“Leo e Bia aparece com frescor e fôlego. O texto e música tocam corações e mentes. A encenação do diretor Leonardo Talarico é deliciosamente insubmissa” (Mauro Ferreira – Globo.com).

 “Leo e Bia” é um espetáculo já devidamente consagrado. Concebido na década de 80, ficou dois anos em cartaz no Rio de Janeiro, com a presença de 500 mil pessoas no teatro. De lá pra cá, a história virou um filme premiado e nunca mais entrou em temporada nos palcos brasileiros.

 A peça relata a história do artista Oswaldo Montenegro e da sua trupe teatral, no auge da ditadura militar, em Brasília, 1973. Sete jovens, instalados em um modesto galpão para ensaios, sonham viver da arte. No final dos anos hippies, impregnados de teatro e afeto, essa trupe perpassa conflitos, amores, restrições, desafios, até um fim arrebatador. Trata-se de uma homenagem ao sonho de uma geração; e de tantas outras.

Pela primeira vez esta obra de Oswaldo Montenegro foi dirigida por outro diretor. Foi um pedido especial do autor ao diretor Leonardo Talarico. A primeira temporada da peça Leo e Bia, dirigida por Talarico (Rio de Janeiro e Uberlândia), teve calorosa recepção do público e acolhimento da crítica.

Para a segunda temporada, o espetáculo apresenta novidades. O retorno da atriz BIA ARANTES para encenar a protagonista “Bia”, haja vista ter sido substituída na primeira temporada pela atriz Isabella Santoni, por motivos contratuais referentes sua antiga emissora. Além da chegada de Bia Arantes à trupe, a direção selecionou para a segunda temporada a atriz Raíssa Venâncio para o papel da “Cachorrinha”.

A trilha sonora do espetáculo é interpretada por Oswaldo Montenegro, Ney Matogrosso, Alceu Valença, Zé Ramalho, Zeca Baleiro e Paulinho Moska. Atendendo a um pedido especial do diretor Leonardo Talarico, Oswaldo Montenegro entrou no estúdio e regravou três músicas especialmente para o espetáculo.

O espetáculo foi construído pela seguinte equipe artística:
Texto e trilha sonora: Oswaldo Montenegro
Direção e adaptação: Leonardo Talarico
Elenco: Amandha Monteiro, Bia Arantes, Carol Garcia, Diogo Monteiro, Guilherme Hamacek, Juliana Weinem e Raíssa Venâncio.
Cenário e Figurino: Marcelo Marques
Projeto de Iluminação: Leysa Vidal
Direção de Movimento: Mário Mendes
Produção e realização: Cia crítica de Teatro “Os Insubmissos” e “Noi Tre Cultural”.
Fotos:  Leonardo Talarico

Serviço:
Local: Teatro Maria Clara Machado (Planetário – Gávea)
Endereço: Av. Padre Leonel Franca, 240 – Gávea, Rio de Janeiro – RJ, 22451-000.
Tel. (21) 2274-7722
Temporada: 06 de janeiro a 28 de janeiro de 2018.
Horário: sexta e sábado às 21h e domingo às 20h
Classificação: Livre
Duração: 1h30min
Gênero: Musical
Valores: R$ 40,00 inteira e R$ 20,00 meia