3.4 C
New York
março 24, 2019
Música

Festival Itinerante de Música Acordes do Amanhã ganha as ruas em cinco cidades do estado do Rio de Janeiro

Marcel Powell - foto: Roberto Assem
Marcel Powell - foto: Roberto Assem


Durante o evento, cerca de 500 músicos realizarão ao todo mais de 140 apresentações nas cidades de Niterói, Rio, Petrópolis, Teresópolis e São Gonçalo. Marcel Powell, filho do grande violonista Baden Powell, sobe ao palco do Festival Acordes do Amanhã em São Gonçalo nesta quarta, 19

Com o intuito de conectar pessoas a expressões artísticas em áreas públicas e de fácil acesso a toda a população, o Festival Itinerante de Música Acordes do Amanhã terá um circuito inédito com cerca de 500 músicos se apresentando em espaços públicos no estado do Rio, entre os dias 13 e 19/12. Niterói foi o ponto de partida do roteiro, com participação da cantora Fernanda Abreu em uma apresentação da Orquestra Sinfônica Aprendiz, ao lado do compositor Silvério Pontes, e show do cantor e compositor João Bosco, que fechou a noite com músicas do álbum “Mano que Zuera” na Praia de Icaraí, no dia 13. Já no Rio, a cantora Teresa Cristina subiu ao palco na Cinelândia, no dia 14, seguida pelo cantor e compositor João Bosco, que fez o primeiro show comemorativo de graça, na capital carioca, pelos 40 anos de carreira, no dia 14, apresentando ao público uma revisão de toda a sua obra. Em São Gonçalo, o músico Marcel Powell, filho do grande violonista Baden Powell, sobe ao palco do Festival Itinerante de Música Acordes do Amanhã nesta quarta, 19. Ao todo, serão mais de 20 intervenções que passarão pela Praça Dr. Luiz Palmier (Centro), Boaçu (Esquina da Rua Carlos Gianelli com Av. Presidente Kennedy), Terminal Rodoviário de Alcântara, Zé Garoto (Rua Cel. Moreira César, 21 – Zé Garoto), Pronto Socorro (Pc Estefania de Carvalho, Zé Garoto) e Prefeitura de São Gonçalo.

Nesta edição, o tema escolhido para o Acordes do Amanhã foi “Somos Música”, simbolizando a motivação de aproximar o público da arte e de estimular novas criações artísticas e a ocupação do espaço público. E para convidar a plateia a ter uma participação ativa durante o festival, cada um dos palcos tem sua estrutura dividida em dois lados: um para apresentação dos artistas e grupos musicais, e outro que será aberto ao público. Nesse espaço, quem quiser poderá subir ao palco para cantar no karaokê ou se apresentar com uma banda, usando os instrumentos que estarão disponíveis para serem tocados durante as apresentações.

“É fundamental que possamos contar com o patrocínio de empresas e com o apoio de prefeituras e secretarias de cultura para que seja possível oferecer à população eventos de cultura e lazer, estimulando a produção cultural e a formação de plateia no Brasil”, aponta Paulo Feitosa, organizador do evento.

Além de propiciar a aproximação de músicos com o público, o festival também dará  oportunidades a crianças e jovens que integram a Plataforma Sinfonia do Amanhã, projeto criado há três anos pelos produtores culturais Paulo Feitosa e Mardônio Barros, organizadores do Acordes do Amanhã. Inserida em 26 escolas públicas nos estados de Goiás, Ceará, Bahia e Rio Grande do Sul com o objetivo de integrar experiências musicais em escolas e comunidades, a iniciativa já contempla 10 mil estudantes por todo o país, e durante o evento inaugura a participação de alunos também do Rio de Janeiro no projeto.

Depois de passar pelo estado do Rio de Janeiro, o Acordes do Amanhã pega a estrada para proporcionar mais encontros musicais com a população em espaços públicos da Bahia, de Goiás e do Rio Grande do Sul. O festival estreou em novembro deste ano no Ceará, passando por Fortaleza e mais sete cidades do estado. Somente na região, foram cerca de 120 apresentações musicais em 36 locais, envolvendo mais de 80 grupos musicais, somando quase 690 artistas amadores e profissionais, crianças, jovens e adultos, com sons dos mais diversos gêneros musicais, propondo à população uma reflexão sobre como os ritmos e melodias estão presentes em vários momentos do cotidiano. 

Organizado pelos produtores culturais Paulo Feitosa e Mardônio Barros, o Festival Acordes do Amanhã é patrocinado pela Enel Distribuição Rio, pela Plataforma Sinfonia do Amanhã e pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Lei Estadual de Incentivo à Cultura; numa realização do Instituto BR Arte, da Alecrim Produções e da Quitanda das Artes; correalização da Prefeitura Municipal de Niterói através da Fundação de Artes de Niterói e da Prefeitura Municipal por meio da Secretaria Municipal de Cultura. O evento tem parceria com a Prefeitura Municipal de Teresópolis, Prefeitura de Petrópolis e Prefeitura de São Gonçalo; contando ainda com a produção executiva da Cinco Elementos Produções e consultoria executiva da Marco Zero Produções.

PROGRAMAÇÃO

http://www.festivalacordesdoamanha.com.br/

 SÃO GONÇALO 19.12 

Praça Dr. Luiz Palmier (Centro)
10h – Café Brasil11h – Locomotiva de Onça
13h – 2NuNaip
15h – Sorrindo e Batucando
17h – Marcel Powell

Boaçu (Esquina da Rua Carlos Gianelli com Av. Presidente Kennedy)
10h – Danilo Mirarini
11h – Duo Victor Vargas e Robson Figueiredo
13h – Cidel Trindade
15h – João Raphael Vianna
17h – Victor Hugo Rosa 

Terminal Rodoviário de Alcântara
11h – Magno da Gaita
15h – Elizeu Jr.
17h – João Raphael Vianna 

Zé Garoto (Rua Cel. Moreira César, 21 – Zé Garoto)
11h – Danilo Mirarini
15h – Maurício Paraxaxar Duo
17h – Rafael Nascimento 

Pronto Socorro (Pc Estefania de Carvalho, Zé Garoto)
10h – Maurício Paraxaxar Duo
15h – Victor Hugo Rosa + Magno da Gaita 

Prefeitura de São Gonçalo
Endereço: Rua Felíciano Sodré, 100 – Centro

13h – Duo Victor Vargas e Robson Figueiredo
16h – Rafael Nascimento            

 

Posts relacionados

Joanna, com show “De Volta ao Começo” no dia 27 de novembro no Teatro Riachuelo Rio

Redação

Sylvinho Blau Blau apresentará Baile do Blau Blau no Teatro João Caetano

Redação

Pedro Mann e Thaís Gulin fazem show inédito e gratuito no LabSonica

Redação

Quarteto Mondoro Timbiraçu no Tendal da Lapa

Redação

Ivo Meirelles com Funk’n Lata e Molejo lançam releitura de ‘Samba Rock do Molejão’ e festejam parceria antiga

Redação

1º Encontro Nacional de Mulheres na Roda de Samba – Renascença Clube

Redação

Deixe um comentário