26 C
Rio de Janeiro
novembro 12, 2018
Notícias

Cia Gente comemora 6 anos em 6 dias

Cinema, dança, slam e oficinas estão no cardápio da mostra, de 15 a 21 de outubro

Sempre com a proposta em haver “Espaços para desobediência”, a Cia Gente, idealizada pelo antropólogo e escritor Paulo Emílio Azevedo prepara para o mês de outubro um pout-pourri de suas ações mais relevantes ocorridas nos seis anos de existência da Cia. De 15 a 21 de outubro (sendo o dia 16 reservado à pausa) serão seis anos em seis dias com a participação de protagonistas da rede de criação, ocorrendo ocupação com apresentações em cinema, teatro e praça em diferentes locais da cidade.

No primeiro dia (15), segunda-feira, o projeto abre a mostra na Sala Baden Powell (Copacabana) em parceria com a Cavídeo. Na noite, a estreia de três novos curta metragens do cineasta Filipe Itagiba (“Módio, o filme”; “O melhor de cada um” e “Tagarela, o filme”), sendo o último deles realizado junto com a diretora Fran Mattoso e tendo o mesmo abraçado três prêmios internacionais de melhor documentário; entre eles o People´s Film Festival em Nova Iorque. Intercalando com os filmes ocorrerá um bate-papo sobre o tema “A cidade como obra de arte” com os produtores Cavi Borges “Cavi” (Cavídeo) e Lucas Graças “Zina” (Under Mob), mediado por Paulo Emílio.

Já de 17 a 21, de quarta a domingo a programação ocorre no Teatro Cacilda Becker (Largo do Machado) contendo ações que se dão mais propriamente no âmbito do “corpo”, a partir da dança e da performance. No dia 17, acontece exibições de videodança com destaque para os curtas “Próxima parada” de Pedro H. Brum e “Verve” de Paolla Itagiba – na ocasião haverá bate papo com os diretores tratando do tema da produção com baixo orçamento. No dia 18, quinta-feira, a tarde é voltada para atividades de formação (ou ´Deformação´) com cinco aulas de dança para diferentes gostos e estilos com Lucas Fonseca, Amanda Gouveia, Paula Lopes, Zulu Gregório e Salasar Jr.. Na sexta-feira, 19, a noite é de batalhas de dança e a final do Circuito Tagarela de Poesia. Na lista de convidados das performances estão a cantora Bea Torres e o coletivo Le FUCOH, representado pela solista Jenifer Felippe. E, ainda abrilhantando esse momento tão especial, as instalações “6 anos em 6 dias” com artistas atuando em obras e projetos de destaque nesse período. Finalizando a programação no teatro, o destaque fica para o fim de semana com a estreia de “Brutal”, nova criação em dança de Paulo Emílio Azevedo para a cia (no sábado e no domingo) que traz em cena a “estética do desequilíbrio”; conceito central na obra do autor.

Para completar a ocupação, como não poderia deixar de ocorrer, duas ações se dão diretamente no espaço urbano (rua) de modo conjugado, na Praça da Cinelância. No dia 18, quinta-feira, na parte da manhã tem a oficina de dança em paisagens urbanas “O anarquitetônico” com o mestre Paulo Emílio Azevedo e em seguida a apresentação de “Fio do meio” interpretada por Eduardo Hermanson “Willow” e Lucas Graças “Zina”.

A Cia Gente redes de Protagonismos & Criação é um movimento de articulação entre artistas, educadores, gestores, profissionais de distintas áreas. A produção executiva do projeto é de Beatriz Torres. Reserve o lugar na agenda para essa programação inédita.

Serviço

Cia Gente – Comemoração 6 anos em 6 dias
De 15 a 21 e outubro 

Sala Baden Powell
Endereço: Av. Nossa Sra. de Copacabana, 360 – Copacabana
Telefone: (21) 2547-9147

Dia 15 – de 19h às 21h: Exibição dos filmes “Módio, o filme”; “O melhor de cada um” e “Tagarela, o filme”. E bate-papo sobre o tema “A cidade como obra de arte” com os produtores Cavi Borges “Cavi” (Cavídeo) e Lucas Graças “Zina” (Under Mob), mediado por Paulo Emílio Azevedo.
Classificação etária: LIVRE
Entrada gratuita

Teatro Cacilda Becker
Endereço: Rua do Catete, 338 – Largo do Machado , Rio de Janeiro
Telefone: (21) 2265-9933

Dia 17 – de 16h às 21h:  exibições de videodança e dos curtas “Próxima parada” e “Verve”com bate papo com os diretores.

Dia 18 – 16h às 21h: Aulas de dança com os professores Lucas Fonseca, Amanda Gouveia, Paula Lopes, Zulu Gregório e Salasar Jr.

Classificação etária: 14 anos

Inscrições: email:   ?

Entrada: Valor solidário (paga-se quanto quiser)

Dia 19 – de 18h às 21:30: batalhas de dança e a final do Circuito Tagarela de Poesia. com performances da cantora Bea Torres e o coletivo Le FUCOH.

Classificação etária: Livre

Entrada: R$ 2

Dia 20  –  às 20h: Estreia do espetáculo de dança moderna/performance “Brutal”, de Paulo Emílio Azevedo

Dia 21 > às 19:00:  Apresentação dos espetáculos “Brutal” e “mÒdio”, de Paulo Emílio Azevedo.

Entrada: R$ 20

Classificação: 16 anos

Cinelândia

Local: em frente ao Teatro Municipal

– Dia 18 > 10h às 13h: Oficina “O anarquitetônico” com o mestre Paulo Emílio Azevedo e em seguida a apresentação de (dança) “Fio do meio” interpretada por Eduardo Hermanson “Willow” e Lucas Graças “Zina”.

Gratuito

Classificação etária: Livre

*Dia 16 não haverá evento

Posts relacionados

lha de Paquetá recebe roda de samba “A Gloriosa nos Coretos e Praças” no próximo domingo

Redação

Deli Delícia cria doces temáticos para o Halloween

Redação

Museu do Amanhã promove nova edição do Programa Evidências das Culturas Negras

Redação

Deixe um comentário