Companhia de Teatro Heliópolis apresenta espetáculo que aborda  a temática do aprendizado, no Itaú Cultural

A Companhia de Teatro Heliópolis apresenta no dia 7 de novembro, (terça-feira), no Itaú Cultural, a peça A Inocência do Que Eu (Não) Sei. O espetáculo envolve o público em quatro trajetos que mostram os desejos e as contradições de pessoas em busca de aprendizagem: o Menino Rapaz, que vence, a Feliz Mulher que se adapta, o Caminhante em busca do saber e a Mulher que come maçã. De modo poético e irônico, a montagem extrapola o universo escolar para discutir relações humanas mediadas por dispositivos de controle social e econômico.

O texto da peça foi criado em processo colaborativo da Companhia de Teatro Heliópolis com o dramaturgo e ator Evill Rebouças. No elenco estão Dalma Régia, David Guimarães, Donizete Bomfim e Klaviany Costa, integrantes da Companhia de Teatro Heliópolis e moradores da comunidade. Com direção de Miguel Rocha, o espetáculo é resultado do projeto Onde O Percurso Começa? Princípios de Identidade e Alteridade no Campo da Educação, contemplado pela 25ª edição do Programa Municipal de Fomento ao Teatro para a Cidade de São Paulo, em 2015.

A Inocência do Que Eu (Não) Sei recebeu duas indicações ao Prêmio São Paulo de Incentivo ao Teatro Infantil e Jovem (FEMSA), nas categorias Melhor Espetáculo Jovem e Prêmio Especial, pelo teatro comprometido com a comunidade de Heliópolis e a pesquisa temática em escolas públicas.

FICHA TÉCNICA
Encenação: Miguel Rocha
Texto: Evill Rebouças (Criação em processo colaborativo com a Companhia de Teatro Heliópolis)
Elenco: Dalma Régia, David Guimarães, Donizete Bomfim e Klaviany Costa
Assistente de direção e preparação corporal: Lucia Kakazu
Direção musical e preparação vocal: William Paiva
Músicos: William Paiva (piano), Eduardo Florence (violoncelo) e Giovani Bressanin (guitarra e sonoplastia)
Provocação – teatro épico: Alexandre Mate
Provocação – teatro performático: Carminda Mendes André
Encontros provocativos teóricos e corpo: Maria Fernanda Vomero, Diego Marques, Luciano Mendes de Jesus, Fabiana Monsalú e Rose Akras
Cenário e figurino 1ª temporada: Clau Carmo
Figurino 2ª temporada: Samara Costa
Iluminação: Toninho Rodrigues
Operação de luz: Gabriel Igor 

SERVIÇO

A Inocência do Que Eu (Não) Sei

Com a Companhia de Teatro Heliópolis
Dia 7 de novembro (terça-feira), às 20h
Duração: 90 minutos
Classificação indicativa: 12 anos
Interpretação em Libras

Sala Itaú Cultural (224 lugares)
Distribuição de ingressos:
Público preferencial: 2 horas antes do espetáculo (com direito a um acompanhante)
Público não preferencial: 1 hora antes do espetáculo (um ingresso por pessoa)
Estacionamento: Entrada pela Rua Leôncio de Carvalho, 108
Se o visitante carimbar o tíquete na recepção do Itaú Cultural:
3 horas: R$ 7; 4 horas: R$ 9; 5 a 12 horas: R$ 10.
Com manobrista e seguro, gratuito para bicicletas.

Itaú Cultural
Avenida Paulista, 149, Estação Brigadeiro do Metrô
Fones: 11. 2168-1776/1777
Acesso para pessoas com deficiência
Ar condicionado
www.itaucultural.org.br
www.twitter.com/itaucultural
www.facebook.com/itaucultural
www.youtube.com/itaucultural
www.flickr.com/itaucultural

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.