Dida Afro presta homenagem a Nelson Mandela na edição de Maio

O Dida, aberto em Dezembro de 2015, se tornou referência de sabor e tradição, na Praça da Bandeira. No cardápio, sugestões que passeiam de petiscos, entradinhas e pratos principais, Mas há um diferencial com seus quitutes. Dida dá atenção à sua ancestralidade. Realiza o encontro Dida Afro, que acontece sempre na terceira semana de cada mês – sábado e domingo. Tem o intuito de realizar uma grande invasão afro no Rio. E a cada edição um pais africano é homenageado. E no mês de Maio, a estrela é a África do Sul, com sugestões incríveis e a homenagem se estende ao seu maior líder – Nelson Mandela, que ganha todas as honras com a apresentação dos seus pratos prediletos.

O kombo é apresentado da seguinte forma: Entrada + Prato Principal + Sobremesa. Por R$ 49,00 / individual.

Para começar e aguçar o apaladar, as entradinhas ficam por conta da Amadnumbe. Consiste em um purê de batata-doce e amendoim. Uma variação requintada com a batata doce macerada com manteiga, salpicada com amendoins torrados e regado com um fio de mel. E Berinjela Vegetariana.

O Prato Principal ganha 2 opões de escolha:

Opção 1Bobotie – é um prato saboroso típico da culinária da África do Sul, mais especificamente da tradição dos malaios-do-cabo, composto por uma combinação de carne bovina e suína moídas cozidas com caril e temperos doces e assada no forno com uma cobertura de ovos batidos com leite. Acompanhado: arroz com açafrão e uvas passa. É um prato tão popular que a Liga das Mulheres da ONU escolheu como “prato nacional da África do Sul”

 

Opção 2Chakalaka –  também tradicional da África do Sul. Consiste em um molho levemente apimentado com cenoura e feijão branco em sua composição, assim como pimentões coloridos (amarelo, vermelho e verde), cebola, alho, tomates e curry. Será servido com a costela assada (especialidade da casa). Acompanhado: arroz com açafrão.  

De sobremesa, um clássico africano – Malva Pudding. De textura que lembra um bolo de chocolate molhadinho, o doce não leva chocolate e sim uma geleia de damasco, resultando em um sabor bem diferente, ganha ainda um toque especial: é servido com creme de leite. É ou não é para fechar com chave de ouro?

Dida ainda reserva uma surpresa, com opções de vinhos africanos. A África do Sul é tradicionalmente um país com excelentes vinícolas. Ou seja uma verdadeira incursão à novos sabores.   

Afro Dida – dias 20 e 21 (sábado e domingo) de Maio

Dida Bar e Restaurante 
Rua Barão de Iguatemi, 408 / Praça da Bandeira
Telefone: 2504 0841
Aberto: terça e quarta, das 16h até 0h / quinta, sexta e sábado: das 12h até 0h e domingo, das 12h até 20h
Formas de Pagamento: Cartões de débito: Visa e Mastercard
Cartão de Credito: Visa e Mastercard / Ticket Restaurante / Sodexo / Alelo
Capacidade: 40 lugares

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.