2.4 C
New York
janeiro 19, 2019
Teatro & Dança

Dona Ivone Lara – Um Sorriso Negro

Foto: Priscila Prade
Foto: Priscila Prade

Como a enfermeira e assistente social Yvonne Lara se transformou na Dama do Samba brasileiro?

Estreia no dia 14 de Setembro ás 19 horas, no Teatro Carlos Gomes, o espetáculo “Dona Ivone Lara – Um Sorriso Negro”.

Idealizado pelo ator e produtor Jô Santana, o espetáculo faz parte do projeto Trilogia do Samba, com a montagem de três espetáculos musicais que retratem a vida e obra de expoentes da cultura nacional, “Cartola – O Mundo é um Moinho”, visto por mais de 100 mil pessoas, “Dona Ivone Lara – Um Sorriso Negro” e “Alcione – Eu sou a Marrom”.

No espetáculo, a história de Dona Ivone Lara será contada em dois atos que misturam três tempos diferentes, sem ordem cronológica, surgindo em cena com três idades, aos 12 anos, aos 26, e aos 80, épocas que marcaram sua vida, e explicam quem ela foi verdadeiramente. Iniciamos nossa trajetória pelas lembranças da adolescência, quando Ivone viveu como interna no Colégio Orsina da Fonseca, passando pela a vida adulta quando ela se casa com Oscar Costa, filho de uma família tradicional da Serrinha, até atingir a maturidade já consagrada como artista.

Muitas figuras conhecidas do samba brasileiro fazem parte da história da Dona Ivone e estarão representados no espetáculo. Seus parceiros musicais Silas de Oliveira e Délcio Carvalho, cantores que defenderam suas composições: Elizeth Cardoso, Maria Bethânia, Clementina de Jesus, Roberto Ribeiro, Gal Costa, e muitos outros.

Na fase menina Dona Ivone Lara será interpretada pela atriz Dandara Mariana, que também viverá Gal Costa e Emerentina, a atriz Heloisa Jorge assumirá o papel na fase adulta e também vive as cantoras Elizeth Cardoso e Maria Bethânia e já na fase madura a atriz Fernanda Jacob interpretará sua era de ouro, quando Dona Ivone chega os palcos e se consagra como a grande dama do samba. O espetáculo conta também com as participações da atriz Isabel Filardes interpretando os papéis de Zaíra de Oliveira e Maria de Lourdes da Silva; André Lara, neto de Dona Ivone, interpretando Rildo Hora e Mauro; Nara Couto em Clementina de Jesus; Larissa Noel dando vida a Criola e Elza Soares; Guilherme silva fazendo João da Silva Lara (filho de Dona Ivone) e Délcio Carvalho (parceiro de várias canções); Diego Lopes dando vida a Fuleiro (primo que presenteou Dona Ivone com o pássaro que inspirou a música Tiê); Fernanda Cascardo e Olivia Torres interpretam a Drª Nise da Silveira, e grande elenco.

Com idealização de Jô Santana, pesquisa de Nilcemar Nogueira e Desirée Reis, Direção e Dramaturgia de Elísio Lopes Jr., Direção Coreográfica de Zebrinha, Direção Musical de Rildo Hora, Codireção Musical Jarbas Bittencourt, “Dona Ivone Lara – Um Sorriso Negro” é um espetáculo com samba no pé, poesia na garganta e a linda história de uma heroína brasileira. Uma mulher que foi no miudinho, e encontrou o seu lugar na música popular brasileira, foi guerreira mais nunca deixou de ser uma dama.

O espetáculo é patrocinado pelo Banco Itaú, Rede e Renner.

ELENCO
ANDRÉ LARA- Mauro/ Rildo Hora
ANDRE MUATO- Mano Décio/ Dr. Niemeyer
BRUNO QUIXOTTE- Bacalhau
CESAR MELLO- Oscar Costa / Roberto Ribeiro
DANDARA MARIANA – Ivone Menina/ Gal Costa/ Emerentina
DIOGO LOPES- Fuleiro
JEFF PEREIRA – Alfredo Lara da Costa/ Aniceto
FELIPE ADETOKUNBO- Mokorongo
FERNANDA JACOB- Ivone Madura
FERNANDA CASCARDO- Nise da Silveira/ Manoela/ Dona Paula
FELIPE GOMES MOREIRA- Ribamar/ Elói Antero Dias/Sargenteli/ Bruno
FRANCISCO SALGADO- Alfredo Costa/Locutor da Rádi
FLAVIA SOUZA- Tia Tereza
GUILHERME SILVA- João da Silva Lara/ Délcio Carvalho
HELOISA JORGE – Ivone Adulta/ Elizeth Cardoso/ Maria Bethânia
HUGO GERMANO- Silas de Oliveira
ISABEL FILARDIS- Zaíra de Oliveira/ Maria de Lourdes da Silva
LUCAS LETO- Molequinho/ Odir Lara da Costa
LARISSA NOEL- Criola / Elza
MATHEUS PAIVA- Xerife/ Adelzon/ Sergio Cabral
NARA COUTO- Clementina de Jesus
OLIVIA TORRES- Nise da Silveira/ Catarina / Rosinha de Valença
ROSE LIMA- Pitel / Eulália
SYLVIA NAZARÉ- Dona Iaiá/ Elenice/ Coach de Elizeth Cardoso

CURIOSIDADES

Dona Ivone Lara também teve trabalhos como atriz, com participação em filmes, e foi a Tia Nastácia em especiais do programa Sítio do Pica-Pau Amarelo.

1977 – Filme A Força de Xangô, interpretando Zulmira de Iansã

1982 – Especial Sítio do Pica-Pau Amarelo, interpretando Tia Nastácia

Ao longo de toda sua carreira musical Dona Ivone Lara lançou 15 CDs e 2 DVDS:
Suas músicas foram gravadas por grandes nomes da nossa MPB, entre os intérpretes que gravaram suas composições destacam-se Clara Nunes, Roberto Ribeiro, Maria Bethânia, Gal Costa, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Paula Toller, Paulinho da Viola, Beth Carvalho, Mariene de Castro, Roberta Sá, Marisa Monte e Dorina. Uma de suas composições mais conhecidas, em parceria com Délcio Carvalho, foi Sonho Meu, sucesso na voz de Maria Bethânia e Gal Costa em 1978, cujo álbum ultrapassou um milhão de cópias vendidas

No ano de 2012, foi homenageada pelo Império Serrano, no grupo de acesso, com o enredo Dona Ivone Lara: O enredo do meu samba. Em 2010 foi a homenageada na 21.ª edição do Prêmio da Música Brasileira. Em dezembro de 2014 foi a homenageada na 19.ª edição do Trem do Samba. Em 2015, entrou para a lista das Dez Grandes Mulheres que Marcaram a História do Rio.

SERVIÇO
Local: Teatro Carlos Gomes
Estréia: 14 de setembro
Temporada: 14 de setembro até o dia 25 de novembro
Horário: Sextas e Sábados, às 19h – Domingos, às 17h
Classificação indicativa: 12 anos
Ingressos a partir de R$ 40,00(balcão) e R$ 80,00(plateia)
Vendas online: ticketmais.com.br

Posts relacionados

Natal Mágico no Teatro Bradesco Rio

Redação

Negra Li protagoniza musical MPB – Musical Popular Brasileiro no Teatro Sesc – Ginástico

Redação

“Otto Lara Resende ou Bonitinha, mas Ordinária”, de Nelson Rodrigues no Teatro Solar de Botafogo

Redação

Ivan Vellame estreia seu primeiro solo Pra chuva, com direção de Priscila Vidca, na Casa Rio

Redação

Jóias do Ballet Russo no Teatro Bradesco Rio

Redação

‘Paulo e Estêvão – O Musical’ na Lona Carlos Zéfiro

Redação

Deixe um comentário