Festival A.NOTA recebe o grupo WHIPALLAS

Em sua quarta edição consecutiva no Oi Futuro, projeto apresenta lançamentos ao vivo de bandas e artistas da música independente, sob curadoria de Thiago Vedova

Whipallas (foto: Rodolfo Puppo)
Whipallas (foto: Rodolfo Puppo)

O Festival A.Nota chega a sua quarta edição em 2016 no Oi Futuro em Ipanema. Nesta nova temporada o A.Nota traz uma nova série de shows que promoverão o lançamento de CDs, EPs, vinis, clipes ou projetos especiais de novos artistas do Brasil.

Depois de três anos de programação intensa (só na temporada anterior foram 32 shows), em seu quarto ano consecutivo, o A.Nota segue se consolidando como uma plataforma de lançamentos ao vivo para os artistas e bandas independentes do Rio de Janeiro e de todo o Brasil. Como resultado dessas edições, o Oi Futuro em Ipanema ganhou o último Prêmio SESI/Noite Rio, na categoria Melhor Palco para Novos Lançamentos.

Booking.com

No mês de dezembro, na terça, dia 13, às 21h, o A.nota receberá o grupo WHIPALLAS, última atração do ano, já na contagem regressiva para 2017, e sua programação de verão, em janeiro e fevereiro.  O quarteto faz o lançamento do primeiro EP inspirados por uma mistura de rock alternativo, clássicos nacionais e internacionais, e hits dançantes do pop mundial.

Foi num passeio pelo Salar de Tara, no Atacama, que Pedro Lenz (guitarra e voz) encontrou o nome: Whipallas. Mas foi dentro do estúdio que ele, Bernardo Massot (teclado e synth), Jayme Monsanto (baixo), André Coelho (bateria), além da participação especial de Marcio Biaso (guitarra), acharam o caminho do seu som.

A Wiphala, que batizou o grupo, é uma bandeira que representa a reciprocidade dos povos andinos com o planeta, o respeito mútuo, a união dos seres, a celebração da vida.

É algo que eles também buscam na música e na própria banda, misturando e respeitando as influências de cada um, que vão do rock alternativo de bandas como Arcade Fire, Radiohead, Strokes, Tame Impala, Black Keys, Alabama Shakes, Arctic Monkeys e Franz Ferdinand, a clássicos de fora e daqui, como Beatles, Jorge Benjor, Bee Gees, Tom Zé e Gilberto Gil, testando a liberdade sonora entre outras influências mais dançantes como Michael Jackson e Daft Punk, e festejando essa sonoridade sempre que possível. É só o começo da caminhada, mas o cosmos é o limite. 

Acesse, escute e conheça!
https://www.facebook.com/whipallas/
https://www.youtube.com/channel/UCDFl8ldDDwRCkoDJf0fAndQ _

Na seqüência a programação do festival, que segue até fevereiro de 2017, traz novas bandas e artistas todos lançando ou apresentando algo novo para o público do Rio e seus visitantes.

Esta nova temporada do A.nota foi aberta pela apresentação do cantor e compositor Thiago Pethit, no dia 12/07, seguido pelo show do duo HAICU no 26/07, lançando o álbum homônimo de estreia. André Carvalho, filho de Dadi, foi a terceira atração desta nova temporada, lançando “Distraído”, seu segundo CD de carreira, no dia 09/08. Na sequencia foi a vez de Beatriz Azevedo, poeta, cantora, compositora e atriz que lançou o CD “antroPOPhagia” e o livro Antropofagia – Paimpsesto Selvagem no dia 30/08, e no dia 13/09 o cantor e compositor Mihay fez o lançamento do CD “Gravador e Amor”. No último dia 27/09 a cantora e compositora Iara Rennó apresentou o show do CD “Arco” pela primeira vez para o público carioca. E no dia 04/10 o cantor e compositor Pedro Mann fez o lançamento do CD “Cidade Copacabana”.

Em novembro o festival apresentou uma sequência de shows com artistas que fazem questão de transgredir e romper padrões comportamentais e sonoros: Não Recomendados, Jonattan Doll e Negro Leo, que figuram entre alguns dos principais criadores das novas tendências musicais brasileiras.

O A.Nota dá visibilidade ao mosaico de influências sonoras e estilos musicais que o Brasil já conseguiu formar, graças à livre circulação de informação na internet. Promover o encontro de artistas diversos no Oi Futuro é um dos objetivos do projeto.

O foco nos lançamentos do Rio de Janeiro é um dos compromissos do festival em 2016, mas sempre também incluindo algumas exceções importantes. Entre elas figuram Thiago Pethit, de São Paulo, um convidado de gala que quase não mostrou seu último trabalho por aqui; a também paulistana Iara Rennó, que acaba de lançar seu novo projeto, “Arco e Flecha”; e Johnathan Doll, de Fortaleza, que está cantando na turnê do Legião Urbana e que já conquistou uma boa projeção no cenário nacional!

Com curadoria de Thiago Vedova, responsável pela criação e produção do projeto em todas as edições, e que também assina festivais como o Veraneio, o Paralelos, o Ouve.Ai e o Dia da Rua, entre outros, o A.Nota continuará apresentando artistas e bandas de pequeno e médio porte de todo o Brasil que têm tido boa aceitação e audiência nas mídias digitais, mas ainda não encontraram espaço para apresentações ao vivo na cidade.

“O palco do Oi Futuro abre espaço para uma banda de pequeno ou médio porte – o que constitui a maioria dos artistas – de agendar shows, com som e luz de alto nível, e a preços populares. Isso movimenta a cena musical carioca e ajuda a construir uma grande novidade coletiva, que é a nossa intenção com o A.Nota”, explica Vedova.

“Com o A.Nota o Oi Futuro oferece o palco para quem está mobilizando a audiência na internet”, diz Roberto Guimarães, diretor de Cultura do Oi Futuro. “É preciso aproximar o público dos artistas que estão em seus tablets, smartphones, computadores, e o melhor lugar para fazer isso é o Oi Futuro em Ipanema”, completa.

PROGRAMAÇÃO: 

DEZEMBRO:

13/12 – WHIPALLAS – Lançamento do EP https://www.facebook.com/events/244325152647557/

Foi num passeio pelo Salar de Tara, no Atacama, que Pedro Lenz (guitarra e voz) encontrou o nome: Whipallas. Mas foi dentro do estúdio que ele, Bernardo Massot (teclado e synth), Jayme Monsanto (baixo), André Coelho (bateria), além da participação especial de Marcio Biaso (guitarra), acharam o caminho do seu som.

A Wiphala, que batizou o grupo, é uma bandeira que representa a reciprocidade dos povos andinos com o planeta, o respeito mútuo, a união dos seres, a celebração da vida.

É algo que eles também buscam na música e na própria banda, misturando e respeitando as influências de cada um, que vão do rock alternativo de bandas como Arcade Fire, Radiohead, Strokes, Tame Impala, Black Keys, Alabama Shakes, Arctic Monkeys e Franz Ferdinand, a clássicos de fora e daqui, como Beatles, Jorge Benjor, Bee Gees, Tom Zé e Gilberto Gil, testando a liberdade sonora entre outras influências mais dançantes como Michael Jackson e Daft Punk, e festejando essa sonoridade sempre que possível. É só o começo da caminhada, mas o cosmos é o limite.

https://www.facebook.com/whipallas/

https://www.youtube.com/channel/UCDFl8ldDDwRCkoDJf0fAndQ

Pedro Lenz – Voz e Guitarra
Bernardo Massot – Teclas e effects
Jayme Monsanto – Baixo
André Coelho – Bateria
+
Márcio Biaso – Guitarra
Rafael Duarte – Téc. de Som
Liu Mesquita – Ass. de Palco

SERVIÇO:

Festival A.NOTA 2016

Oi Futuro Ipanema
Rua Visconde de Pirajá, 54 – 3º andar – Ipanema
Datas: às 3as-feiras, de julho a fevereiro
Horário: 21h
Ingressos: R$ 30 inteira / R$ 15 meia-entrada
Lotação: 93 pessoas
Classificação: LIVRE
Infos: (21) 3131- 9333

Booking.com