Com programação gratuita, Pró-Saber abre suas portas no Largo dos Leões

Exposição Constelar Brigida Baltar Em uma árvore, em uma tarde
Exposição Constelar Brigida Baltar Em uma árvore, em uma tarde

Serão nove dias de programação, com música popular e clássica, palestras e, como centro da festa, a exposição “Constelar”, que estará presente em toda a sede do Pró-Saber. São 19 artistas, que estão entre os nomes mais expressivos da arte contemporânea brasileira. A exposição “Constelar” apresentará obras de:  Afonso Tostes, Anna Linnemann, Ana Miguel, Barrão, Brígida Baltar, Cadu, Camille Kachani, Carolina Ponte, Gê Orthof, Jarbas Lopes, José Bento, Maria Laet, Pedro Varela e, do Atelier Gaia, Arlindo, Clóvis, Leonardo Lobão, Luiz Marques, Patricia Ruth e Pedro Motta.

De segunda a sexta-feira, haverá palestras à noite, sempre às 19h. A programação abre com a jornalista e escritora Rosiska Darcy de Oliveira, em palestra intitulada “Pró-Saber… o quê?”; na terça, o teólogo e escritor Frei Betto falará sobre “Educação e espiritualidade”; quarta é a vez do psicanalista Joel Birman;quinta, “Cecília Meireles: poesia e educação” será o tema da professora Margarida Souza Neves, da PUC-RJ. O filósofo Tomás Prado fecha a semana com a palestra “Distopia e lugares extraordinários”.

A música também estará presente, com shows dos grupos “Choro da Glória” e “Filhos do Samba”, uma apresentação do cantor e compositor Billy Blanco Jr, e dois concertos de orquestras formadas pela Ação Social pela Música do Brasil. Durante toda a semana, haverá visitas guiadas e atividades para crianças e adultos. O Bar Trinta e o restaurante 2 Vales estarão abertos todos os dias.

Mais informações:
De 26 de agosto a 3 de setembro, o Pró-Saber abrirá as portas para comemorar 30 anos de trabalho pela educação. 

Com curadoria de Marcelo Campos e concepção de Leila Scaf, a exposição Constelar vai refletir o espírito do Pró-Saber, no qual a Arte e a Filosofia ocupam papel central na formação de professores. “Constelar” – um verbo inventado – refere-se ao programa que sintetiza uma filosofia de ação na qual professores, alunos, ex-alunos e profissionais de outras instituições trabalham permanentemente em rede, para formar uma constelação de ideias com potencial de transformação. A proposta é que a exposição amplie essa constelação através das obras de arte ali reunidas.

Logo na entrada, um grande painel vai traçar um panorama das ações do Pró-Saber nas últimas três décadas. A fundadora da instituição, Maria Cecilia Almeida e Silva, diz que o Pró-Saber é “um espaço, um território voltado para o resgate da utopia educacional. Nosso interesse é experimentar alternativas teóricas e práticas que possam elaborar respostas a tantos desafios que se apresentam no caminho da educação.”

Os trabalhos estarão distribuídos pelos diversos ambientes do Pró-Saber. Ana Miguel convida a sonhar, com travesseiros que declaram amor. Carolina Ponte comparece com um de seus crochês multicoloridos, que integram uma prática popular à produção artística contemporânea. Cadu traz um trem de ferro que circula numa paisagem inusitada.

– São visões, sensações e vivências em que 19 artistas e infinitas histórias ocupam a casa, num convite para entrar, conhecer e experimentar”, diz Marcelo Campos.

Os demais artistas convidados são: Afonso Tostes, Anna Linnemann, Barrão, Brígida Baltar, Camille Kachani, Gê Orthof, Jarbas Lopes, José Bento, Maria Laet, Pedro Varela e, do Atelier Gaia, Arlindo, Clóvis, Leonardo Lobão, Luiz Marques, Patricia Ruth, e Pedro Motta.

O curador Marcelo Campos é professor de História da Arte na UERJ, onde dirige o Departamento Cultural, responsável pela curadoria de exposições como “Orixás” (Casa França-Brasil)“ e “A Cor do Brasil”, com Paulo Herkenhoff, no Museu de Arte do Rio, e autor de “Escultura Contemporânea no Brasil”. Leila Scaf, responsável pela concepção da mostra, é arquiteta, e tem em seu currículo exposições como Debret e o Rio de Janeiro, no Centro Cultural dos Correios e Antônio Dias – O País inventado, no MAM-RJ.

Veja a programação completa:
http://www.prosaber.org.br/30anos/programacao.asp

PROGRAMAÇÃO

SÁBADO 26/8

10h: Abertura

17h:  Vernissage da exposição “Constelar”, com obras de:  Afonso Tostes, Anna Linnemann, Ana Miguel, Barrão, Brígida Baltar, Cadu, Camille Kachani, Carolina Ponte, Gê Orthof, Jarbas Lopes, José Bento, Maria Laet, Pedro Varela e, do Atelier Gaia, Arlindo, Clóvis, Leonardo Lobão, Luiz Marques, Patricia Ruth e Pedro Motta

17h30: Show do grupo “Choro da Glória”

DOMINGO 27/8

17h: Apresentação da Orquestra da Ação Social pela Música do Brasil, núcleo Vale do Cuiabá

SEGUNDA-FEIRA 28/8

19h: Palestra de Rosiska Darcy de Oliveira: “Pró-Saber… o quê?”

TERÇA-FEIRA 29/8

19h: Palestra de Frei Betto: “Educação e espiritualidade”

QUARTA-FEIRA 30/8

19h: Palestra de Joel Birman

QUINTA-FEIRA 31/8

19h: Palestra de Margarida Souza Neves: “Cecília Meireles: poesia e educação”

SEXTA-FEIRA 1/9

19h: Palestra de Tomás Prado: “Distopia e lugares extraordinários”

SÁBADO 2/9

19h: Show do cantor e compositor Billy Blanco Jr

DOMINGO 3/9

17h: Apresentação da Orquestra Sinfônica Jovem do Rio de Janeiro

19h: Show do grupo Filhos do Samba

Instituto Pró-Saber, Largo dos Leões 70
Telefones: 2266-7440 e 2537-6778             
Horário de funcionamento: 10h às 20h
Entrada gratuita

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.