando que “Iggy Pop deixou um discípulo perdido por Fortaleza”. 

 

Ao lado dos atuais garotos solventes , Edson Van Gogh (guitarra), Leo Breedlove (guitarra), Felipe Maia (bateria) e Joaquim dos Santos (baixo), Jonnata Doll canta, dança, cai, arrasta-­‐se no palco, sobe no que vê pela frente, destila seu veneno nos ouvidos do público. Suas letras são ecos de literatura beat e de filmes de terror, misturados a uma biografia de excessos.

https://jonnatadolleosgarotossolventes.bandcamp.com/
https://www.facebook.com/Jonnata-Doll-Os-Garotos-Solventes-115646641829945/
https://www.youtube.com/watch?v=7kPJieMdLBM

22/11 – NEGRO LEO – Lançamento do CD “ÁGUA BATIZADA”

A água batizada expande os sentidos. Diluí docemente princípios psicoativos e ativa belezas coletivas em deriva poética. A água batizada também concentra os blocos sonoros e os condensa em sinceras amizades criativas. Vidas em movimento se entrelaçam nas canções do disco de Negro Léo, músico contemporâneo que entende como poucos de sua geração os desafios postos. Sabe ler os sinais luminosos e conhece os abismos. Sabe que mais importante do que apresentar soluções é colocar os problemas. 

Negro Leo tem 5 discos lançados desde 2012 e tem tocado em palcos prestigiados mundo afora, como Cafe Oto (Londres), Counterflows Festival (Glasgow), Festival NRMAL (Cidade do México), Virada Cultural Paulista (São Paulo), Aniversário da Cidade de São Paulo (São Paulo), Festival Novas Frequências (Rio de Janeiro), entre outros.

Em 2015, sua canção, “Você Não Vai Passar”, interpretada e gravada pela cantora Ava Rocha em seu segundo disco; foi premiada na categoria Novo Hit do Prêmio Multishow de Música Brasileira. Seu último disco, “Niños Heroes”, rendeu resenhas no The New York Times e na Playboy Americana. Recentemente, o selo chinês Geinjing, lançou um split 7” onde parte do repertório de “Niños Heroes” aparece no lado B. Atualmente Negro Leo prepara o lançamento digital e em vinil de seu 6º disco, pelo Rock It!, selo carioca do músico Dado Villa-Lobos, lendário guitarrista da Legião Urbana. O disco, ainda conta com a capa do renomado artista plástico Luiz Zerbini, composições do próprio Negro Leo, além de Ava Rocha, Pedrinhu Junqueira, entre outros, e o brilho de músicos como Domenico Lancelloti, Bruno Di Lullo, Marcelo Callado e Pedro Dantas.

https://negroleo.bandcamp.com/
https://www.youtube.com/user/negroleovideos
https://www.facebook.com/groneleo

 

SERVIÇO:

Festival A.NOTA 2016

Oi Futuro Ipanema
Rua Visconde de Pirajá, 54 – 3º andar – Ipanema
Datas: às 3as-feiras, de julho a fevereiro
Horário: 21h
Ingressos: R$ 30 inteira / R$ 15 meia-entrada
Lotação: 93 pessoas
Classificação: LIVRE
Infos: (21) 3131- 9333

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.