Empresário de youtubers famosos é campeão da etapa etapa Rio do Global Student Entrepreneur Awards

Mário Augusto, empreendedor de sucesso com apenas 20 anos, está confiante que o seu modelo de startup estará na final mundial

Mário Augusto Pitanga de Sá Filho, fundador da FanStar – produtora que administra e gerencia a carreira de grandes youtubers e influenciadores digitais –, é o vencedor da etapa Rio do Global Student Entrepreneur Awards (GSEA). A competição é considerada a principal atração da Entrepreneur’s Organization , organização que possui mais de dez mil afiliados distribuídos em 52 países. O concurso visa premiar estudantes de nível superior, que sejam empreendedores.

Ao todo, concorrem 20 finalistas na etapa nacional, que acontece no dia 5/2, e o grande vencedor brasileiro garante a participação na final mundial em Toronto, no Canadá, que será em abril deste ano. O evento vai reunir os campeões de diversos países, premiando os três melhores modelos de startups com US$ 20 mil para o primeiro lugar; US$ 10 mil para o segundo; e US$ 5 mil para o terceiro.

Mário Augusto tem apenas 20 anos e empreendeu se associando a dois amigos youtubers, Eagle Trindade e Gabriel Neox – criadores do Neagle, famoso vlog do Youtube. A Fanstar procura novas oportunidades de negócios para os influenciadores em mídias como eventos, livros, shows, produtos próprios de merchandising, e-commerce, encontro de inscritos, vídeo clipes e músicas, sem contar nos patrocínios, que podem gerar uma maior receita, contribuindo para a produção dos seus vídeos e publicações, utilizando de um grande network no mercado.

“Procuramos identificar essas necessidades não atendidas, profissionalizando a atividade dos youtubers, além do seu próprio canal. No caso dos Neagle, por exemplo, surgiu a ideia de criar produtos identificados com cada um, de lançar um livro contando a experiência deles, de produzir um espetáculo de teatro que permite ao público ficar presencialmente junto, dentre vários outros projetos que colocaremos em prática”, explicou Mário.

A FanStar quer mostrar que youtuber e influencer digital são profissões sim. 

“Com o passar dos anos os influenciadores digitais foram adquirindo mais e mais valor perante o público e, principalmente, perante as marcas e produtos, que passaram a investir na plataforma como forma de branding e relacionamento com clientes. A procura é recíproca: as marcas reparam na notoriedade destes jovens junto do seu público”, finaliza o estudante.

Nascidos na Geração Z, nativos digitais, muito familiarizados com a internet, têm como principais características a compreensão da tecnologia; capacidade de exercer multitarefas; abertura social; velocidade e impaciência; interatividade; e resiliência.

É por tudo isso que a FanStar aposta nos youtubers e no Youtube como principal plataforma de mídia, porém ligada em influenciadores de todas as plataformas que existem e que possam vir a surgir.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.