22.6 C
Rio de Janeiro
terça-feira, julho 7, 2020

Crítica | Verão

Destaques na semana

Receitas quentes e deliciosas para o inverno 2020

Com a chegada do inverno e as baixas temperaturas da estação, a dica é saborear receitas quentinhas para aquecer o estômago. Por...

“Não Toque em Meu Companheiro”, de Maria Augusta Ramos, estreia direto nas plataformas de streaming

“Não Toque em Meu Companheiro”, novo longa da diretora Maria Augusta Ramos (“O Processo”) estreia direto nas plataformas...

Arte no Palco, Em Casa e Etc e Tal

Pensando em fazer a espiral da arte continuar a todo vapor em pleno isolamento social, a companhia carioca Etc e Tal, acostumada...

Desafio 10×10: Em iniciativa inédita, grafiteiros criam coletivamente obra doada para leilão solidário

O Desafio 10x10, gincana nacional que tem como objetivo alimentar 10 milhões de famílias, recebe doação de obra produzida coletivamente pelos artistas...
Alyson Fonseca
Editor de Conteúdo na cobertura de pautas nacionais  e internacionais (sempre com olhares atentos em Hollywood). Com atuação 'in loco' no Nordeste e região.

Apesar do título, trata-se de um filme muito “frio” 

Na década de 1980, enfrentando uma crise econômica, a URSS (Rússia) deixava de ser a segunda maior economia do mundo, ao ser ultrapassada pelo Japão. Na época, os militares tratavam com mão de ferro os fãs do rock. Imagine-se num show de rock sentado, quieto, silencioso, vestido como numa missa de domingo era assim que os adeptos do movimento musical, incentivados pelos Estados Unidos, eram obrigados a se comportar. Esse retrato é apresentado em Verão, que estreia nesta quinta-feira, dia 22 de novembro, em circuito alternativo (Recife, São Paulo e Rio de Janeiro). 

Confira >>> De Repente uma Família | Filme ganha sessões pré-estreias em mais de 70 salas

Na sinopse, no verão de 1981, o rock underground chegava na Rússia Soviética, mais precisamente em Leningrado, onde hoje localiza-se a cidade de St. Petersburg. Sob a influência de artistas internacionais, como Led Zeppelin e David Bowie, o rock vibrava na cidade, marcando o nascimento de uma nova geração de artistas independentes. O jovem Viktor Tsoi (Teo Yoo) ganhou fama internacional e tornou-se o primeiro grande representante russo do gênero. Além da música, ele também ficou conhecido pelas polêmicas relacionadas a sua vida pessoal, como o triângulo amoroso que viveu junto com o seu mentor musical, Mike, e a esposa dele, Natasha.

Partindo do enredo, a produção levou o momento muito à sério. Tudo é chato: o fã não curte rock, assim como os jovens não bebem, não fumam, tampouco gozam. Um panorama artístico completamente diferente de um contexto social do ocidente. Aliás, o filme é mais música (mesmo sem letras), do que história.

Por falar em história, não é possível falar sobre, já que o roteiro foi escrito com muita preguiça. Faltam elementos na narrativa. Os diálogos são apresentados de qualquer forma. Percebe-se muita falta de vontade. Se houvesse o interesse, Kirill Serebrennikov (que também assina a direção) teria contado uma ótima história. E tudo isso piora, com a duração de 02h06min de projeção. 

Mas engana-se quem pensar que o filme não é ousado, muito pelo contrário. A fotografia é de um preto e branco sofisticado, com inserts coloridos em momentos raros. Os personagens são até bons (foram prejudicados pelo próprio roteiro, que não trabalha com os seus conflitos). Destaques para Irina Starshenbaum (Natascha Naumenko), Roman Bilyk (Mike Naumenko), Teo Yoo (Victor Zoi) e Aleksandr Kuznetsov.

No final, Verão é uma produção esquecível por seu enredo, mas imperdível pela músicas da banda Zoopark de Mike e canções de David Bowie, T.Rex entre outros. 

Assista ao trailer:

- Advertisement -

Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -

Últimas notícias

Governo do Estado prorroga campanha de doação de sangue pela população LGBT+

A campanha 'Sangue LGBTI também salva vidas', que foi realizada em quatro hospitais públicos do estado do Rio de Janeiro na semana...

Coordenador da Diversidade Sexual da Prefeitura parabeniza 1ª lésbica na gestão do Rio Sem Homofobia

O Coordenador Especial da Diversidade Sexual da Prefeitura do Rio de Janeiro, Nélio Georgini, esteve na tarde desta segunda(6), visitando o programa...

Academia da Cachaça realiza segunda edição da Quarta Relâmpago

A Academia da Cachaça, com unidades na Barra da Tijuca e no Leblon, realiza nesta quarta-feira, dia 08 de julho, a segunda edição...

Criança pode ser DJ? Luciano Vianna, criador da Festa Ploc, orienta e conta como o filho, de 12 anos, tem feito sucesso nas lives...

Sucesso também na quarentena entre a criançada, a Ploquinho, festa infantil da Ploc, vem se destacando com as lives comandadas pelo DJ Tutu Vianna,...

Etnia Casa Hotel, de Trancoso (BA), reabre em 15 de julho

Tudo pronto para a reabertura. Após publicação de decreto de autorização, pela Prefeitura de Porto Seguro, a Etnia Casa Hotel retoma suas...
Share via