Escuda – Exposições Sobre um Corpo Usuário de Dança

“Este projeto de dança antes de tudo é um ato sociopolítico e apesar de parecer óbvio, relato ainda assim, pois tenho medo de esquecer disso. Produzir arte aqui é um ato de resistência. Dançar é querer meu corpo nisso. E junto disso, é também uma pesquisa sobre o indivíduo, suas posturas e relações. Formas se constroem, se montam, aparecem. Formas que necessitam do outro, formas sociais que se moldam por espaços, pessoas, objetos e intenções. Para cada forma, um modo de se posicionar e vice-versa. Entretanto, o mais importante nesse relato corporal não é sua narrativa, mas, antes, como ela é contada, suas cores, seus gritos e resmungos, suas caminhadas, seus espaços e, claro, seu movimento. O movimento é o sentido mais lógico dessa trama.”

O trabalho
O trabalho trata-se de um solo de dança contemporânea desenvolvido durante o percurso na graduação em Dança na Universidade Federal do Rio de Janeiro. Existem duas versões do trabalho, “Escuda” e “Escuda – Exposições Sobre um Corpo Usuário de Dança”, a primeira versão foi criado em meados de 2015 e com uma boa recepção do público chegou a participar do vigésimo festival internacional de solos de dança de Stuttgart na Alemanha (20th Internationales Solo-Tanz-Theater Festival Stuttgart). A segunda versão segue como uma expansão e desdobramentos, não se trata de um trabalho inteiramente novo, mas amplo.

A ideia de querer compartilhar dessa obra com os outros surge da intenção de propor diálogos em meios artísticos que incitem reflexões, intuições e devaneios sobre o corpo e o indivíduo, e logo sobre a sociedade que estamos e construímos no viver. Sobre os lugares, decisões, posições, atitudes e políticas. Afirmar as relações entre as pessoas como força de criação e conhecimento.

Histórico de apresentações
2016 – 20th Internationalez Solo-Tanz-Theater Festival Stuttgart (Alemanha); Teatro Municipal Ziembinski (Rio de Janeiro).
2015 – Teatro Cacilda Becker (Rio de Janeiro).
Ficha Técnica Resumida
Título: Escuda – Exposições Sobre um Corpo no Uso da Dança
Duração: 40 minutos
Direção e interpretação: David Abreu
Assistente de direção: Aline Teixeira
Iluminação: David Abreu e Luciana Liege