Home Cinema O curta-metragem musical “Um casal normal (Sem pai nem mãe)”, com Thati Lopes e Pedro Henrique Lopes, faz pré-estreia gratuita, a partir de 30 de novembro, no Youtube

O curta-metragem musical “Um casal normal (Sem pai nem mãe)”, com Thati Lopes e Pedro Henrique Lopes, faz pré-estreia gratuita, a partir de 30 de novembro, no Youtube

por Redação
Pedro Henrique Lopes e Thati Lopes

Amigos da vida toda, os atores Thati Lopes (de Porta dos Fundos e do filme “Socorro! Virei uma garota”) e Pedro Henrique Lopes (das novelas “Verão 90”, “Êta Mundo Bom” e do projeto Grandes Músicos para Pequenos) apresentam, a partir desta terça-feira (30/11), a pré-estreia do curta-metragem musical “Um Casal Normal (Sem pai nem mãe)”, que propõe, com humor, uma reflexão sobre os estereótipos de gênero na sociedade. Com direção de Diego Morais e roteiro de Pedro Henrique Lopes, o curta brinca com as funções de um homem e de uma mulher dentro de casa e da relação. Os ingressos gratuitos podem ser retirados pelo Sympla até o dia 30/12 (https://linktr.ee/umcasalnormal). O projeto tem patrocínio do Governo Federal, Governo do Estado do Rio de Janeiro e Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, através da Lei Aldir Blanc.

A história acompanha um casal jovem que acaba de se casar, está de mudança para uma nova casa, e precisa entender a dinâmica do novo lar. A trama é inspirada na vida de Thati e Pedro, que passaram a infância e a adolescência juntos, morando na mesma rua, no município de São Gonçalo, no Rio de Janeiro. O elenco tem ainda as participações especiais de Claudia Netto, Tadeu Aguiar e Victor Lamoglia. “O curta é uma celebração da nossa vontade de voltar a trabalhar juntos depois de tantos anos, e também uma celebração à nossa amizade. Além de lembrar as inúmeras vezes que fomos cobrados por certas atitudes que não iam de acordo com o que a sociedade achava normal”, lembra Pedro Henrique Lopes.

Conhecida do grande público pelos filmes “Diários de Intercâmbio”, “Socorro! Virei uma garota”, “Como Hackear Seu Chefe” e pelo canal “Porta dos Fundos”, Thati Lopes diz que sente uma grande identificação com a personagem. “Como fui criada por homem, percebi, com o tempo, que me julgavam por determinados comportamentos que não eram considerados “de menina”. Eu sempre fui bem moleca e questionadorazinha e vejo que a personagem claramente vem desse mesmo lugar. Ela não entende a caixa que querem forçá-la a entrar”.

Com direção musical de Tony Lucchesi, o curta apresenta músicas originais compostas por Tony, Marcelo Mendonça e Pedro Henrique Lopes.

Thati Lopes

Thati Lopes integra o elenco fixo do canal “Porta dos Fundos”. Foi a protagonista Júlia no longa-metragem “Socorro! Virei uma Garota”, em 2019. Também atuou nos longas “Diários de Intercâmbio” (2021), ao lado de Larissa Manoela, “Ana e Vitória” (2018) e “Contrato Vitalício” (2016). Foi Josy, figurinista de caráter duvidoso na novela “Espelho da Vida”, de 2019, na Rede Globo, onde também fez a novela Boogie Oogie, em 2014. Esteve no elenco das séries “Borges” e “O Grande Gonzalez”, na Netflix. No teatro, fez o sucesso “Tudo Por um Pop Star”, musical adaptado do livro homônimo da Thalita Rebouças, “Se eu Fosse Você – O Musical”, “Confissões de Adolescente” e o musical brega de sucesso “O Meu Sangue Ferve Por Você”. Em Portugal, foi protagonista do “Rock in Rio – o musical”, abrindo todos os dias de festival.

Pedro Henrique Lopes

Mestre em Comportamento do Consumidor pela FGV, Especialista em Narrativas Audiovisuais pela PUC Rio e bacharel em Artes Cênicas pela UNIRIO e em Turismo com ênfase em Gestão do Entretenimento pela UFF, Pedro tem se dedicado à carreira artística desde os 14 anos. Autor, ator e diretor de produção do musical “O Meu Sangue Ferve Por Você” (2009 a 2020) e do projeto “Grandes Músicos para Pequenos” que conta com sete espetáculos premiados e foi assistido por mais de 200 mil pessoas. É autor dos espetáculos infantis “Detetives do Prédio Azul – O Mistério do Teatro” (2019), da sequência de livros “Gêmeos?!” (2020), e assina a adaptação da versão brasileira do espetáculo irlandês “Mojo Mickybo” (2019).

Na TV Globo, viveu Wanderlei em “Aquele Beijo” (2011), Padre Francisco em “Êta Mundo Bom!” (2016) e Ari em “Verão 90” (2019).

Integrou também o elenco dos musicais brasileiros “Chacrinha – O Musical” (2014) como Aberlado Barbosa (jovem) e Benito de Paula, “Vamp – O Musical” (2017) como Gerald Lamas, “Esta é a Nossa Canção” (2009), “Baby” (2011) e, ainda, da versão americana de “Guys and Dolls” (2006). Foi performer da Disney no Brasil (2008) e nos EUA (2005 e 2006). Protagonizou os espetáculos infantis “Luiz e Nazinha – Luiz Gonzaga para Crianças” (2013), “O Menino das Marchinhas – Braguinha para Crianças” (2016) e “Tropicalinha – Caetano e Gil para Crianças” (2018).

Diego Morais

Nascido no Recife e radicado no Rio de Janeiro, o diretor Diego Morais tem uma carreira premiada no teatro e na televisão. Na TV Globo, dirigiu as novelas “Verão 90” (2019) e “Êta Mundo Bom!” (2016), e o programa de variedades “Simples Assim” (2020). Também integrou a equipe do filme “Os Normais 2”, dos seriados “Toma lá, Dá cá”, “A Vida Alheia” e “SOS Emergência” e das novelas “Malhação”, “Aquele Beijo”, “Guerra dos Sexos” e “Alto Astral”.

No teatro, dirigiu “Vamp, O Musical” (2017 – indicado como Melhor Diretor de Teatro Musical no Botequim Cultural 2017), “Luiz e Nazinha – Luiz Gonzaga para Crianças” (2013), “O Menino das Marchinhas – Braguinha para Crianças” (2016, indicado como Melhor Diretor no Prêmio CBTIJ 2016 e no Botequim Cultural 2016), “Bituca – Milton Nascimento para Crianças” (2017 – premiado como Melhor Diretor no Botequim Cultural 2017), “Tropicalinha – Caetano e Gil para Crianças (2018 – premiado como Melhor Diretor no Botequim Cultural 2018), “Raulzito Beleza – Raul Seixas para Crianças” (2009), “Mojo Mickybo” (2009) e “O Meu Sangue Ferve Por Você” (2009 e 2020).

Ficha técnica
Roteiro: Pedro Henrique Lopes
Direção: Diego Morais
Elenco: Thati Lopes, Pedro Henrique Lopes, Claudia Neto, Tadeu Aguiar e Victor Lamoglia
Músicas: Marcelo Mendonça, Pedro Henrique Lopes e Tony Luchessi
Direção de fotografia: Silvia Gangemi
Direção musical: Tony Lucchesi
Sound Designer: Gabriel D’Angelo
Direção de arte e figurino: Teresa Abreu
Visagismo: Carol Alves
Assessoria de imprensa: Rachel Almeida (Racca Comunicação)
Produção: Thatil Produções e Entre Entretenimento

Serviço
Temporada virtual: 30/11 a 30/12. Poderá ser acessado em qualquer dia e horário durante esse período.
Ingressos: gratuitos, com retirada pelo Sympla (https://linktr.ee/umcasalnormal)
Duração: 15 minutos
Classificação Etária: livre]
Instagram: @curtaumcasalnormal

Matérias relacionadas

Deixe um comentário