Eles Não Usam Black Tie – Da Obra de Gianfrancesco Guarnieri

Com Canções de Caetano Veloso e Gilberto Gil

A histórica montagem original de “Eles Não Usam Black Tie” completa 60 anos em 2018. Inserida no movimento operário da década de 50 no Brasil, questões ideológicas entre pai e filho, revelavam as difíceis condições de vida dos trabalhadores brasileiros, descrevendo uma perspectiva realista das favelas dos grandes centros urbanos.

A adaptação idealizada por Isabella Villalba, tem direção geral de Julio Angelo. A direção musical fica por conta de André Muato, e a preparação vocal é de Maíra Garrido. A direção de movimento por sua vez, fica a cargo de Jefferson Almeida. A encenação conta com o suporte e interação direta de dois músicos.

O elenco é formado por nove atores cantores. 

Sobre Eles Não Usam Black Tie – Da obra de Gianfrancesco Guarnieri com canções de Caetano Veloso e Gilberto Gil 

A adaptação ambienta a trama em uma favela brasileira em um contexto atemporal e musicado, onde as canções reforçam a voz da comunidade.

As personagens do morro compõem uma grande família, ligada por laços sanguíneos e afetivos. Toda essa estrutura é abalada quando ações individuais põem em xeque um movimento em comum.

A proposta da montagem é levar o espetáculo a todos os públicos. Com ingressos a preços populares e grande rotatividade, queremos contar essa história por diversos palcos. Tornando o teatro acessível para qualquer um.

O desejo é levar aos palcos o cenário da favela e seus personagens. Em uma contraposição a grandes musicais, com altos custos de produção, “Eles Não Usam Black Tie – Da obra de Gianfrancesco Guarnieri com canções de Caetano Veloso e Gilberto Gil”, tem a finalidade de mostrar e brincar com a potente simplicidade contida no texto original.

Para ressaltar o discurso político e social de “Eles Não Usam Black Tie”, a adaptação possui canções emblemáticas de Caetano Veloso e Gilberto Gil, mestres da música popular brasileira.

A intenção do projeto não é ser panfletário. O que discorre são relações de amor, solidariedade e esperança.

Ficha técnica
Direção Geral // Julio Angelo
Adaptação e Assistência de Direção // Isabella Villalba
Direção de Movimento // Jefferson Almeida 
Direção Musical // André Muato
Preparação Vocal // Maíra Garrido
Ass. de Direção de Movimento e Figurinos // Taísa Magalhães 
Designer de Luz // Maurício Fuzyiama
Designer de Som // Andrea Zeni 
Cenografia // André Sanches

Elenco: (em ordem alfabética)
Antonia Medeiros 
Clara Equi
Isabella Villalba
Jai Gonçalves
Jefferson Almeida 
Natália Seibltiz
Pedro Mondaine
Renato Ribone
Yves Baeta 

Músicos
Violão: Paulo Ney
Percussão: Marina Chuva

Serviço (apresentações Teatro Cesgranrio)
Temporada: 05 a 27 de abril (quintas e sextas)
Horário: 20h
Classificação Etária: 12 anos
Local: Teatro Cesgranrio – Rua Santa Alexandrina, 1011 – Rio Comprido, Rio de Janeiro 
Ingressos: R$ 30,00 (inteira)/ R$15,00 (meia)
Compra online via Ingresso Rápido

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.