Exposição na Biblioteca Nacional homenageia Ulysses Guimarães

DivulgaçãoA Fundação Biblioteca Nacional abre, na próxima terça-feira, 6 de dezembro, a exposição “Doutor Ulysses, Senhor Brasil”, em homenagem aos seus 100 anos de nascimento de um dos políticos mais importantes e carismáticos do Brasil. Para a Biblioteca Nacional, é mais uma oportunidade de mostrar ao público a maravilha de seu acervo. As peças expostas contam a história de um largo período da vida política do Brasil em fotos, charges, artigos de jornais e revistas e vídeos, todos do acervo da Biblioteca Nacional – os vídeos foram cedidos pela TV Câmara. A exposição tem a curadoria da equipe de pesquisadores da Biblioteca Nacional, sob a coordenação de Bruno Brasil, e a produção de Suzane Queiroz.

A exposição mostra a trajetória do saudoso “Senhor Constituição” em cinco módulos e ocupará dois andares. O hall central, no térreo, abrigará, através de imagens debruçadas sobre os alambrados, as multidões que foram às ruas lutar pelas Diretas Já.

Booking.com

DivulgaçãoO primeiro módulo trata dos primeiros mandatos de Ulysses como deputado, ascendendo à presidência da Câmara em 1956, apenas seis anos após sua primeira eleição, e culmina na sua atuação pós  1964. Logo em seguida, no segundo módulo, aparece o “Senhor Diretas”: a sua luta  pelas eleições diretas para a Presidência da República e a articulação política tanto para a eleição de Tancredo Neves e os esforços empreendidos para a sustentação do governo de José Sarney.

O terceiro módulo, de maior destaque, narra o Ulysses Guimarães constituinte: presidindo a assembleia que resultou na Constituição Cidadã de 1988, o deputado deu mostras de um rigor democrático ímpar na condução dos trabalhos – aliando interesses e anseios os mais díspares. Tudo num momento em que atendia pelo apelido de “tetra presidente”, cultivado quando Ulysses assumia ao mesmo tempo as presidências do PMDB, da Câmara e da Assembleia Nacional Constituinte, além da vice-presidência da República.

O módulo quatro da exposição relembra a dura campanha do deputado para presidente, em 1989, refletindo que, embora Ulysses tivesse passado por um momento difícil, “renasceu” em seguida: no quinto e último módulo, o “Senhor Constituição” converte-se em “Senhor Impeachment”, granjeando apoio de diversos setores em torno da causa parlamentarista, esforço que, visando frear os excessos presidenciais, conseguiu tanto derrubar o governo Collor quanto marcar um plebiscito sobre a forma de governo do Brasil em 1993.

Serviço

Doutor Ulysses, Senhor Brasil
Abertura: 6 de dezembro
Exposição: 7 de dezembro a 6 de fevereiro
Horário: 2ª a 6ª das 10h às 17h
Sábados das 10.30h às 14.30h
Fundação Biblioteca Nacional
Av. Rio Branco, 219

Booking.com