19 C
New York
junho 16, 2019
Música

Duo Laura Lagub e Pitter Rocha em Das Verdadades à Desconfiança – Derramando canções no coração do Brasil

Nelson Ângelo como convidado especial

O Duo Laura Lagub e Pitter Rocha estreia na sexta-feira 10 de maio, às 20h, o projeto “Das verdades à desconfiança – derramando canções no coração do Brasil”, no Centro da Música Carioca Artur da Távola, na Tijuca. Apresentando releituras da MPB e músicas autorais em formação crua de guitarra e voz, também recebem o violonista, compositor e cantor mineiro Nelson Ângelo como convidado especial. “Fazenda”, composta por Nelson e faixa que abre o CD “Geraes” (1976) de Milton Nascimento, e outras canções popularizadas nos álbuns “Clube da esquina” (1972 e 1976) são apresentadas pelos três em arranjos originais.

Em queda-livre para os graves ou sublimando aos agudos, as cordas vocais e da guitarra dilaceram a humanidade de cada canção, mostrando um panorama emotivo e psicológico do brasileiro que, acredita o Duo, os grandes compositores da música popular brasileira conseguiram expressar. Tom Zé, Itamar Assumpção, João Bosco, Jards Macalé, Jorge Ben Jor, Zé Ramalho, Erasmo Carlos, Rita Lee e Gonzaguinha são alguns dos compositores no repertório. Versos de “Delírio”, da banda Secos e Molhados, que tinha Ney Matogrosso como vocalista na década de 70, dão nome ao show.

“Que país é esse? O que está acontecendo? O que aconteceu? Encontramos na música popular nosso refúgio e nossa unidade, nosso ponto de encontro. Mas, mais do que isso, encontramos canções maravilhosas, artistas de muita grandeza e é isso o que nos anima a seguir em frente. É isso o que desejamos levar ao público, acreditando que a arte agrega, alimenta e fortalece o dia a dia” – Laura Lagub.

Voz e guitarra querem entender com Tom Zé – “Eu tô te explicando pra te confundir, eu tô te confundindo pra te esclarecer” (“Tô”); arrepiam com Zé Ramalho – “E as borboletas estão invadindo os apartamentos, cinemas e bares, esgotos e rios e lagos e mares em um rodopio de arrepiar” (“A Dança das Borboletas”); erotizam, numa pérola rara de Gozaguinha –  “Avassaladora, senta no seu colo, lambe o pescoço, morde a orelha, enfia a língua” (“Avassaladora”); refletem sobre os deuses e astronautas de Jorge Ben Jor – “tem uns dias que eu acordo pensando e querendo saber de onde vem o nosso impulso de sondar o espaço” (“Errare Humanum Est”); pulam de cabeça em Itamar Assumpção – “eu dei o pulo que dei e nem podia dar” (“Se Eu Fiz Tudo”), e mostram as caras em canções autorais que revelam dois artistas em pleno ânimo musical. Afinal, “nada para nada fica já vai voltar, tudo move tudo fica ali n’algum lugar” (“Tudo Se Agita”, Pitter Rocha e Laura Lagub).

O convidado
Nelson Angelo é violonista, guitarrista, compositor e cantor brasileiro, nascido em Belo Horizonte. No fim da década de 60, iniciou relacionamento e parceria musical com o cantor e compositor Milton Nascimento, participando com o seu violão do movimento identificado como Clube da Esquina (consagrado álbum de 1972). Em 1971, fundou com Joyce, Naná Vasconcelos, Novelli e Toninho Horta o grupo “A Tribo”, com o qual lançou em compacto pela Odeon as canções “Kyrie”, “Tapinha”, “Peba & Pobó” e “The man from the avenue” e ainda no mesmo ano gravou com Joyce o LP “Nelson Angelo & Joyce”. Nos anos 80, fez parte do grupo “A Turma do Funil”, ao lado de Francis Hime, Miúcha, Danilo Caymmi, Novelli, Cristina Buarque, Olívia Hime e Lula. Em mais de quarenta anos de carreira, conviveu com os mais diversos gêneros musicais brasileiros, tendo participado do “Clube do Samba”, idealizado por João Nogueira e atuado ao lado de mestres da bateria no Brasil como Wilson das Neves, Edison Machado, Dom um Romão, Robertinho Silva e Ricardo Costa. Compôs músicas em parceria com Milton Nascimento, Novelli, Ronaldo Bastos, Fernando Brant, Márcio Borges, Ana Terra, Murilo Antunes, Dalmo Castelo e Cacaso, sendo este o principal parceiro.

Teve canções gravadas em álbuns de Milton e de mais artistas, e em shows e gravações acompanhou nomes como Elis Regina, Luiz Gonzaga, Lô Borges, Antonio Carlos e Jocafi, Dori Caymmi, Luiz Bonfá, Marcos Valle, Quarteto em Cy, Edu Lobo, Nana Caymmi, João do Vale, Clementina de Jesus, Egberto Gismonti, Alaíde Costa, Gonzaguinha, Beto Guedes, Francis Hime, Chico Buarque, Simone, Sérgio Mendes, Pierre Akendengue, Sarah Vaughan, Bernard Lavilliers, Cristina Buarque, Rosinha de Valença, Tom Jobim, Miúcha, Danilo Caymmi e Ithamara Koorax.

SERVIÇO:
Show “Das verdades à desconfiança – derramando canções no coração do Brasil”, do Duo Laura Lagub e Pitter Rocha. Participação especial de Nelson Ângelo.
Data: sexta-feira, 10 de maio de 2019
Horário: 20h
Local: Centro da Música Carioca Artur da Távola – Sala Paulo Moura
Projeto Encontros, da programação do Centro da Música Carioca Artur da Távola
Ingressos: R$30 (inteira) e R$15 (meia-entrada para idosos, estudantes, professores da Rede Municipal,
moradores do Rio de Janeiro com comprovante de residência ou carioca com documento de identificação)
Lotação: 159 lugares

Mais sobre o Duo
Laura e Pitter conheceram-se ouvindo um ao outro em 2012, durante uma mostra de alunos da UNIRIO, onde ambos estudaram música. Formado desde de 2015, o Duo eclético já se apresentou em palcos variados da cidade. Fez seis apresentações em 2016 no extinto Bar Semente na Lapa, duas, na série Uni Rio Musical, tocou no Ganjah Lapa, no Festival de Música e Cultura de Rua de Bangu, na 57 Casa Aberta no Rocha, fez temporada no Armazem 102 em Botafogo, no Gaia Art & Café no Leme, se apresentou duas vezes no festival Jazz Out do Hotel Vila Galé da Lapa, no Festival Música Hoje na Casa Benet Domingo na Urca, no Estúdio Horta em Laranjeiras e em eventos privados. Em 2017, fizeram 3 shows na cidade de Piracicaba, interior de São Paulo.

Pitter acompanha Laura em todos os seus trabalhos autorais, tanto na divulgação do álbum lançado em 2017 “Laura Lagub”, em que gravou as guitarras, quanto na série “Rio, MuSo – Rio, Música e Só” em 2018. Com esses projetos, o Duo passou pelo Teatro Sesi Centro, Teatro Café Pequeno, Teatro Ipanema, Teatro Sérgio Porto, CRMC Artur da Távola e Áudio Rebel.

Cada show do Duo Laura Lagub e Pitter Rocha é uma experiência diferente. A sintonia e intimidade musical da dupla dá liberdade e confiança para improvisos e experimentos, fazendo nenhum show ser igual ao outro.

Posts relacionados

Cantora portuguesa Carminho lança o álbum “Maria”

Redação

João Bosco e Hamilton de Holanda no Teatro da Caixa Nelson Rodrigues

Redação

IRA! faz show no Palácio das Artes

Redação

O grupo vocal Golden Boys comemoram 60 anos de sucesso em show no Teatro João Caetano

Redação

Novo show de Jorge Vercillo, “Nas Minhas Mãos” no Vivo Rio

Redação

Musical do Fleetwood Mac passa por três cidades

Redação

Deixe um comentário