25.3 C
Rio de Janeiro
novembro 14, 2018
Notícias

Com sucesso de público, Renato Frazão, Aline Bernardi e Luiza Borges voltam ao Rampa, em Copacabana, para performance musical

Show conta com repertório inédito de Frazão e faz parte da campanha de financiamento coletivo do Livro-performance Decopulagem

Após uma estreia de sucesso em julho, quando lotaram o espaço Rampa – Lugar de Criação, em Copacabana, os artistas Renato Frazão, Aline Bernardi e Luiza Borges promovem um novo encontro entre a poesia, a música e a dança no dia 01 de setembro, sábado, às 20h30. Criado especialmente para a campanha de financiamento coletivo do Livro-performance Decopulagem, de Aline Bernardi, a performance musical apresenta nove canções de Frazão, que assume voz e violão, em diálogo com as prosas poéticas escritas por Aline.

Durante a apresentação, a bailarina e escritora executará uma performance dançada enquanto a cantora Luiza Borges dividirá os vocais com Frazão declamando trechos das prosas que integram o livro. A direção do projeto é de Guilherme Frederico.

–  O show é entremeado de canções e textos, além da performance. Existe uma afinidade de temas entre o meu trabalho e o da Aline, nas prosas e textos que ela escreve. Falo muito de Brasil, do interior, passeio sempre por esses assuntos de um país um pouco encoberto e também por uma certa espiritualidade, quase uma religiosidade, muito particular, e que acho que ela aborda também de alguma forma no trabalho dela – comenta Frazão, que assina a trilha sonora original da performance solo em construção para o projeto Decopulagem, com estreia prevista para esse ano.

No repertório do show, estarão nove canções compostas pelo músico e parceiros. Duas das músicas, Rainha do Meio Dia e A Roça de Teresa, inspiraram Aline a escrever uma das prosas que compõe a obra literária.

– Para além da performance, da dança, Aline é uma escritora também, uma poeta,  mas coloca sempre a palavra à serviço desse outro suporte, a performance. E a minha relação com a palavra também é a serviço de outro suporte, no caso a música. Nosso trabalho se encontra nesse lugar – pontua Frazão,

Livro-performance Decopulagem
Decopulagem é um livro-performance que vem sendo construído há 5 anos pela artista Aline Bernardi em que o fio condutor  é a investigação da relação entre dança e escrita.  Livro-performance é um termo que Aline cunhou para dar nome ao seu processo de criação, que envolve simultaneamente um livro de tiragem artesanal com 33 prosas poéticas e uma performance solo de dança.

Decopulagem é uma ode à artesania que reflete sobre a necessidade que o ser humano tem de estar em constante processo de criação e os percursos da criatividade no nosso cotidiano. Sentimos a necessidade de encontrar sentido narrativo em nossas ações como forma de nos relacionar com o mundo. Em seu processo de criação, Aline procura seu fio de Ariadne a fim de escapar dos sintomas labirínticos de uma sociedade marcada pelo hiperestímulo, saturada pelo excesso de ruído entre as relações. Qual o tempo necessário que meu corpo precisa vivenciar para deixar o gesto dançado germinar da palavra poética

SERVIÇO

Performance musical de Renato Frazão, Aline Bernardi e Luiza Borges.
Show da campanha de financiamento coletivo do Livro-performance Decopulagem, da artista Aline Bernardi.
Direção: Guilherme Frederico
Dia 01 de setembro, sábado.
às 20h30 horas.

Rampa Lugar de Criação – Rua Sá Ferreira, 202 – Copacabana (ao lado da estação de metrô General Osório – saída pela Sá Ferreira)

Entrada: R$15 (em dinheiro)
Classificação: livre
RESERVE SEU LUGAR: decopulagem@gmail.com ou pelo WhatsApp: 21 98171-3739

Acesse e saiba mais:

www.benfeitoria.com/decopulagem

 www.facebook.com/alinebernardi

Posts relacionados

Espetáculo ‘Ovo” do Cirque du Soleil, dirigido por Deborah Colker, chega ao país em curta temporada

Redação

Premier Wine abre sua loja no Centro do Rio

Redação

Missão: Impossível – Efeito Fallout | Assista ao filme nas salas especiais da Rede UCI

Alyson Fonseca

Deixe um comentário