20 C
Rio de Janeiro
sexta-feira, julho 3, 2020

Ator Eduardo Rieche encarna Santo Agostinho em monólogo necessário aos tempos atuais

Destaques na semana

Receitas quentes e deliciosas para o inverno 2020

Com a chegada do inverno e as baixas temperaturas da estação, a dica é saborear receitas quentinhas para aquecer o estômago. Por...

Arte no Palco, Em Casa e Etc e Tal

Pensando em fazer a espiral da arte continuar a todo vapor em pleno isolamento social, a companhia carioca Etc e Tal, acostumada...

Pratos com carne para o 4 de julho

Neste sábado, 04 de julho, os Estados Unidos comemora a sua Independência com muito churrasco, como é a tradição americana....

Memorial de Amor Inquieto

O elenco formado pelas atrizes, Beth Monteiro, Danielle Holanda, Francyne Araújo & Thatiana Lösch farão leitura de trechos do espetáculo Memorial de Amor Inquieto, que...

Foto: Almir Reis
Foto: Almir Reis

Ter fé é acreditar naquilo que não se vê. Para Santo Agostinho, que nasceu em Tagate, pequena cidade cidade da Numídia, hoje Argélia, na África, no ano de 354 d.C., nada era mais importante do que a fé em Jesus e em Deus. De maneira extremamente rasa, como permite a dissertação neste espaço, além de uma grande mente da humanidade, Agostinho foi um filósofo, escritor, bispo e teólogo cristão africano, responsável pela elaboração do pensamento cristão. Deixou uma obra literária gigantesca: foram 113 trabalhos, 224 cartas e mais de quinhentos sermões.

Ao trazer de volta ao cartaz seu espetáculo “Inquieto Coração”, com direção de Henrique Tavares, para esta curta temporada que se encerra nesta quarta-feira, 31 de julho, no Espaço Rogério Cardoso, da Casa de Cultura Laura Alvim, em Ipanema, o ator e autor, Eduardo Rieche, mais um herói da resistência que aposta no fazer teatral como saída para o marasmo ora existente, brinda seu seleto público com a possibilidade de ter contato com muitos dos escritos de Santo Agostinho.

Rieche, ele mesmo uma mente e um coração inquietos, responsável, entre outros, pela autoria, ao lado de Gustavo Gasparani, do premiado espetáculo “Oui, oui, a França é aqui”, e autor da esplêndida e definitiva biografia de uma das maiores atriz do teatro brasileiro, “Yara Amaral – a operária do teatro”, dá um sopro de otimismo ao público e uma aula de sagacidade, emocionando com sua atuação sensível e correta.

O cenário, minimalista e econômico, é a ponte para que o público sorva, reflita e guarde  as palavras de São Agostinho, que são ditas com propriedade e reverência pelo ator que está também completando 10 anos desde sua primeira apresentação deste espetáculo. Santo Agostinho aborda temas como finitude, fé, o amor e tempo. Em certo momento, o texto nos convida a refletir sobre a temporalidade. “Como se pode medir o tempo?”, questiona? Para, em seguida filosofar e dividir o tempo em três momentos: o presente das coisas passadas, o presente das coisas presentes e o presente das coisas futuras. Nada mais oportuno, uma vez que o único que temos, de fato, é o  “tempo presente”.

Seguem, então, os ensinamentos: Santo Agostinho roga também que tenha o coração livre das vaidades e que seu apetite seja vigiado. Adiante, faz um jogo de palavras pertinente: “o desejo é sede da alma e a esperança é o alívio do desejo”. Outro jogo de palavras de Santo Agostinho versa sobre o amor: “ A medida do amor é amar sem medida”. Enfim, ficam as mais diversas reflexões sobre a existência humana nestes 55 minutos de espetáculo que nos convidam e instigam a aprender mais e mais sobre o grande ser que foi Santo Agostinho. Não perca.

- Advertisement -

Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -

Últimas notícias

Perinatal cria o Check-Up Ginecológico. Consultas e exames são realizados no mesmo dia, em poucas horas

Comodidade, praticidade e agilidade em tempos de pandemia. Esta é proposta do Check-Up Ginecológico que a Perinatal volta a oferecer na Unidade...

Desafio 10×10: Em iniciativa inédita, grafiteiros criam coletivamente obra doada para leilão solidário

O Desafio 10x10, gincana nacional que tem como objetivo alimentar 10 milhões de famílias, recebe doação de obra produzida coletivamente pelos artistas...

Farinha Pura divulga programação de lives para julho

Desde o início de maio, o Empório Farinha Pura vem realizando lives especiais para descontrair e levar conhecimento para os clientes que...

Feira de São Cristóvão retoma atividades neste sábado

Informes sobre as regras de ouro foram instalados por todo equipamento municipalDepois de mais de 100 dias fechado, a Feira de São...

Bares e restaurantes reabrem as portas para os atendimentos presenciais

O Ancoramar, tradicional restaurante no Centro do Rio, acaba de reabrir as portas para o atendimento presencial. Com todos os protocolos de segurança,...
Share via