19 C
New York
junho 16, 2019
Notícias

Copa América: Vigilância Sanitária faz a primeira prévia no Maracanã

foto: Nelson Duarte
foto: Nelson Duarte

Inspeção resultou em quatro infrações e muita orientação para que tudo esteja em dia até o início da competição

A Subsecretaria de Vigilância Sanitária e Controle de Zoonoses da Prefeitura do Rio realizou nesta segunda-feira, dia 25, uma detalhada inspeção no Maracanã, já por conta da Copa América que acontece de 14 de junho a 7 de julho no Brasil. Durante quatro horas, 15 técnicos do órgão se dividiram no pente fino que vistoriou todos os espaços. Na ação, o consórcio que administra o estádio foi multado por falta de cloração e por ausência de documento de manutenção do ar-condicionado. Já a empresa que opera a cozinha dos funcionários teve dez quilos de alimentos descartados e o balcão parcialmente interditado, recebendo infrações por falta de asseio e por produto impróprio ao consumo.

As equipes conferiram cerca de 40 banheiros (cada um deles com mais de 20 sanitários e dez torneiras), seis vestiários (quatro de atletas, um de juízes e um de funcionários) e 30 bares e cozinhas. Os técnicos fiscalizaram também os sistemas de ar-condicionado, descarte de resíduos e abastecimento de água, com medição do cloro e coleta de amostras em três pontos distintos para análise no Laboratório Municipal de Saúde Pública (Lasp).

Além das autuações, os técnicos fizeram orientações e emitiram termos de intimação com exigências e prazos a serem cumpridos antes da próxima inspeção. Esta primeira prévia realizada no estádio pela Vigilância reuniu profissionais das coordenações de Alimentos, de Saúde e de Engenharia, do Núcleo de Integração da Fiscalização em Ambiente de Trabalho (Nifat) e do Lasp. As equipes farão outras vistorias até o início da Copa América, que terá cinco partidas disputadas no Rio.

– Com essas ações conseguimos investir na orientação e minimizar os riscos do evento em si. A prevenção nos permite avançar com as estratégias de saúde pública e proteger a nossa população como um todo. Nessa prévia mesmo já advertimos sobre vazamentos em torneiras e descargas, ralos sem tampa e outros fatores que poderão ser reparados a tempo da competição – adianta Márcia Rolim, subsecretária de Vigilância Sanitária e Controle de Zoonoses do Rio.

Posts relacionados

Preta Gil comanda primeira noite do Camarote Rio Praia

Redação

Psicólogo Bruno César Sousa, do Instituto Viver, alerta sobre as consequências de um ‘clima político pesado’ para a saúde mental: ‘impacto é grande’

Redação

Inauguração da Boas Intenções, nova casa de shows e danceteria na Lapa

Redação

Dia Nacional do Livro

Redação

Jonathan Costa é o segundo entrevistado de Fernando Medeiros em novo quadro de entrevistas no canal ‘2 Para o Mundo’

Redação

Alta do dólar aumenta em 31% as buscas por destinos nacionais

Redação

Deixe um comentário