16.9 C
New York
junho 24, 2019
Exposição

Claudia Melli em dose dupla

Revoada - foto: Claudia Melli
Revoada - foto: Claudia Melli

A artista expõe 90 desenhos em naquim sobre vidro na Galeria Anita Schwartz, a partir de 22 de novembro, e participa da Monumental 2018 – A arte delas

Inspirada na passagem do tempo e nos ciclos da natureza, Claudia Melli apresenta uma série de desenhos feitos com nanquim sobre vidro que retrata a perplexidade da artista diante da beleza e da perfeição da vida. A Andorinha-do-mar-ártica é o personagem principal da exposição Revoada por representar estas percepções da artista.

A ave realiza a maior migração entre os seres vivos ao sair da costa ártica no fim do verão em direção à costa Antártica, onde passa o inverno para se alimentar. Na primavera retorna ao Ártico. A artista plástica explica o porquê da escolha da espécie como protagonista.

“O voo destas aves numa mesma direção é aqui a representação dos ciclos naturais que se repetem perfeitamente, como a migração de certos animais,  a passagem das estações, o movimento das marés, o dia e a noite e a nossa respiração”, reflete Claudia Melli.

A artista plástica apresenta 90 peças produzidas entre 2017 e 2018 que abordam este tema recorrente em sua obra.  Ela já explorou representações dos mares, árvores, ventos e outras evidências da passagem do tempo.

Claudia Melli também vai levar a instalação “Lugar de abrigo” à Monumental 2018 – A arte delas – evento de arte com curadoria de Marc Poltier, que ocupa os espaços ao ar livre da Marina da Glória, a partir de 26 de novembro. A surpreendente obra é composta por três balanços pendurados em uma estrutura de ferro e correntes com assentos de madeira, que vai ficar em uma estrutura flutuante na Baía de Guanabara. A exposição é composta por trabalhos inéditos de mulheres.

A artista

Claudia Melli realizou diversas exposições individuais, como a mostra “Lugares onde nunca estive” no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM), em 2015, e participou de várias exposições coletivas.  Seus trabalhos já foram expostos no Centro Cultural Correios (RJ), Casa França Brasil (RJ), Museu da República (RJ), Parque Lage (RJ) e Galeria Durex (RJ). E suas obras fazem parte de importantes coleções como as do Banco Espírito Santo, Brazil Golden Art – BGA Fund, H. Martins e F. Feitosa e do MAM-RJ – Coleção Gilberto Chateaubriand e Itamaraty.

A artista realizou sua formação artística por meio de diversos programas oferecidos pela Escola de Artes Visuais do Parque Lage, no Rio de Janeiro nos os anos 1990.  Frequentou aulas de desenho, pintura, gravura e teoria da arte, entre outras. Entre seus mestres destacam-se Luiz Ernesto, Fernando Cochiarale, Charles Watson e Malu Fatorelli. Em 2014, Claudia participou de residência artística na Fundação Walter Wulltrich – Projeto Brasiléia (Basel – Suíça).

Serviço:

Exposição Revoada – Claudia Melli
Galeria Anita Schwartz
Endereço: Rua José Roberto Macedo Soares, 30 – Gávea – Rio de Janeiro (RJ)
Tel: (21) 2540.6446
De 22 de novembro de 2018 a 12 de janeiro de 2019
Horário de funcionamento: Segunda a sexta – 10h às 20h – e
Sábado – 12h às 18h.
Entrada gratuita

Exposição Monumental 2018 – A arte delas
Marina da Glória
Endereço: Av. Dom Henrique, S/N – Aterro do Flamengo – Rio e Janeiro (RJ)
De 26 de novembro a 06 de janeiro de 2019
Horário de funcionamento: de 10h às 22h
Entrada gratuita

Posts relacionados

Center Shopping Rio recebe no mês da Consciência Negra a exposição #In África – Movimento de um continente”

Redação

Alan Fontes na Luciana Caravello Arte Contemporânea

Redação

Exposição Ancestralidades Contemporâneas apresenta Brasis desconhecidos

Redação

Exposição Claudio Valério Teixeira, na Gávea

Redação

Museu da República inaugura exposição que une arte e inteligência artificial

Redação

Esculturas da Elephant Parade vão a leilão virtua

Redação

Deixe um comentário