Coloca água no feijão

Restaurantes do Rio homenageiam o Dia da Consciência Negra preparando feijoadas de dar água na boca e para todos os gostos

Uh Lalá - Feijoada (foto: Maria Mattos)
Uh Lalá - Feijoada (foto: Maria Mattos)

De origem controversa, para uns veio da Europa, para outros nasceu nas senzalas, a feijoada se tornou ao logo da história um dos pratos mais famosos da culinária brasileira. Por isso alguns dos principais restaurantes do Rio escolheram a combinação irresistível do feijão com as carnes, frutos do mar ou vegetais e os acompanhamentos para homenagear o Dia da Consciência Negra, no próximo dia 20.

No Terra Brasilis, que surpreende os clientes com sua localização privilegiada na Praia Vermelha, na Urca, de frente para o Pão de Açúcar – um dos principais cartões postais do Rio, os três ambientes do local se dividem em um interno, para o buffet do almoço, e dois externos, onde é servido o cardápio à la carte. Além do clima aconchegante, o espaço oferece uma ampla variedade de sabores da cozinha comandada pelo chef Germano Silvestre, que prepara uma farta feijoada (foto) para duas pessoas (R$115), composta por um mix de carnes de primeira, linguiça calabresa, paio, costela, lombo e carne seca.  O prato acompanha arroz branco, farofa crocante, couve mineira fresquinha, laranja e torresmo.

Booking.com

O oriental, Yumê, que ocupa um belíssimo casarão tombado no Jardim Botânico e é considerado um dos melhores restaurantes japoneses da cidade, sua Feijoada Oriental (foto) (R$ 100, por pessoa). O prato segue a receita tradicional até onde é possível: nos acompanhamentos, farofa de gergelim torrado, couve crocante e manga em tiras dão sabor especial ao caldo. Partindo do Brasil para o Japão, ingredientes orientais como lula, camarão, polvo e cavaquinha, tomam o lugar das carnes e linguiças. Já os ingredientes legitimamente japoneses, como feijão azuki, feijão moyashi, feijão bola verde, haddok inatura, missô e katsuobushi, dão a base do prato. Para completar, acelga japonesa, arroz gohan, nirá, mandiopan e salada quente de cogumelos shiitake e shimeji.

No ponto mais charmoso e sofisticado do Leblon está situado o Uh Lalá, reconhecido por oferecer pratos saudáveis cheios de sabor e criatividade. Os chefs José Alves e Deusimar Rodrigues comandam as panelas da casa, produzindo clássicos da culinária e criações originais com muita personalidade, sempre valorizando ingredientes frescos e naturais. E para a data a restauratrice Laís Cadman incluiu no buffet do almoço ($110), três opções de feijoada (foto). A versão clássica vem completa e conta com feijão bem temperado, carnes variadas, arroz branco, couve à mineira, laranja e farofa capixaba; já a versão com frutos do mar, é feita com feijão branco, finas fatias de paio, camarão, lula, mariscos, peixe branco fresco, vongole, polvo, tomate e cebolinha, acompanhados de arroz branco, farofa de alho e bacon e folhas verdes refogadas; para os vegetarianos, uma versão especialíssima é preparada com o feijão cegue, feijão preto, cogumelos shitake, queijo de soja defumado, couve e laranja orgânicas. 

No Adega do Cesare, tradicional restaurante há 53 em Copacabana, conhecido como reduto da boa culinária, o chef João Ribeiro prepara uma Feijoada completa (foto), todo sábado. A iguaria leva costela, carne seca, paio, lombo, pé e orelha e é servido acompanhado de arroz branco, farofa, couve, torresminho e laranja. A delícia é servida com fartura para três pessoas por R$97 e o prato executivo sai por R$47. 

A chef Luciana Fernandes, do restaurante Halteres Gourmet, na Barra da Tijuca, criou uma receita e incluiu no buffet do almoço a sugestão de Feijoada (foto), sempre às sextas-feiras.  A receita é preparada com carne seca, linguiça paio, costela e lombo, com sugestões de acompanhamento arroz branco e couve mineira salpicada com alho. Sempre com cuidado em relação ao sabor e à qualidade, Luciana mantém um cardápio diversificado e saudável. O quilo custa R$ 59,90 e ainda conta com variadas opções entre pratos leves, receitas caseiras e grelhados.

Serviços:

Terra Brasilis
Praça General Tibúrcio s/n, Urca – 2275-4651
Quilo: Seg à sex, das 11h30m às 15h30m. Sáb, dom e feriados, do meio-dia às 16h. À La Carte: Quin à dom, das 11h30m às 23h30m. Sex e Sáb, das 11h30m à 00h30m.

Yumê
Rua Pacheco Leão 758, Jardim Botânico – 3205-7321.
Seg, do meio-dia às 15h30m; e das 18h à meia-noite. Ter a quin, do meio-dia às 15h30m; e das 18h à 1h. Sex e sáb, do meio-dia às 2h. Dom, do meio-dia à meia-noite. 

Uh Lalá
Rua Aristides Espínola 88, Lj A/C, Leblon – 2279-4473
Almoço: Seg a dom, 11h30m às 16h. Bar: Seg a quin, das 19h30m à meia-noite. Sex e sáb, das 19h30m às 1h. 

Adega do Cesare
Rua Joaquim Nabuco 44, Copacabana – (21) 2523-1429 / 2523-0467. Seg a dom, das 11h à 1h.

Halteres Gourmet
Av. Ayrton Senna, 2541 (Dentro da academia Rio Sport), Barra da Tijuca – (21) 3150-3678
Seg. a sex. das 07h às 22:30; Sáb. das 08h às 14h; Dom. Fechado
Facebook: @halteresgourmet

Booking.com