21 C
Rio de Janeiro
sexta-feira, julho 3, 2020

Suspense e ação em Você tem o direito de Permanecer Calado

Destaques na semana

Memorial de Amor Inquieto

O elenco formado pelas atrizes, Beth Monteiro, Danielle Holanda, Francyne Araújo & Thatiana Lösch farão leitura de trechos do espetáculo Memorial de Amor Inquieto, que...

Maitei Hotel presta homenagem aos moradores de Arraial d’Ajuda com a série de vídeos ‘Gente da Terra’

Tradicionalmente, no mês de junho são celebrados Santo Antonio, São João e São Pedro. Data mais esperada e festejada no calendário da Bahia e...

Pratos com carne para o 4 de julho

Neste sábado, 04 de julho, os Estados Unidos comemora a sua Independência com muito churrasco, como é a tradição americana....

Receitas quentes e deliciosas para o inverno 2020

Com a chegada do inverno e as baixas temperaturas da estação, a dica é saborear receitas quentinhas para aquecer o estômago. Por...

Completando dez anos, a Companhia de Teatro Pé Direito terá como pano de fundo, para sua nova montagem, que estreia nesta sexta-feira, 6 de março, às 19h, na Casa de Cultura Laura Alvim, em Ipanema, uma investigação criminal. Trata-se da peça Você tem o direito de permanecer calado, com dramaturgia e direção de Arthur Vinciprova, que também integra o elenco ao lado de Marcelo Bravo e Luciene Martes. Como assistente de produção e técnico de som e luz Marcelo Ribeiro.

A peça se passa numa delegacia de polícia, especificamente numa sala de interrogatório. Em cena uma delegada, um advogado e o acusado. A trama gira em torno de Luca, ator de sucesso suspeito de ser o responsável pelo desaparecimento de uma jovem atriz iniciante. Junto a seu advogado, ele terá que prestar depoimento na delegacia de polícia. Alegando ser inocente das acusações, Luca e seu advogado terão que provar a delegada de polícia que tudo não passa de um grande mal-entendido.

Em um espetáculo cheio de reviravoltas, teorias conspiratórias e ritmo acelerado, o espectador irá acompanhar a investigação de um crime e as consequências do mesmo. Com um texto galgado na interpretação dos artistas, o espectador pode esperar grandes momentos de suspense e ação.

Para o autor e diretor Arthur Vinciprova esse é um espetáculo com uma pegada de filme policial. “Sou fã de filmes policiais e acredito ser um tema pouco explorado no teatro. Uma investigação criminal juntamente com um interrogatório policial abre um leque de possibilidades para que o artista possa ter grandes momentos no palco. E quem ganha com tudo isso é o espectador”.

O espetáculo tem ritmo ágil e clima noir. “O poder da peça se encontra na interpretação dos artistas. E na forma como estão entregues ao espetáculo e a trama do mesmo. Isso passa uma grande sensação de veracidade ao espectador”, finaliza Vinciprova.  A peça pode ser vista até 29 de março, sextas e sábados às 19h e domingos às 18h. Ingressos a R$ 30,00 (inteira).

“Maravilhoso Escândalo” no Teatro Gláucio Gill

Escândalo - foto: Serginho Carvalho
Maravilhoso Escândalo – foto: Serginho Carvalho

Com direção de Gabriel Bulcão, as atrizes Giovanna de Toni e Dayanna Maia dão vida a uma única personagem, uma escritora e pintora em busca do entendimento do que é ser artista e da essência da arte. E, especialmente, de como tornar-se dona de sua própria existência criativa. A peça “Maravilhoso Escândalo”, uma adaptação de Gabriel Bulcão e Lúcia Soares para o romance “Água Viva”, de Clarice Lispector (1920-1977), conta a história de uma escritora e pintora que se lança em infinitas reflexões sobre o tempo, a vida e, principalmente, a arte da criação. 

A encenação de Gabriel Bulcão remete ao ambiente aquático. O cenário de Marcelo Marques, em semi-arena, localiza as atrizes por trás de um suave tule, e em seus figurinos, também de Marques, predominam as variações de azul. A trilha sonora de Gabriel Bulcão vai de Maria Callas (“Pace, pace, mio Dio”) a Armik (“Tango Flamenco”), passando por Villa-Lobos (Bachianas Brasileiras nº4).  A peça fará temporada de 6 de março a 30 de março, no Teatro Glaucio Gill, em Copacabana. Sextas, sábados e segundas às 20h30 e domingo às 19h30. Ingressos a R$ 50 (inteira)

Performance condensada de Macbeth no Castelinho do Flamengo

Macbeth - foto: Divulgação
Macbeth – foto: Divulgação

 “455 Macbeth” apresenta uma dramaturgia condensada de “Macbeth”. A trama principal da tragédia é narrada através de cenas escolhidas, e encenada com direção de Adriana Maia, que cria, juntamente com elenco de 14 atores e atrizes, uma performance itinerante pelos cômodos do Castelinho do Flamengo. A performance inicia-se na área externa, onde um fictício grupo teatral – “os melhores atores do mundo” – reúne-se para contar a tenebrosa história do Rei Macbeth. Após o prólogo, os espectadores são convidados a entrar no Castelo, cenário do restante da peça. A ideia de encenar “Macbeth” surgiu em 2019, ano comemorativo dos 455 anos do nascimento de Will Shakespeare. Pensando na data, o Grupo Shakespeare, coletivo de artistas cariocas, que se reúne regularmente para estudar e pesquisar as obras deste autor, preparou uma performance cênica – “455 Macbeth”, que foi apresentada em duas sessões para convidados na Casa Baukurs.  A peça itinerante, que o público irá assistir a partir e 13 de janeiro, é a continuidade deste trabalho , agora “455 Macbeth” encontra seu espaço ideal, o Castelinho do Flamengo. A peça pode ser vista até 31 de março, segundas e terças às 19h.   

Espaço Cultural Escola Sesc  abre a programação de 2020 

Geraldo Azevedo - Foto: Felipe Diniz
Geraldo Azevedo – Foto: Felipe Diniz

“Prelúdio” é o nome do projeto de abertura das atividades do Espaço Cultural Escola Sesc no ano de 2020. A proposta é fazer uma introdução do que será a programação nesse ano, tanto em formatos e temas, como também em linguagens, com o objetivo de ampliar suas atrações. 

O projeto aposta na pluralidade. Na abertura, dia 7 de março, o mestre Geraldo Azevedo desfila seus clássicos, a partir das 19h30, e a exposição fotográfica “Jovens Olhares” mostra a Cidade de Deus, sob a ótica de jovens moradores. A banda Pietá com seu novo álbum; o documentário “Favela é Moda”; o premiado espetáculo “A Invenção do Nordeste” e o cantor Rubel, completam a programação, distribuída ao longo de cinco dias do mês de março. 

 As atrações e atividades são gratuitas e o Espaço Cultural Escola Sesc fica na Av. Ayrton Senna, 5677 – Jacarepaguá.

- Advertisement -

Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -

Últimas notícias

Desafio 10×10: Em iniciativa inédita, grafiteiros criam coletivamente obra doada para leilão solidário

O Desafio 10x10, gincana nacional que tem como objetivo alimentar 10 milhões de famílias, recebe doação de obra produzida coletivamente pelos artistas...

Farinha Pura divulga programação de lives para julho

Desde o início de maio, o Empório Farinha Pura vem realizando lives especiais para descontrair e levar conhecimento para os clientes que...

Feira de São Cristóvão retoma atividades neste sábado

Informes sobre as regras de ouro foram instalados por todo equipamento municipalDepois de mais de 100 dias fechado, a Feira de São...

Bares e restaurantes reabrem as portas para os atendimentos presenciais

O Ancoramar, tradicional restaurante no Centro do Rio, acaba de reabrir as portas para o atendimento presencial. Com todos os protocolos de segurança,...

Feira Online aproveita quarentena para incentivar desapego e consumo consciente

A quarentena tem feito muita gente arrumar a casa e mexer nos armários. Por isso, pode ser também o melhor momento para...
Share via