Festival de Contação de Histórias e Cortejo Natalino celebram o mês de Dezembro no CCBB

O Programa CCBB Educativo está com atrações especiais gratuitas neste último mês de 2017: começa com um Festival de Contação de Histórias, nos dias 9 e 10; passa por um Cortejo Natalino em dias alternado até 17 de dezembro e, também no domingo, haverá uma Oficina de Criação de Estandartes do Universo da Folia de Reis. Ao mesmo tempo, o visitante do Centro Cultural também poderá conferir o Espaço Sensorial – Corpo Permitido e o Música Encena – O corpo é a casa, que dialogam com a exposição Erwin Wurm e com o Patrimônio do CCBB. Ainda, uma Jukebox interativa leva os frequentadores a refletirem sobre a arte como item de consumo.

No dia 13 de dezembro, em comemoração ao Dia Nacional do Cego, os horários de visita para o público deficiente visual e/ou com baixa visão serão ampliados nas exposições: Reconhecendo o CCBB – Museu Banco do Brasil e Galeria de Valores e Erwin Wurm – O corpo é a casa – às 11h, 17h e 18h30, com grupos de até 20 pessoas.

Festival de Contação de Histórias
Para começarmos a nos preparar para o Natal deste ano, nos dias 09 e 10 de dezembro o Programa Educativo promove um festival de contações com o tema natalino sob uma perspectiva inovadora.

Dias – 9 e 10 de Dezembro, às 13h e 15h
Local: Estacionamento
Senhas distribuídas 30 min antes no Programa Educativo, 1º andar.
Vagas limitadas.

Cortejo Natalino
Em comemoração ao Natal, o Cortejo Musical do Programa Educativo a partir de um repertório eclético e clássico, celebra a cultura e diversas tradições locais natalinas. Com educadores músicos, a ação propõe um cortejo brincante em que o público é convidado a cantar e dançar.

Dias – 10 de Dezembro às 12h; 11, 13, 14 e 15 de Dezembro, às 17h; 17 de Dezembro às 15h
Local: Térreo

Oficina – Criação  de Estandartes do Universo da Folia de Reis
Dia – Domingo, 17 de Dezembro
Horário: 16h às 18h
Local: Estacionamento

Espaço Sensorial – Corpo Permitido
Você julga uma pessoa pela aparência? Você é o que você come? Como você se valoriza?

Na exposição O corpo é a casa, qualidades que são atribuídas às pessoas são transferidas para os objetos: o corpo se adapta à roupa; a casa é pesada; o carro engorda.

As peças que compõem nosso guarda-roupa transformam seu corpo e propõem experiências muito inusitadas. Uma roupa com chumbo te deixa pesado e lento; a de velcro restringe seus movimentos e te deixa limitado; a de três mangas, confuso e a roupa inflável é capaz de te deixar muito mais volumoso.

Dias – Segundas, quintas, sábados e domingos: 09h às 19h; Quartas e sextas: de 09h às 12h e de 16h às 19h.

Classificação indicativa: Livre.
Local: Térreo 

Música Encena – O corpo é a casa
Misturando música e teatro, a ação educativa mostra o conteúdo da exposição de uma forma diferente do que se experiencia em galeria. Desta vez, a encenação contextualiza as obras de Erwin Wurm, pensando a relação com o corpo e o consumo.

Segundas e quintas, às 14h
Local: Sala 26 – 4° andar
Classificação indicativa: Livre

Jukebox
Apresentação musical para os visitantes do CCBB que interage com o ambiente ao mesmo tempo em que reflete sobre a durabilidade da música e o conceito de início, meio e fim em uma obra musical. A atividade lança luz sobre a questão da música (e da arte em geral) como produto a ser consumido, uma vez que o visitante precisa apertar o botão e precisa desejar a música para que ela seja executada.

Dias – Segundas e quintas, às 13h; Quartas e sextas, às 13h e 16h
Local: Térreo
Classificação indicativa: Livre 

Programação Geral:
Consulte o site oficial do Programa CCBB Educativo para mais informações sobre Visitas Mediadas (grupos agendados, não agendados, em LIBRAS); Visita agendada com grupos de acessibilidade (pessoas com autismo, Síndrome de Down, deficiência intelectual, pessoas com deficiência visual e baixa visão, e pessoas com baixa mobilidade); Visita Agendada Pequenas Mãos; Visita Mediada Espontânea Pequenas Mãos (para crianças de 3 a 6 anos) e Pequeníssimas Mãos (para bebês que não andam e que já andam); Visitas Teatralizadas; Livro Vivo; Contação de Histórias; Laboratório Aberto; Musicando (atividade que visa proporcionar aos visitantes uma experiência não só de prática, como de criação musical. Com reflexões em torno de quem é o artista dentro de um processo artístico: serão os visitantes-músicos? O visitante-regente? Ou ainda, os educadores que elaboraram as instruções iniciais?) e Práticas e Reflexões – Encontro com professores.

http://culturabancodobrasil.com.br/portal/ccbb-educativo-novembro-8/

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.