21 C
Rio de Janeiro
sexta-feira, julho 3, 2020

Cidade da Lapa no Paraná é destaque histórico e literário

Destaques na semana

Desafio 10×10: Em iniciativa inédita, grafiteiros criam coletivamente obra doada para leilão solidário

O Desafio 10x10, gincana nacional que tem como objetivo alimentar 10 milhões de famílias, recebe doação de obra produzida coletivamente pelos artistas...

Maitei Hotel presta homenagem aos moradores de Arraial d’Ajuda com a série de vídeos ‘Gente da Terra’

Tradicionalmente, no mês de junho são celebrados Santo Antonio, São João e São Pedro. Data mais esperada e festejada no calendário da Bahia e...

Pratos com carne para o 4 de julho

Neste sábado, 04 de julho, os Estados Unidos comemora a sua Independência com muito churrasco, como é a tradição americana....

Arte no Palco, Em Casa e Etc e Tal

Pensando em fazer a espiral da arte continuar a todo vapor em pleno isolamento social, a companhia carioca Etc e Tal, acostumada...

Valeria Borges da Silveira

Formação: Administração-habilitação em Comércio Exterior. Especializações: Direito e Gestão Empresarial; Gestão, Orientação e Supervisão Escolar; Gestão Cultural; Gestão de Eventos; Gestão em Projetos Turísticos e; Credenciamento em Jornalismo. Atuações: Itaipu Binacional (1992-1994); Fiep (1995-1999); Diretora/Coordenadora  Faculdades do Paraná (1999-2008); Diretora de Turismo da Lapa-Pr (2005-06); Secretária de Cultura e Turismo da Lapa-Pr (2009-2012). Escritora, Poetisa e palestrante. Coordenadora da UTIL – Universidade da Terceira Idade da Lapa. Diretora Santa Barbara Produções (desde 2013). Presidente Associação Literária Lapeana. Presidente do Instituto Borges da Silveira. Diretora Cultura ACCUR – Academia de Cultura de Curitiba. Coordenadora Cultural Instituto Histórico e Cultural da Lapa. Membro Centro de Letras Paraná, Academia Paranaense da Poesia, Centro Paranaense Feminino de Cultura, Academia Feminina de Letras do Paraná, Academia de Letras e Artes de Pato Branco. Livros publicados: Rastos, Tantos Eus e Reticências – de poesias. Livro “Lapa Tropas e Tropeiros – Caminhos da História” (coautoria Maria Ines Borges da Silveira). E participação e organização de diversas coletâneas.

Dividir experiências, relatar vivências e sentimentos. “… E as palavras correm soltas no papel… nem perfeitas, nem eternas, nem mesmo algo mais absoluto. Sou isca de minha própria vida, palavra.”

Boa leitura!

Escritora Valéria Borges da Silveira, é um prazer contarmos com a sua participação na revista Divulga Escritor – especial Mulherio das Letras. Conte-nos, o que a motivou a escrever um livro sobre a cidade da Lapa, no Paraná, em parceria com a sua mãe, a escritora Maria Inês Pierin Borges da Silveira?

Valéria Borges –  Minha família – tanto materna quanto paterna – tem suas origens na cidade da Lapa-Pr. E pensando em uma boa divulgação da cidade eu e minha mãe pesquisamos sobre a história da Lapa, o “ontem” e o “hoje” e resolvemos escrever o livro “Lapa Tropas e Tropeiros – Caminhos da História”. Esse livro foi publicado em 2006 e teve sua segunda edição em versão bilíngue em 2009.

Apresente-nos “Lapa Tropas e Tropeiros – Caminhos da História”?
Valéria Borges –   Um livro que contempla a história da Lapa-Pr como um todo, desde sua origem, fundadores, centro histórico, etc.  Falando um pouco sobre a cidade da Lapa-Pr – uma cidade histórica, que contempla vários tipos de turismo – desde o turismo místico (com a Gruta do Monge), religioso (com as festas de Santo Antonio – padroeiro da cidade e São Benedito, além das tradicionais exposições de “tapetes de Corpus Christie”), de lazer (pousadas rurais), histórico-cultural (centro histórico contempla 14 quarteirões tombados pelo patrimônio histórico). Além de ter uma importância muito grande pela participação na Revolução Federalista em 1894. E o livro contempla fotos belíssimas da cidade. Uma cidade que vale a pena conhecer.

Além desta obra literária, você tem publicado 3 livros de poesias, apresente-nos seus livros poéticos.
Rastos – Retrata na sua maior parte o amor na sua plenitude, amor à natureza, amor à família, amor a Deus, amor amizade, amor inacabado, amor sofrido, amor sublime, amor apaixonado, enfim amor vivido em todos os sentidos. As poesias foram intercaladas com fotos minhas e de pessoas e passagens importantes da minha vida. Esse livro retrata meus momentos de maior sensibilidade, onde busco transcrever o sentimento que vem “da alma”, por isso, com certeza esse livro retrata um pouco de mim.  

Tantos Eus – Apresentação pela autora: Conta histórias… de momentos, de pessoas, de lugares, de vivências… Tantas fases! Um livro que retrata sensibilidade e meu sentimento de amor à vida… Algumas poesias fazem voltar ao passado, outras fazem sorrir ou chorar… São poesias de hoje e de ontem, que nos levam a recordar, sonhar, a amar…O livro tem ilustração de uma amiga artista plástica.

Reticências – Apresentação com o significado de “Reticências” – Três pontinhos que insistem em dizer que nada acabou, que algo sempre está por vir! A vida se faz assim! Nada pronto, nada definido. Tudo sempre em construção. Tanta coisa ainda por fazer… Vivo assim… Numa eterna reticência… Para que colocar ponto final? O que seria de nós sem a expectativa de continuação? 

Nesse livro constam poesias escritas em diversas fases e algumas também em homenagens a outros autores e personalidades de renome nacional.

Você está com dois livros em andamento, apresente-nos os seus novos projetos literários.
Valéria Borges –  Estou organizando um livro de textos de minha autoria, uma espécie de coletânea de textos que escrevo desde 2000. Esses textos abordam temas sócio-culturais, educacionais, históricos, de direitos humanos e motivacionais. Pretendo publicar esse livro no segundo semestre de 2019.

Além desse livro estou escrevendo um outro livro sobre “fatos e causos tragicômicos e/ou hilários” desde minha infância. É um livro que abordará um lado um tanto humorístico de “Valéria” – que apenas algumas pessoas conhecem.  

Você já organizou várias antologias. Qual a que mais marcou. Comente o por que.
Valéria Borges –  Desde 2014 participo da organização de antologias. Onde vários autores participam. E o intuito maior é o resgate cultural no sentido de “contar as histórias e vivências” para ciência e conhecimento das gerações futuras. Estou na organização da sexta antologia juntamente com a equipe da Diretoria da Associação Literária Lapeana – da qual sou atualmente Presidente.

Contudo creio que a que mais marcou foi a antologia “Cada Conto um Ponto” – que foi organizada somente por mim e foi o início de todo esse trabalho de resgate cultural, com o objetivo de valorizar e exaltar a memória através do registro de casos e fatos pessoais e de relevância histórica.

Onde podemos comprar os seus livros?
Valéria Borges –  Livrarias Cultura – Curitiba-Pr. Livrarias Letra – Pato Branco-Pr. E site: www.livroseciavaleriaborges.com.br 

Quais os seus principais objetivos como escritora?
Valéria Borges –  Dividir experiências, relatar vivências e sentimentos. “… E as palavras correm soltas no papel… nem perfeitas, nem eternas, nem mesmo algo mais absoluto. Sou isca de minha própria vida, palavra.” (“Apenas Palavras” – orelha do Livro Tantos eus – de minha autoria).

Pois bem, estamos chegando ao fim da entrevista. Muito bom conhecer melhor a escritora Valéria Borges da Silveira. Agradecemos sua participação na Revista Divulga Escritor – especial Mulherio das Letras. Que mensagem você deixa para nossos leitores? 

Valéria Borges –  Costumo falar que “onde há uma vontade há um caminho” e procuro levar para minha vida o lema “acreditar em um sonho é apenas o início de uma caminhada de sucesso”.

Divulga Escritor, unindo você ao mundo através da Literatura

https://www.facebook.com/DivulgaEscritor

Contato: [email protected]

 

 

- Advertisement -

Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -

Últimas notícias

Perinatal cria o Check-Up Ginecológico. Consultas e exames são realizados no mesmo dia, em poucas horas

Comodidade, praticidade e agilidade em tempos de pandemia. Esta é proposta do Check-Up Ginecológico que a Perinatal volta a oferecer na Unidade...

Desafio 10×10: Em iniciativa inédita, grafiteiros criam coletivamente obra doada para leilão solidário

O Desafio 10x10, gincana nacional que tem como objetivo alimentar 10 milhões de famílias, recebe doação de obra produzida coletivamente pelos artistas...

Farinha Pura divulga programação de lives para julho

Desde o início de maio, o Empório Farinha Pura vem realizando lives especiais para descontrair e levar conhecimento para os clientes que...

Feira de São Cristóvão retoma atividades neste sábado

Informes sobre as regras de ouro foram instalados por todo equipamento municipalDepois de mais de 100 dias fechado, a Feira de São...

Bares e restaurantes reabrem as portas para os atendimentos presenciais

O Ancoramar, tradicional restaurante no Centro do Rio, acaba de reabrir as portas para o atendimento presencial. Com todos os protocolos de segurança,...
Share via