Festa Literária de Santa Teresa homenageia Conceição Evaristo e Graça Lima

flist feira literária

A Festa Literária de Santa Teresa – FLIST que, anualmente, leva 20 mil pessoas à Santa Teresa, em especial, ao Parque das Ruínas, acontece nos dias 20 e 21 de maio e vai homenagear as autoras Conceição Evaristo e Graça Lima. O evento terá também três tributos: 100 anos da compositora chilena Violeta Parra, 55 anos de Cássia Eller e 90 anos de Tom Jobim. Outra novidade da edição desse ano é o roteiro gastronômico e cultural, com as participações de 13 restaurantes do bairro que sediarão leituras de poemas, apresentações musicais e debates. A FLIST é organizada pelo Centro Educacional Anísio Teixeira – CEAT. O evento que terá apresentações musicais, exposições, contação de histórias e bate-papos será encerrado com um show da cantora Elisa Addor no domingo, 21 de maio, às 17h.

A FLIST, em sua nona edição, dará visibilidade ao protagonismo feminino.  Estarão em debate, e nos debates, as mulheres que vivem das letras, das palavras, da literatura, dos bordados, as que buscam autoconhecimento, bem-estar e qualidade de vida, as que fazem trabalhos corporativos, as que vivem da cozinha e as indígenas.  Entre os destaques estão:

Conceição Evaristo (autora)
Mestre em Literatura Brasileira pela PUC-Rio e doutora em Literatura Comparada pela UFF, Conceição Evaristo nasceu em Belo Horizonte, trabalhou como empregada doméstica até concluir seus estudos, em 1971, aos 25 anos. Aprovada em um concurso público para o magistério, Conceição estudou Letras, na UFRJ.  Entre suas seis obras publicadas estão os romances Ponciá Vicêncio e Becos da Memória. É professora visitante da UFMG.

Graça Lima (autora e ilustradora)
A carioca Graça Lima  é formada em Comunicação Visual pela Escola de Belas-Artes da UFRJ e é mestre em Design pela PUC-RJ. Graça trabalha com  design gráfico desde 1985 e ilustrou mais de 50 livros, no Brasil e no exterior. Graça ganhou vários prêmios como os da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ), Luis Jardim, Malba Tahan e O Melhor para o Jovem. A carioca teve dois trabalhos selecionados para o catálogo das melhores capas de livro dos últimos 30 anos no Brasil.

Marie Anges Bordas (produtora cultural)
Ela se apresenta como metade brasileira e metade francesa e, desde 2000, desenvolve projetos colaborativos de arte e jornalismo com jovens e crianças. Os projetos levaram Marie a viver em lugares como África do Sul, Quênia, Etiópia e Sri Lanka. E suas exposições já foram vistas nos cinco continentes. Além disso, Maria Ange (s)trabalhou com fotografia em Nova York e com projetos colaborativos na França e na Inglaterra

Ivana Samagaia (coach)
Administradora, praticante de meditação, coach e professora há 21 anos na Organização Brahma Kumaris, Ivana atuou na África, nos Estados Unidos e em diversos Estados brasileiros. Atualmente, Ivana coordena a Brahma Kumaris na Urca, no Rio de Janeiro. A Brahma Kumaris é um movimento espiritual mundial dedicado à transformação pessoal e à renovação do mundo. Fundada na Índia em 1937, difundiu-se para mais de 110 países em todos os continentes, tendo um amplo impacto em muitos setores, como uma ONG internacional.

Eliane Potiguara (autora)
Escritora indicada, em 2005, ao Projeto Internacional Mil mulheres ao Prêmio Nobel da Paz. É escritora, poeta, professora, formada em Letras e Educação, é fundadora do GRUMIN / Grupo Mulher-Educação Indígena. Membro do Inbrapi, Nearin, Comitê Intertribal, Ashoka (empreendedores sociais), Associação pela Paz, Cônsul de Poetas Del Mundo. Trabalhou pela Declaração Universal dos Direitos Indígenas na ONU em Genebra. Eliane ganhou o Prêmio do PEN CLUB da Inglaterra e do Fundo Livre de Expressão, dos EUA.

Circuito gastronômico
Além da programação cultural, os restaurantes parceiros da FLIST criaram iguarias especiais para o evento. Cada sugestão deverá homenagear um dos três artistas que receberão tributos. Espírito Santa, Café do Alto, Sobrenatural, Maloca Carioca, Bistrô Boutique, Alda Maria Doces Portugueses, Cereal, Aprazível, Triba’s Pizzaria, Adega do Pimenta, Nega Tereza Bar e Portella Bar participam do roteiro.

Apresentações musicais
Entre as apresentações musicais e teatrais estão homenagens à Conceição Evaristo, sobre mulher, negritude e cultura popular; à Violeta Parra e Rita Lee, com alunos do CEAT sob a regência de Glória Calvente; o Segundo Sol: uma homenagem à Cássia Eller, no alvorecer de uma nova era e Game of Tons, conjunto de esquetes com músicas de Tom Jobim, com direção de Rubens Lima Junior. A FLIST terá, ainda, a apresentação dos rappers Ivo Costa, João Cintra e Leonardo Jucá no dia 21 de maio, às 16h.

Exposições
A FLIST terá quatro exposições: No mundo da Mitologia Iorubá; Livros para Vestir; Quantas Origens cabem dentro de mim? E uma exposição em homenagem à Cássia Eller, Tom Jobim e Violeta Parra.

Outros espaços
O Museu Chácara do Céu vai sediar uma conversa com a artista plástica Noni Ostrower sobre o acervo do instituto que leva o nome da sua mãe, Fayga Ostrower. No Estúdio Denise Tenório, acontece, duas vezes por dia, a performance multimídia Leitura compartilhada Em cena ando com João Cabral de Melo Neto.

Outras atrações
Entre as atrações estão também: Troca-troca de livros, da Secretaria Municipal de Cultura; Geladeira Literária do CEAT; Banca de livros: empréstimo de livros para moradores de Santa Teresa e Bré-Art – Brechó social de moda sustentável. As livrarias Paulinas, Blooks e a editora Malê estarão presentes ao evento com seus lançamentos.