Festival Leopoldina Orgânica acontece pela primeira vez na Zona Norte

Com o apoio da Secretaria de Estado de Cultura, o Festival que une cultura local, feira orgânica, atividades infantis e temas ligados ao meio ambiente, agroflorestas, sustentabilidade, gestão de resíduos e revitalização local por meio de jardinagem e hortas coletivas irá ocupar praças, ruas e o Parque Ary Barroso, todos localizados na Zona Norte carioca, neste sábado e domingo (09 e 10 de dezembro). 

O evento homenageia Luiz Poeta, que militou pela preservação e recuperação ambiental da Serra da Misericórdia, maciço rochoso com 43,9 quilômetros e onde se localiza a última área de Mata Atlântica da Zona Norte. O objetivo é promover o “subúrbio sustentável” e evidenciar a efervescência cultural que nasce nas periferias cariocas por meio da dança, música, artes variadas, teatro, gastronomia saudável e natural. A fim de potencializar as ações que ocorrem no território, todas as atividades da programação serão realizadas pelos próprios moradores, sob a curadoria de coletivos que atuam na região e do coletivo Leopoldina Orgânica. 

O Festival O festival é fruto de um movimento que tem suas raízes na década de 1990, a partir das sementes e mudas de Luiz Poeta, fundador do projeto Verdejar Socioambiental. Inspirado nos projetos do grupo surgiu, então, o movimento Leopoldina Orgânica, que mobilizou moradores em torno da Praça Marechal Maurício Cardoso, um dos pontos centrais do bairro de Olaria, subúrbio carioca, e onde passou a acontecer uma feira orgânica todo segundo sábado do mês. O Festival Leopoldina Orgânica irá acontecer, este fim de semana, das 7h às 22h, em praças públicas dos bairros Manguinhos, Bonsucesso, Ramos, Complexo do Alemão, Olaria, Penha, Brás de Pina, Cordovil, Parada de Lucas, Vigário Geral, na Zona da Leopoldina. 

Veja a programação completa na página do Facebook do Festival: https://www.facebook.com/events/1686092508130775/?active_tab=about