20 C
Rio de Janeiro
sexta-feira, julho 3, 2020

Luiz Gama – Uma Voz Pela Liberdade na quadra da Acadêmicos do Cubango

Destaques na semana

Memorial de Amor Inquieto

O elenco formado pelas atrizes, Beth Monteiro, Danielle Holanda, Francyne Araújo & Thatiana Lösch farão leitura de trechos do espetáculo Memorial de Amor Inquieto, que...

Desafio 10×10: Em iniciativa inédita, grafiteiros criam coletivamente obra doada para leilão solidário

O Desafio 10x10, gincana nacional que tem como objetivo alimentar 10 milhões de famílias, recebe doação de obra produzida coletivamente pelos artistas...

Arte no Palco, Em Casa e Etc e Tal

Pensando em fazer a espiral da arte continuar a todo vapor em pleno isolamento social, a companhia carioca Etc e Tal, acostumada...

Receitas quentes e deliciosas para o inverno 2020

Com a chegada do inverno e as baixas temperaturas da estação, a dica é saborear receitas quentinhas para aquecer o estômago. Por...

O que pode ser melhor que aliar história, cultura e teatro? Acrescentar uma escola de samba, ainda mais às vésperas do Carnaval. E neste sábado, 8 de fevereiro, às 18h, na Acadêmicos do Cubango, em Niterói, Deo Garcez e Nivia Helen Roman vão transformar a quadra em palco para o espetáculo Luiz Gama – Uma Voz pela Liberdade, texto escrito por Deo Garcez com direção de Ricardo Torres e produção de Deo Garcez e Ayala Rossna.  Vale lembrar que os carnavalescos da Verde e Branco de Niterói, Rafhael Torres e Alexandre Rangel,  levarão para o Sambódromo a luta de Luiz Gama pela abolição cantando a Voz da Liberdade. E é claro, o ator estará na Avenida representando essa grande personalidade.

Já tive a oportunidade de assistir à peça duas vezes em palcos convencionais. Trata-se de uma aula de história de um personagem pouco conhecido nos bancos escolares, mas de suma importância para o nosso país. Ex-escravo, jornalista, poeta, primeira voz negra da literatura brasileira, advogado abolicionista que libertou mais de quinhentas pessoas escravizadas. Em 2015, após 133 anos de sua morte, Luiz Gama recebeu da OAB o diploma de advogado, e no ano de 2018, foi nomeado por Leis Federais como o Patrono da Abolição da Escravidão do Brasil e inscrito no Livro dos Heróis da Pátria.

O espetáculo convida o público a repensar nossa historiografia oficial, trazendo uma importante reflexão sobre a necessidade de luta diária pela igualdade de direitos, pela liberdade e justiça para todos, além de refletir sobre nossos preconceitos contemporâneos. Em 55 minutos de espetáculo, o casal consegue passar, de forma envolvente, parte dessa nossa história desconhecida para muitos e necessária para todos os brasileiros.

Há quase cinco anos que o ator Deo Garcez leva a peça para diversas cidades mostrando o quanto é imprescindível que o cidadão saiba da vida de Luiz Gama, um homem que merece todas as referências e deferências. A apresentação na Acadêmicos do Cubango é gratuita.

Um pequeno giro

Se não agora, quando - foto: Livia Kessedjian
Se não agora, quando – foto: Livia Kessedjian

Estreia nesta sexta-feira, 7 de fevereiro, às 19h, no Teatro II do Sesc Tijuca, o solo inédito Se Não Agora, Quando? Escrito e interpretado por Marcélli Oliveira e com direção de Leonardo Hinckel, a montagem aborda, de forma leve e bem-humorada, temas densos como falta de perspectiva, solidão e suicídio.

Tatá – O Travesseiro

Tatá – O Travesseiro - foto: João Julio Mello
Tatá – O Travesseiro – foto: João Julio Mello

A peça infanto-juvenil Tatá – O Travesseiro, da Artesanal Cia de Teatro, continua em cartaz até o dia 1º de março no Teatro II do Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB). Na trama é abordado o tema da separação: do personagem com o travesseiro e também dos pais. Além disso, toca nas questões sobre bullying e adoção. O espetáculo pode ser visto aos sábados e domingos às 16h.

Valdeir Valença no show Tributo ao Emílio Santiago

Valdeir Valença e banda - foto: Marcelo Castello Branco
Valdeir Valença e banda – foto: Marcelo Castello Branco

O cantor Valdeir Valença apresenta o show Tributo ao Emílio Santiago, no dia 8 de fevereiro, em dois horários: 17h e 20h, no Centro da Música Carioca Artur da Távola, na Tijuca. No repertório, canções que fizeram muito sucesso como Saigon, de Claudio Cartier, Carlão e Paulo Cesar Feital, Verdade Chinesa de Gilson e Carlos Colla e muitos outros.

- Advertisement -

Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -

Últimas notícias

Perinatal cria o Check-Up Ginecológico. Consultas e exames são realizados no mesmo dia, em poucas horas

Comodidade, praticidade e agilidade em tempos de pandemia. Esta é proposta do Check-Up Ginecológico que a Perinatal volta a oferecer na Unidade...

Desafio 10×10: Em iniciativa inédita, grafiteiros criam coletivamente obra doada para leilão solidário

O Desafio 10x10, gincana nacional que tem como objetivo alimentar 10 milhões de famílias, recebe doação de obra produzida coletivamente pelos artistas...

Farinha Pura divulga programação de lives para julho

Desde o início de maio, o Empório Farinha Pura vem realizando lives especiais para descontrair e levar conhecimento para os clientes que...

Feira de São Cristóvão retoma atividades neste sábado

Informes sobre as regras de ouro foram instalados por todo equipamento municipalDepois de mais de 100 dias fechado, a Feira de São...

Bares e restaurantes reabrem as portas para os atendimentos presenciais

O Ancoramar, tradicional restaurante no Centro do Rio, acaba de reabrir as portas para o atendimento presencial. Com todos os protocolos de segurança,...
Share via