Exposição Praça da Língua é inaugurada com mesa literária

As atividades da 15ª Festa Literária Internacional de Paraty do dia 28 de julho será iniciada com a mesa literária “Que o mar unisse, já não separasse”. A mesa inaugura a exposição Praça da Língua, que tem o apoio da EDP Brasil, empresa portuguesa de energia que é uma das patrocinadoras da FLIP e da mostra.

A exposição, que fica em cartaz até 27 de agosto de 2017, traz para Paraty detalhes do Museu da Língua Portuguesa, que está em reconstrução em São Paulo. Já a mesa abordará uma perspectiva histórica sobre a nossa língua, além de uma reflexão sobre o seu futuro e o seu lugar no mundo.

“Que o mar unisse, já não separasse” será mediada por Leonardo Tonus, coordenador dos Estudos Lusófonos da Sorbonne, e terá a participação de Alison Entrekin, Ana Elisa Ribeiro, Luciana Araujo Marques e José Pinho. Estarão presentes também a secretária da Cultura de Paraty, Cristina Maseda; o secretário geral da Fundação Roberto Marinho, Hugo Barreto; e o presidente da EDP Brasil, Miguel Setas.

A mesa e a exposição, assim como as outras atividades da Flip, são iniciativas do Governo do Estado, em parceria com a Secretaria de Estado e Cultura, da Fundação Roberto Marinho e do Grupo Globo.

Serviço:

O quê: Mesa literária “Que o mar unisse, já não separasse”

Data: 28 de julho de 2017 (sexta-feira)

Horário: 11 às 13 horas

Local: Casa da Cultura de Paraty – Salão Nobre

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.